Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Irmãs mudam de cidade após serem acusadas de espalhar Covid-19

23 junho 2020 - 15h15Midia Max

As irmãs Dalylla Lopes, de 27 anos, Talytta, 22, e Samylla, de 21, resolveram se mudar da cidade mato-grossense de Alto Araguaia, após perderem seus familiares por covid-19, e receberem acusações e comentários maldosos de que estariam infectando as pessoas da cidade com a doença.

 

Elas se mudaram no dia 11 de junho, seis dias depois da mãe, Lígia Suely Lopes, de 42 anos, morrer em decorrência do novo coronavírus. No fim de maio, as irmãs haviam perdido o avô materno, de 74 anos, para a mesma doença.

 

Conforme relataram à BBC, esse tem sido o período mais difícil que já enfrentaram. A mais velha, Dalylla, contou ter contraído a covid-19 e se recuperou, como outros quatro familiares.

Os casos na família foram os primeiros diagnosticados no Alto Araguaia. Atualmente, mais de cinco meses depois, o município tem 23 regitros confirmados e três mortos, incluindo a mãe das meninas e o avô.

 

Os comentários e as acusações começaram a ofender e incomodar as irmãs, de tal forma, que tomaram a decisão de mudar de cidade. “Disseram que fomos as responsáveis por levar o vírus para a nossa cidade. Recebemos muitas críticas. Isso tudo é muito triste”, comentou Dalylla.

 

As irmãs relatam que as diversas críticas que recebem têm tornado o atual período ainda mais difícil. “Estamos vivendo à base de remédios para dormir. A nossa vida nunca vai ser a mesma. Além das perdas, precisamos lidar com a falta de empatia das pessoas. Toda hora recebemos algum comentário maldoso nas redes sociais”, lamenta Talytta.

 

Por ter contraído a doença, Dalylla comento ainda, que se sente culpada pelas mortes da mãe e do avô. “Me sinto culpada porque isso custou a vida do meu avô e da minha mãe. Me sinto culpada por estar viva. É uma sensação muito ruim”, disse.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Palestras
3ª edição da Semana da Saúde do Sesc tem foco nos reflexos da pandemia
SCT 2021
IFMS abre inscrições para Semana de Ciência e Tecnologia
Javaporco
PMA flagra criação ilegal de javalis em propriedade de Dourados
Alerta
De agendamentos a esquemas de 'pirâmides', entenda os maiores golpes do Pix em MS
Retomada
Fundtur recebe inscrições no Programa "Incentiva+MS Turismo" até 5 de outubro
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Balanço
Mais de 50% das drogas apreendidas na Operação Fronteiras e Divisas I são de MS
Economia
Comércio deve facilitar pagamento e ser cauteloso para o Dia das Crianças

Mais Lidas

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Desenvolvimento
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida