Menu
quinta, 20 de junho de 2024
Câmara - Queimadas 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Mais de 200 pessoas já caíram em golpe de financiamento na Capital

20 agosto 2022 - 08h26Redação

Mais uma empresa investigada por aplicar golpes em Campo Grande foi lacrada Delegacia do Consumidor (Decon) nesta sexta-feira (19). Segundo investigações, as vítimas eram induzidas a adquirir um consórcio como se fosse um financiamento, em outros casos, o cliente efetuava vários pagamentos aos estelionatários, que após pegar o dinheiro, mudam de endereço e de nome da empresa. Segundo a polícia, em Campo Grande já são mais de 200 vítimas do golpe.  

Em maio, por exemplo, proprietários e vendedores de duas empresas na Rua Abrão Julio Rahe foram intimados para apuração do crime de estelionato. Segundo relato de vítimas, elas eram atraídas por anúncios nas redes sociais onde era oferecido veículos e imóveis, pagavam um valor de entrada e assinavam o contrato, porém o contrato assinado era de consórcio. Em seguida, vendedores ficam enrolando a vítima dizendo que estava em contato com a matriz para agilizar o valor, este que nunca era liberado.  

Quando o cliente solicitava cancelamento, recebia a informação de que de que teria que solicitar por escrito e que apenas seria devolvido metade do que foi pago, assim mesmo somente após alguns meses.  

O consórcio oferecido por ambas empresas não era autorizado pelo Banco Central do Brasil. Ficou constatado ainda que os vendedores usavam nomes falsos ao conversas com as vítimas.  

Ainda de acordo com a polícia, cada pessoa da empresa tem uma função, uma faz o anuncio, outra fecha a venda, outro realiza assinatura do contrato, outro o contrato com a matriz. Tudo isso para dificultar que a vítima consiga localizar um responsável, qual sempre era jogada a responsabilidade de um para outro, até que desista do valor.  

As empresas foram interditadas pelo Procon/MS. O Creci/MS autuou um vendedor por exercício irregular da profissão.  

Outra empresa, de serviços financeiros, no Centro da Capital, também foi fiscalizada com denúncias do mesmo teor, a qual oferecia via redes sociais crédito imediato ou cota contemplada ou ainda autofinanciamento. A polícia ainda conseguiu impedir que um casal fosse vítima do crime em andamento. Ele estava prestes a entregar R$ 9,5 mil para os golpistas na condição para a contemplação da cota de R$ 200 mil, prometida para no máximo 30 dias.  

O contrato ainda estava em nome de uma empresa não autorizada pelo Banco central do Brasil a comercializar consórcios o que caracterizou estelionato. Os dois vendedores foram autuados em flagrante por tentativa de estelionato. Eles foram liberados após pagar R$ 9,6 mil em fiança.  

No mês de março, uma ação conjunta entre a Polícia Civil, Procon, Ministério do Trabalho e Creci (Conselho Regional de Corretores de Imóveis), resultou no fechamento de duas empresas de financiamento de imóveis e veículos localizada em um prédio, na Avenida Afonso Pena, entre a Rua 14 de Julho e Avenida Calógeras. Investigação apurou que as empresas ofereciam, pela internet, contrato de financiamento direto, de imóveis e veículos, inclusive para pessoas negativadas, sem burocracia, porém, o que as vítimas estavam assinando era um consórcio, que dependia do lance ou sorteio para que sejam contempladas.  

Algumas empresas não eram autorizadas pelo Banco Central para realizar este tipo de serviço e estavam aplicando golpe, sendo que seus proprietários poderão responder por estelionato e propaganda enganosa.

 

* Com informações do CG News

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Falta de navegabilidade já impacta atuação de combate ao fogo no Pantanal
Programação
Arraial do Banho de São João em Ladário acontece de 20 a 23 de junho
Estado
Aprovados no concurso público da Saúde de MS são convocados para posse
Incêndios
Reunião entre Governo do estado e MMS alinham ações para ampliar atuação no Pantanal
Queimada
Fogo cresce na região do Bracinho e brigada da Apa Baía Negra fica sob alerta
Emprego e Renda
Vereador sugere estrutura para transformar terminal em um centro comercial
Maus Tratos
Civil resgata cães abandonados em imóvel fechado no bairro Guatós
Arraial
Termina hoje inscrição para Concurso de Quadrilhas; Andores e Miniandores prazo é amanhã
Ladário
Incêndio atinge região da Apa Baía Negra
Confira
Banho de São João faz mudanças no trânsito de Corumbá

Mais Lidas

Bombeiros
Plantão registra cinco enxames de abelhas e três incêndios em terrenos baldios
Queimadas
Fogo destrói ponte de madeira na Estrada Parque
Queimada
Fogo cresce na região do Bracinho e brigada da Apa Baía Negra fica sob alerta
Dsdobramentos
Prefeitura divulga resultado preliminar da avaliação psicológica do Concurso da Guarda Municipal