Menu
quinta, 05 de agosto de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Maio
Geral

Inscrições do programa Família Acolhedora são prorrogadas até 22 de julho

11 julho 2020 - 08h03Marcelo Fernandes da PMC

Foi prorrogado o prazo de inscrição para seleção de famílias para formação de cadastro reserva no Serviço Família Acolhedora. Agora, o período vai de 13 a 22 de julho. Originalmente, o prazo havia expirado na sexta-feira, 10 de julho. O processo seletivo realizado pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH), terá vigência por dois anos.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail [email protected] ou, se necessário, o interessado deverá agendar atendimento pessoal, que será realizado na sede do órgão gestor da Secretaria de Assistência Social, que fica na rua Dom Aquino Corrêa, 884, Centro, quase na esquina da rua Antônio Maria Coelho, entre 08h e 12 horas. O agendamento de atendimento pessoal poderá ser realizado pelo telefone/whatsapp (67) 3907-5180/ (67) 99939-5277/ (67) 98469-8984.

O Serviço Família Acolhedora objetiva o atendimento imediato e integral às crianças e adolescentes na faixa etária de 0 a 18 anos incompletos, em situação de risco e vulnerabilidade que justifique o acolhimento em caráter provisório e excepcional como medida de proteção, por determinação da autoridade judiciária competente.

A família selecionada receberá o pagamento de subsídio financeiro mensal, no importe equivalente a 01 (um) salário mínimo vigente no país, depositado em conta bancária de banco público, em nome de algum membro da família, quando do efetivo acolhimento.

Em casos excepcionais de crianças e adolescentes com necessidades de cuidados especiais, o subsídio financeiro mensal será no importe de 1,5 salário mínimo (um salário mínimo e meio). O subsídio financeiro é o valor repassado à família acolhedora, correspondente a cada criança ou adolescente sob sua guarda, cujo valor lhe será destinado a partir do primeiro dia que assume a responsabilidade de guarda da criança ou adolescente inserida no Serviço Família Acolhedora, não gerando nenhum vínculo empregatício.

O subsídio financeiro destina-se ao suprimento da alimentação, vestuário, medicamento, higiene pessoal, lazer e outras necessidades básicas da criança ou adolescente inserida no serviço, respeitando a convivência familiar e comunitária. A família acolhedora e a criança acolhida serão acompanhadas e avaliadas de forma contínua e permanente, com visitas periódicas pela equipe técnica da Casa de Acolhimento Institucional. O aviso de prorrogação foi publicado na edição desta sexta-feira, 10 de julho, do DIOCORUMBÁ.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Imunização
MS atinge "imunidade coletiva" da população indígena
Tempo
Agosto já registra níveis críticos de umidade e acende alerta de cuidados com a saúde
Fiscalização
Vereador solicita inclusão de Corumbá na CPI da Energisa na Assembleia
Calendário
Pré-selecionados do Fies têm até sexta-feira para complementar inscrição
Arte Popular
Jardim do Artesanato expõe e comercializa trabalhos de artesões da cidade
Destaque Nacional
MS atinge 80% da população adulta vacinada
Assistência Social
Povo das águas encerra com 180 famílias atendidas do Taquari
Melhorias
Vereador solicita pavimentação da Rua Edu Rocha, no Guaicurus
De volta!
Câmara de Corumbá adota medidas mais flexíveis e retoma atendimento presencial
Como fica?
Universidades de MS devem manter aulas presenciais suspensas até o fim do ano

Mais Lidas

Como fica?
Universidades de MS devem manter aulas presenciais suspensas até o fim do ano
De volta!
Câmara de Corumbá adota medidas mais flexíveis e retoma atendimento presencial
Arte Popular
Jardim do Artesanato expõe e comercializa trabalhos de artesões da cidade
Fiscalização
Vereador solicita inclusão de Corumbá na CPI da Energisa na Assembleia