Menu
segunda, 22 de abril de 2024
Governo - Fazer Bem Feito - Abril 24
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Ladário comemora 242 anos em silêncio devido à pandemia

02 setembro 2020 - 09h59Gesiane Sousa com informações da Ascom PML

Nesta quarta-feira, 2 de setembro, o município de Ladário, cidade carinhosamente chamada de Pérola do Pantanal, completa 242 anos da sua fundação. Em anos anteriores, a data seria comemorada com uma extensa programação que incluiria show, desfile cívico, barraquinhas com comidas típicas e muita aglomeração pela avenida 14 de Março, porém este ano, devido a pandemia da Covid-19, nada disso foi possível. Pela primeira vez a cidade celebra sua emancipação em silêncio.

O último boletim epidemiológico divulgado pelo município, nesta segunda-feira, 31 de agosto, a cidade contabilizava 2.398 notificações e 548 casos de Coronavírus confirmados. Desde o inicio da pandemia Ladário, que não possui um hospital municipal próprio, encaminha pacientes para a Santa Casa de Corumbá, perdeu 14 vidas para a Covid-19. Diante do risco de infecção da pandemia, decreto municipal impede aglomerações e comemorações. Somente uma missa, seguindo medidas preventivas e, o hasteamento da bandeira foi planejado pela prefeitura.

Ladário foi fundada em 1778 pelo sertanista João Leme do Prado e conquistou sua emancipação político-administrativa, tornando-se município autônomo, durante o Governo de Fernando Correa da Costa em 1953. A instalação da cidade deu-se em 17 de março de 1954 e a posse de seu primeiro prefeito foi em 3 de outubro de 1954. O município ganhou espaço e reconhecimento, ostentando avanços significativos para a população.

A Pérola do Pantanal dispõe de riquezas naturais como ferro, manganês, calcário, areia e argila, Ladário está localizada na região oeste do estado de Mato Grosso do Sul, no coração do Pantanal sul-mato-grossense. Com núcleo urbano de 5,8 quilômetros quadrados, a 6 km do centro de Corumbá e a 12 km da fronteira com a Bolívia, integra-se economicamente e com fortes laços de amizade aos municípios vizinhos de fronteira.

Neste ano de 2020, estimativa populacional do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), calculou que a cidade cresceu, com 358 pessoas a mais, em comparação com 2019. Ladário tem aproximadamente 23.689 habitantes, que recebem visitantes do mundo inteiro de braços abertos como o Cristo Redentor localizado no centro da cidade.

Um dos grandes parceiros do município é a Marinha do Brasil. E um dos cartões postais de Ladário é o Pórtico da Base Naval, construção de 1873, réplica do Arco do Triunfo que se tornou referência da majestosa Avenida Champs Elyséess, em Paris, capital francesa. Em frente ao Pórtico é realizada o ritual militar da Troca de Guarda da Fortaleza Naval de Ladário.

O turismo proporciona grandes eventos para o município que acaba sendo uma opção de oportunidade de geração de emprego direto e indireto. Uma das apostas é a região da Codrasa, área de 5 mil hectares às margens do rio Paraguai, ainda inexplorada, que representa um vasto campo de oportunidades para o turismo ecológico, de pesca e de contemplação, além de pousadas e sítios com pequenos produtores e pescadores que ocupam a região para a qual a Prefeitura tem um projeto de desenvolvimento sustentável, por se tratar de uma Área de Preservação Ambiental. Para tanto, foi criada na região, em parceria com o Ministério de Meio Ambiente, a APA Baía Negra.

A economia do município se baseia na pecuária, na pesca, no turismo e no transporte de navegação, em 2010 o município passou a participar juntamente com Corumbá do CFEM (Compensação Financeira pela Exploração Mineral), reconhecido como detentor de uma parte da mina de Urucum.

Ladário possui o único terminal multimodal do Centro-Oeste, com acesso ferroviário, rodoviário e pela hidrovia do rio Paraguai. Por isso a tão esperada revitalização do Porto de Ladário deve abrir uma nova e gloriosa página na história do povo ladarense, que caminha destemidamente rumo ao desenvolvimento sustentável.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em táxi
Brasileiro é preso com 16 kg de maconha na fronteira
Expedição
"Juizados em Ação" suspende em navio da Marinha para atender comunidades indígenas
Obrigatório
Aposentados e pensionistas por invalidez têm até julho para perícia médica bianual
Segurança Pública
4ª Fase da Operação Mute avança com telamento de presídios em MS
Trânsito
Motorista atropela casal em moto e foge sem prestar socorro
Ministério Público
Empresa alega que "poeira de minério" tem causado morte de animais na zona rural de Corumbá
MPMS instaurou inquérito para apurar a denúncia apresentada por empresa proprietária de Fazenda na região de Maria Coelho
Campeonato
Torneio Centro-Oeste de Natação atrai 470 atletas para Campo Grande
Calendário
Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 4
Em Jardim
Ação conjunta apreende 12 toneladas de maconha; a maior do ano
Plantão
Acidentes de trânsito fazem quatro vítimas nas últimas 24 horas

Mais Lidas

Hoje
Visitante tenta entrar no presídio de Corumbá com cocaína escondida no chinelo
Expedição
"Juizados em Ação" suspende em navio da Marinha para atender comunidades indígenas
Obrigatório
Aposentados e pensionistas por invalidez têm até julho para perícia médica bianual
Segurança Pública
4ª Fase da Operação Mute avança com telamento de presídios em MS