Menu
quinta, 21 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Iron conquista dois troféus de ouro no Estadual de Jiu-jitsu

08 março 2016 - 13h16Sylma Lima
A academia corumbaense Iron-Mestre Wilson, do faixa preta e médico Manoel João Oliveira, que estava há dois anos sem competir fora de Corumbá devido a algumas desavenças em campeonatos anteriores, trouxe dois troféus de primeiro lugar para a cidade. Troféu de ouro na categoria infanto juvenil e ouro na categoria adulta ou seja, na competição contra 12 academias levou a melhor e mostrou a garra da equipe corumbaense, que treina diariamente e viaja sem patrocínio. “Importante ressaltar que nossa academia não é especializada no treino da faixa de infanto juvenil, e mesmo assim nossos atletas conseguiram a melhor”, ressalta Manoel João. Os atletas foram para a Capital e enfrentaram os nomes mais conhecidos da arte suave e venceram. É o resultado de um trabalho que é feito com determinação, suor e muita técnica. A Iron já mostrou que é a melhor equipe de jiu-jitsu do Estado e mais uma vez dá provas que, apesar das dificuldades enfrentadas na falta de patrocínio, da longa viagem em ônibus desconfortável, quando o atleta tem disciplina e força de vontade, motivados por um bom mestre o resultado não pode ser outro. “Esse foi o nosso retorno ao campeonato Estadual, passamos dois anos sem conseguir levar atletas por falta de incentivo e recursos. Infelizmente existem esportes que trazem bem menos conquistas para a cidade, mas recebem incentivo, enquanto nós somos primeiro lugar em 90% das competições que disputamos”, explica o mestre. "A Iron tem 18 anos e é reconhecida em todo o Estado pela tradição de formar os melhores lutadores, e mesmo com as dificuldades, não se pode abir mão de competir, as lutas funcionam como um laboratório, a participação dos atletas é importantíssima para sua preparação e ganho de ritmo, tenho alunos que me surpreenderam neste campeonato, que não demostraram tanto avanço nos treinos, mas na competição viraram verdadeiros monstros”, diz Manoel João. Que ainda aproveitou a oportunidade para ressaltar e agradecer o trabalho desempenhado pelo presidente da Federação sul-mato-grossense de Jiu-Jitsu, Gerson Santos, que segundo o mestre conseguiu organizar e modernizar o campeonato, "agora, os atletas competem em tatames novos e com placar eletrônico”, relata o mestre da academia Iron. Nesta sexta e sábado (11 e 12), acontece o Desafio do Guerreiro, competição que antes só era realizada em Campo Grande, e a partir do convite do mestre Manoel João será sediado pela primeira vez em terras pantaneiras. “No DG, meus atletas irão competir com os melhores, alguns, inclusive com uma envergadura maior, mas mesmo assim estou confiante em meus dois competidores, Leandro Martins e Negão. Estou muito aguardando pelo melhor resultado”, diz Manoel João.       

Deixe seu Comentário

Leia Também

246 quilos de cocaína
Dracco assume investigação da queda do helicóptero do tráfico em Ponta Porã
Dois brasileiros foram presos
Denunciado por participação no roubo de aeronaves em Aquidauana é preso na Bolívia
Imunização
Veja quem pode se vacinar contra Covid em Corumbá nesta quinta e sexta
Corumbá
Casal é levado para delegacia após bebedeira e briga
Recurso
Vereador questiona uso do duodécimo do legislativo repassado para Santa Casa em 2020
Controle de dados
Sistema de cadastro aos imigrantes vai subsidiar programas e ações do governo
Tempo
Quinta ensolarada e quente em Mato Grosso do Sul
Semana do Lixo
Drive thru vai coletar vidro e medicamentos vencidos em Corumbá
Miranda
Proprietário rural é multado em R$ 9 mil por queima controlada proibida
Calendário
Últimos dias de inscrições para egressos e instituições ao Conselho Superior do IFMS

Mais Lidas

Qualificação
Ministério da Educação anuncia formação para professores da educação infantil
Previsão Meteorológica
Tempo fica firme, mas nova frente fria promete mais chuva para o final de semana
Acidente de Trânsito
Mulher sofre fratura na perna em queda acidental de moto
Destaque
Vereador pede fim do toque de recolher e do uso de máscara em ambientes abertos