Menu
quarta, 22 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Ladário faz ‘gambiarra’ em instalação elétrica de feira livre

18 maio 2018 - 11h00Sylma Lima

 

Não faz muito tempo que uma criança de seis anos ficou eletrocutada por fios que cruzavam a rua Joaquim Venceslau de Barros em Corumbá, onde funciona uma tradicional feira livre. A menina teve um acidente vascular cerebral e uma das sequelas foi o vitiligo emocional. Ninguém indenizou a família e a criança ainda teve a desgraça de ser estuprada por um amigo da família. A trageia familiar veio a tona depois que o Caapital do Pantanal recebeu uma denuncia de um morador de Ladário que esta preocupado com a ‘gambiarra’ feita pela Energisa na instalação de fios para as barracas da feira noturna das quintas que acontece na Coab.

Fios soltos por toda rua cruzam a feira livre. Foto: Sylma Lima

A carta do morador diz que eles não foram consultados sobre a mudança do local da feira, mas o que preocupa esmo é a segurança das pessoas, “ moro na Rua Corumbá, COHAB de Ladário, e venho solicitar a sua ajuda. Informo que houve uma mudança no local da feira noturna de quinta feira, para rua Corumbá, não fomos avisado da tal mudança. Tem gangues, onde não há segurança por parte da prefeitura. No poste de iluminação pública da minha calçada a ENERGISA disponibilizou ligação da fiação elétrica, numa altura de 1,30 metros do chão que fica desprotegida e sem sinalização, para iluminar as barracas, podendo causar acidente fatal com qualquer pessoa inclusive crianças que brincam no local. A minha calçada fica coberta de fios elétricos, dificultando até a saída da minha residência. Trabalho o dia inteiro e tenho que esperar às 23h, o término da feira para poder recolher o meu carro e descansar de um dia inteiro de trabalho. Enquanto isso, meu veículo fica estacionado na rua desprotegido à mercê de vândalos e podendo ser roubado. Segue em anexo as fotos. Peço encarecidamente a sua ajuda”

Ele disse também que o lixo e resto da feira apodrecem o local no dia seguinte cujos carros de lixo não tem horário para passar. Alarmado por causa das crianças o morador quer soluções para o impasse.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Serviço
Sesc inaugura nova unidade em Corumbá
Arma Apreendida
Polícia prende autor após perseguição e troca de tiros no Cristo Redentor
Em Campo Grande
MDB filia novos membros para juventude do partido
Luto
Armando Anache morre aos 91 anos no Rio de Janeiro
Campanha
Corumbaense pode descartar medicamentos em drive thru nesta quinta (23)
Em Corumbá
Abertas as inscrições para o Festival Internacional de Pesca Esportiva
"Dark Money"
Operação cumpre mandados contra esquema que desviou mais de 23 milhões dos cofres de Maracaju
Só piora
Cinco incêndios urbanos foram registrados nas últimas 24 horas
Fazendo xixi
Mulher cai em ribanceira de 10 metros na Avenida General Rondon
Vento Forte
Figueira cai sobre residência e danifica rede elétrica no Loteamento Pantanal

Mais Lidas

Naviraí
Casal preso por tráfico de aves silvestres recebe multa de R$ 2,5 milhões da PMA
243 anos
Corumbá celebra aniversário com retomada de desenvolvimento
21 de setembro
Incêndios continuam e Corumbá não tem motivo para celebrar o dia da árvore
Tempo
Inverno se despede com temperaturas acima dos 40°C e umidade do ar em níveis críticos