Menu
domingo, 11 de abril de 2021
Ambiental MS Pantanal - Aegea
Andorinha Fevereiro
Geral

Luz e telefone: Tarifas e serviços que enojam em Corumbá

19 março 2018 - 10h52Sylma Lima

Na lista do Procon de Corumbá a Energisa é a quinta empresa com maior índice de reclamações, em primeiro é a OI e por incrível que pareça a operadora de telefonia celular Vivo, que presta o pior serviço e pior atendimento, é a segunda colocada na listagem das dez primeiras, que lideram as denuncias por abuso e quebra de regras estabelecidas no código de Defesa do Consumidor.  As ligações feitas pela operadora não completam, caem e ficam inaudíveis. Apesar de diversas ameaças de multas pela péssima qualidade no serviço em Corumbá, a concessionaria nada faz para mudar essa realidade. E que clientes da Vivo continuam inacessíveis. O diretor do Procon Alexandre Taques disse que é necessário que os clientes formalizem as reclamações para que tenha  argumento, “mas já abrimos um inquérito administrativo e estamos tomando as providencias necessárias. A empresa garantiu que até Abril anuncia as melhorias” .

Luz

Quanto a Energisa, o Capital do Pantanal, recebeu centenas de reclamações de cortes sem comunicado prévio, e o pior é pessoas aposentadas, que ganham um salario mínimo, e por necessidade de saúde usar um aparelho de ar condicionado pagar mais de R$ 1100 de conta mensal. O mesmo valor pago por grandes estabelecimentos conforme denunciou a filha de uma aposentada que não sabe mais a quem recorrer, “ minha mãe não usa aparelhos respiratórios, mas é cega e paciente que não anda e usa fraldas, por isso mantemos um ar ligado no período mais quente e ao anoitecer, mas nada que justifique uma conta de mais de R$ 1100”, disse Ianir  Couto explicando que já tentou falar com a empresa através da assessoria de imprensa e inclusive com o Procon mas nenhuma providencia foi tomada, "ela gasta mais de R$ 700,00 com medicamentos. Depois tem as despesas alimentares, água e higiene. Como vai pagar tudo isso, se o salário não dá para pagar nem a conta de energia?", e pior disse a dona de casa, “essa semana vieram efetuar o corte e tivemos que suplicar para que o fizessem pois os medicamentos são armazenados numa geladeira e vieram sem mandar notificação por escrito” .

Gato

A conta de energia elétrica em Corumbá é uma das mais caras do Brasil, e a justificativa da empresa é que a cidade é pequena, “ se fosse maior a tarifa seria reduzida devido ao aumento no numero de imóveis” . Enquanto ninguém toma providencias a população de uma das cidades mais quentes do país continuará enriquecendo a milionária companhia energética. E nos bairros extremamente carentes que deveriam gozar do beneficio da tarifa social continuam liderando o ranking dos ‘gatos’. Desnecessários se houvesse mais vontade política para cobrar das empresas o chamado 'processo mitigatório'.

Pesquisa

A Agência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) divulgou a lista de empresas com maior número de reclamações em 2017. Denominada de Ranking de Fornecedores no Atendimento/Reclamações, a relação abrange o período de 1° de janeiro a 31 de dezembro de 2017.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza terá início na próxima segunda
MUDANÇA NO CTB
Nova Lei entra em vigor com alterações sobre uso de farol em rodovias
ECONOMIA
Cadastro de imóveis rurais será completamente digitalizado
GERAL
Corumbá recebe primeira remessa de queijos produzidos em assentamento rural
ESPORTE
Botafogo e Volta Redonda enfrentam-se neste sábado à noite
GERAL
CMDCA realiza neste sábado prova de conhecimento específico para Conselheiros Tutelares Suplentes
POLICIAL
PM captura foragido e aborda motociclista sem CNH no Guaicurus
POLICIAL
Casal vai para a delegacia após briga no Popular Nova
POLICIAL
Marido ameaça mulher, quebra objetos da casa e põe culpa em macumba
GERAL
Sorteio da mega-sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado

Mais Lidas

POLICIAL
Marido ameaça mulher, quebra objetos da casa e põe culpa em macumba
POLICIAL
Casal vai para a delegacia após briga no Popular Nova
SAÚDE
Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza terá início na próxima segunda
POLICIAL
PM captura foragido e aborda motociclista sem CNH no Guaicurus