Menu
quarta, 20 de janeiro de 2021
Andorinha Janeiro/Fevereiro
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Jovem é preso suspeito de matar bisavó a pedradas

13 junho 2018 - 10h18Campo Grande News

Um jovem de 19 anos, identificado como Willian Gerardo Arguello Meza foi preso nesta terça-feira (12) em Pedro Juan Caballero fronteira com a cidade brasileira de Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande. A suspeita é de que ele tenha assassinado a bisavó de 84 anos a pedradas.

Conforme o Porã News, o restante da família de Juana Bautista de Meza, de 84 anos, sentiu falta da idosa e decidiu ir até à casa. No local, a encontraram morta. Willian foi localizado e abordado pela polícia no Bairro General Genes.

O suspeito era o único a frequentar a idosa com frequência, mas após o crime teria desaparecido. Há indícios de que a idosa tenha sofrido abuso sexual antes de ser morta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Pandemia ainda não acabou: MS registra mais de mil casos em apenas um dia
GERAL
Batida de carro e moto deixa criança ferida no Popular Nova
POLICIAL
PRF recupera dois veículos em MS que seriam levados para a Bolívia
JUSTIÇA
Alexandre de Moraes nega HC para anular seis prisões e mandar Jamil Name para casa
p
ECONOMIA
Preço da gasolina começa o ano acima do valor registrado em todos os meses de 2020
Combustível está 19,5% acima da média do mês com preços mais baixos de 2020
DEFESA CIVIL
Com previsão de mais chuva, Defesa Civil orienta população que mora em áreas de risco
EDUCAÇÃO
Professores dão dicas para o segundo dia de provas do Enem
GERAL
MPT divulga nota técnica sobre medidas de proteção a trabalhadoras gestantes
GERAL
Comando do 6º Distrito Naval abre inscrições para concurso de nível superior
GERAL
INSS: prova de vida de aposentados é suspensa até fevereiro

Mais Lidas

POLICIAL
Empresário de MS é preso durante Operação da Polícia Civil contra crime organizado
SAÚDE
Servidora há 30 anos, Vitória aplicou primeiras doses da vacina contra COVID-19 em Corumbá
PRIMEIROS IMUNIZADOS
Corumbá e Ladário já tem os primeiros imunizados contra a Covid-19
GERAL
Justiça do Trabalho leva sinal de internet para guatós que vivem isolados no Pantanal