Menu
quarta, 22 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Mãe vai defender filha grávida e é espancada por genro com chutes no rosto

20 agosto 2018 - 09h52Midiamax

Quando tentou defender a filha de ser agredida pelo marido de 21 anos, uma mulher de 51 anos foi agredida com socos e chutes pelo rapaz, na cidade de Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande.

A vítima conseguiu fugir e encontrar uma viatura da Polícia Militar na rua. Ela contou que estava em casa com a filha- que está grávida- quando o autor chegou embriagado e passou a discutir com a esposa.

Para defender a filha, a mulher entrou no meio da discussão e foi derrubada pelo genro no chão. Em seguida, foi agredida com chutes no rosto por ele. A vítima conseguiu fugir correndo pela rua.

E encontrou uma viatura da polícia, que foi até a casa e encontrou o autor deitado em uma cama. Ele foi levado para a delegacia e autuado por violência doméstica.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Serviço
Sesc inaugura nova unidade em Corumbá
Arma Apreendida
Polícia prende autor após perseguição e troca de tiros no Cristo Redentor
Em Campo Grande
MDB filia novos membros para juventude do partido
Luto
Armando Anache morre aos 91 anos no Rio de Janeiro
Campanha
Corumbaense pode descartar medicamentos em drive thru nesta quinta (23)
Em Corumbá
Abertas as inscrições para o Festival Internacional de Pesca Esportiva
"Dark Money"
Operação cumpre mandados contra esquema que desviou mais de 23 milhões dos cofres de Maracaju
Só piora
Cinco incêndios urbanos foram registrados nas últimas 24 horas
Fazendo xixi
Mulher cai em ribanceira de 10 metros na Avenida General Rondon
Vento Forte
Figueira cai sobre residência e danifica rede elétrica no Loteamento Pantanal

Mais Lidas

Naviraí
Casal preso por tráfico de aves silvestres recebe multa de R$ 2,5 milhões da PMA
243 anos
Corumbá celebra aniversário com retomada de desenvolvimento
21 de setembro
Incêndios continuam e Corumbá não tem motivo para celebrar o dia da árvore
Tempo
Inverno se despede com temperaturas acima dos 40°C e umidade do ar em níveis críticos