Menu
sexta, 22 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Inscrições para Projeto karatê Comunitário já estão abertas em Ladário

06 janeiro 2016 - 11h59Assessoria PML
O município, por meio da Secretaria de Educação em parceria com o 6° Batalhão da Polícia Militar – 3° Pelotão de Ladário, realizará em Ladário o Projeto karatê Comunitário. Os interessados em participar, devem efetivar a matrícula até o dia 15 de janeiro, sendo que as mesmas tiveram início na segunda-feira (04). O objetivo do projeto é atender crianças e adolescentes na faixa etária dos 06 aos 16 anos de idade, de baixa renda e em situação de vulnerabilidade, buscando por meio da modalidade de artes marciais, Karatê-do, Shitô Ryu, Kenshi-Kai e Grupo Gakko Bu-Dô, proporcionar aos praticantes, atividade física em um ambiente seguro, com professores especializados (SENSEI) e assim contribuir para a diminuição do tempo de ócio dos mesmos. Além disso, foca na prevenção do uso de drogas e o combate contra a criminalidade. As inscrições devem ser realizadas na sede da Escola Municipal Marquês de Tamandaré, localizada na rua Simeão Ribas, no Bairro Nova Aliança. A instituição também será palco das aulas, que acontecerão três vezes na semana, sendo terças e quintas-feiras, bem como aos sábados, com duração de uma hora e meia. No ato da inscrição, os pais ou responsáveis devem estar munidos com documentos pessoais de cada participante, como RG; CPF e Comprovante de Residência. As aulas do Projeto karatê Comunitário começam no dia 19 de janeiro. Material e comportamento É necessário que cada aluno do projeto adquira os trajes adequados: o kimono e a faixa inicial de cor branca. A cada exame essa faixa será trocada por outra de cor diferente, conforme a cor que seguem os níveis do Karatê-DO. Lembrando que os custos do exame de faixa será de responsabilidade do aluno, assim como a faixa que o atleta irá almejar. Os alunos não serão avaliados somente com a prática da arte do Karatê, mas também pelo comportamento dentro e fora do Dojo (local de treino). Será feito o acompanhamento em casa por meio de conversas com os familiares, na escola através de boletins, palestras de cidadania e a postura nas ruas.  A arte do Karatê-DO não incita a violência e sim a formação de bons cidadãos, sendo passiveis de correção as atitudes que desagradam os preceitos da arte podendo até mesmo ocorrer a exclusão do aluno, abrindo assim vaga para outro candidato.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Trânsito
Vereador pede informações ao DNIT, sobre radares na rodovia BR 262
Tráfico de Drogas
Operação conjunta apreende mais de 5 toneladas de maconha em Ponta Porã
Dado Positivo
MS é um dos quatro estados sem registro de mortes por Covid-19 nos últimos dias
Preço Mais Justo
Agepan estuda viabilidade para reduzir taxa de abastecimento de água e esgoto em MS
Denúncia
Vereador quer saber se empresas estão cumprindo cotas para pessoas com deficiência
Serviço
Projeto de Lei propõe desconto por dia de interrupção de serviços de telefonia e internet
Retomada
TRE-MS retoma trabalho presencial no dia 3 de novembro
Imunização
Ribeiros do Taquari recebem vacina contra Covid nos dias 26 e 27
Prisão
Evadido é capturado em rondas no bairro Dom Bosco
Relatório Parcial
Operação de prevenção à incêndios completa sete meses com mais R$ 33 milhões em multas

Mais Lidas

Corumbá
Casal é levado para delegacia após bebedeira e briga
Colônia do Bracinho
Pantaneiro denuncia construção de barragem no Rio Taquari
Dois brasileiros foram presos
Denunciado por participação no roubo de aeronaves em Aquidauana é preso na Bolívia
Recurso
Vereador questiona uso do duodécimo do legislativo repassado para Santa Casa em 2020