Menu
quinta, 04 de março de 2021
Governo do Estado - Campanha de Março
Geral

Justiça quer usar os US$ 2,4 milhões para construir delegacia na fronteira

14 julho 2016 - 08h49Campo Grande News

Delegacia da Polícia Federal será construída em Ponta Porã, fronteira com Paraguai, com os US$ 2,4 milhões apreendidos em poder de casal na noite de sábado (8), num ônibus intermunicipal, em Corumbá. A informação é do juiz federal Odilon de Oliveira.

De acordo com Odilon, na tarde dessa terça-feira (12), às 13h15, foi realizada videoconferência para audiência de custódia dos presos na sala de audiências da 3ª Vara Federal em Campo Grande, no Parque dos Poderes. O casal foi solto após permanecer quatro dias na cadeia, sob a condição de entregar a quantia sem precisar revelar a origem do dinheiro.

Durante a audiência, o juiz fez questionamentos aos dois a respeito da qualificação, renda mensal, se no momento da prisão lhes foi informado a respeito do direito de permanecerem calados, se tinham filhos e também se eram portadores de doenças graves, transtornos mentais ou dependências químicas. Toda a conversa foi gravada em sistema audiovisual de videoconferência.

O MPF (Ministério Público Federal) propôs a seguinte transação penal para suspender o processo por dois anos: perda, em favor da União, da quantia excedente ao correspondente a R$ 10.000,00; perda das prestações já pagas, relativas ao veículo Toyota Corolla, placa EES-8376, ano 2009, alienado em favor do Banco Santander, agência da capital de São Paulo; imposição de o casal não se ausentar da Comarca de São Paulo por mais de oito dias, sem prévia autorização judicial; não delinquir, com denúncia recebida, durante o prazo da suspensão; não ingressar na faixa de fronteira durante o período da suspensão, assim compreendida a base territorial de 150 quilômetros de largura, a partir da linha seca, salvo com autorização judicial, e apresentação, de três em três meses, à vara federal da subseção judiciária da residência dos denunciados, para justificação de suas atividades.

Conforme o MPF, em caso de descumprimento de qualquer uma dessas condições, a transação penal será revogada. Os acusados confessaram morar no bairro Parque das Nações, em Guarulhos (SP).

Por conta disso, o juiz Odilon já informou à Vara Federal de Guarulhos sobre o que ficou decidido na audiência de custódia. Os dólares, equivalentes a R$ 8 milhões de reais, foram entregues à Justiça pelo casal, para depósito em agência da CEF (Caixa Econômica Federal) da Justiça Federal.

Odilon e o procurador da República Sílvio Pettengil Neto participaram da teleconferência em Campo Grande. A advogada dos presos, acompanhou em Corumbá juntamente com os clientes.

Pouso – Nessa terça-feira (12), aeronave Grand Caravan da Polícia Federal, carregada com os dólares, pousou no Aeroporto Internacional de Campo Grande, quando um dos pneus furou. Escolta policial da PF garantiu o transporte dos milhões para local seguro, não informado pela Superintendência.

Por cerca de duas horas a pista do aeroporto ficou interditada, sendo liberada às 15h35. Avião da TAM, que aterrissaria em Campo Grande, teve de se deslocar para Cuiabá (MT), de acordo com a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária).

Prisão - O casal foi flagrado transportando os U$ 2,4 milhões dentro de um ônibus intermunicipal com destino a Corumbá. O casal relatou que foi contratado para levar a quantia até a rodoviária da cidade sul-mato-grossense, onde a entregaria a um desconhecido, que os reconheceria pelas roupas que estavam usando.

Segundo o DOF (Departamento de Operações de Fronteira), o casal informou que uma mulher os contratou para fazer a viagem. Os maços de dólares, camuflados como presentes, foram encontrados sob os bancos do casal e no bagageiro do veículo.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
MS é o estado que mais aplicou as duas doses da vacina contra a Covid-19
GERAL
Ministério Público denuncia servidores de Ladário por corrupção passiva
GERAL
Bombeiros continuam buscas por homem desaparecido na região do Paiaguás
CONSUMIDOR
Vereador pede relatório ao Procon sobre processos, multas e empresas penalizadas em 2020
ESPORTE
Fluminense estreia no Carioca de olho na final da Copa do Brasil
ECONOMIA
Governo adia para dia 31 reinício de bloqueio e suspensão de benefício
OPORTUNIDADE
Máscara + Renda já beneficiou mais de 1.900 costureiras em todas as regiões do país
RECONHECIMENTO
Câmara vai prestar homenagem às corumbaenses pelo Dia Internacional da Mulher
ACIDENTE DE TRÂNSITO
Colisão de carro e moto deixa mulher ferida no Maria Leite
ADMINISTRAÇÃO
Vereador pede Plano de Cargos e Carreiras de engenheiros e arquitetos da Prefeitura

Mais Lidas

GERAL
PMA realiza trabalhos de orientação sobre minhocas em casas de iscas no MS
ABANDONO
Ladário sofre com descaso e abandono das autoridades municipais
INFRAÇÃO ADMINISTRATIVA
PMA autua morador de Corumbá por transporte ilegal de pescado
GERAL
Reinaldo Azambuja autoriza concurso público com 250 vagas para Polícia Civil