Menu
domingo, 26 de maio de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Indústria estadual encerra 2015 com 9,1 mil demissões

28 janeiro 2016 - 13h53Gesiane Medeiros
O setor industrial de Mato Grosso do Sul, composto pelas indústrias de transformação, de extrativismo mineral, de construção civil e de serviços de utilidade pública, fechou 2015 com 9.185 demissões, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems. De acordo com o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, dezembro registrou o 10º mês consecutivo com redução de postos de trabalho na indústria sul-mato-grossense com saldo negativo de 2.136 vagas. Ainda de acordo com Ezequiel Resende, os segmentos industriais que apresentaram as maiores reduções no mês de dezembro foram indústria da construção (-723), indústria química (-394), indústria de produtos alimentícios e bebidas (-200), indústria de calçados (-190) e indústria têxtil e do vestuário (-172). “Já no acumulado de janeiro a dezembro as maiores reduções ocorreram na indústria da construção (-3.205), indústria química (-1.687), indústria têxtil e do vestuário (-1.644), indústria de produtos alimentícios e bebidas (-961), indústria mecânica (-719) e indústria metalúrgica (-489)”, detalhou. Ele destaca que o conjunto das atividades industriais em Mato Grosso do Sul encerrou dezembro de 2015 com um contingente de 125.498 trabalhadores formalmente empregados, queda de 1,56% em relação a novembro. “Com o desempenho ocorrido no último mês do ano, a indústria caiu do 3º para o 4º maior contingente de trabalhadores formais do Estado, condição ocupada pela última vez em 2006. Atualmente, a atividade industrial responde por 19,5% de todo o emprego formal existente em Mato Grosso do Sul”, informou. O coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems detalha que, com o desempenho registrado em 2015, o setor industrial ficou atrás dos setores de serviços, que emprega 189.343 trabalhadores com participação equivalente a 29,5%, de administração pública, com 130.368 trabalhadores ou 20,3%, e do comércio, com 126.760 ou 19,7% do total”, exemplificou, completando que, em relação à folha de pagamento, considerando o salário nominal médio na indústria estadual em 2015 de R$ 1.931,98, a soma de todos os salários pagos aos industriários sul-mato-grossenses ao fim do ano passando alcançou o equivalente a R$ 2,909 bilhões.   Especificações Em Mato Grosso do Sul, no período de janeiro a dezembro de 2015, ao todo 77 atividades industriais apresentaram saldo positivo de contratação, proporcionando a abertura de 2.930 vagas. Entre as atividades industriais com saldo positivo de pelo menos 130 vagas destacaram-se abate de suínos, aves e outros pequenos animais (+520), distribuição de energia elétrica (+228), fabricação de produtos de pastas celulósicas, papel, cartolina, papel-cartão e papelão ondulado (+199), obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações (+197), fabricação de alimentos para animais (+158), fabricação de celulose e outras pastas para a fabricação de papel (+154) e construção de obras de arte especiais (+137). Por outro lado, no mesmo período, 137 atividades industriais apresentaram saldo negativo, proporcionando o fechamento de 12.115 vagas. Entre as atividades industriais com saldo negativo de pelo menos 130 vagas destacaram-se fabricação de álcool (-1.634), abate de reses, exceto suínos (-1.299), construção de rodovias e ferrovias (-1.081), construção de edifícios (-786), obras de engenharia civil não especificadas anteriormente (-768), confecção de peças do vestuário, exceto roupas íntimas (-545), fabricação de fogões, refrigeradores e máquinas de lavar e secar para uso doméstico (-511), fabricação de artefatos têxteis para uso doméstico (-413), confecção de roupas íntimas (-364), catering, bufê e comida preparada (-316) e serviços especializados para construção não especificados anteriormente (-292). Em relação aos municípios, constatou-se que em 38 deles as atividades industriais registraram saldo positivo de contratação no período de janeiro a dezembro de 2015, proporcionando a abertura de 1.888 vagas. Entre as cidades com saldo positivo de pelo menos 70 vagas destacaram-se São Gabriel do Oeste (+348), Anastácio (+219), Nova Andradina (+157), Itaquiraí (+123), Juti (+105), Sidrolândia (+91), Angélica (+90), Bataguassu (+86), Chapadão do Sul (+83), Coxim (+78) e Terenos (+76). No entanto, no mesmo período, em 39 municípios as atividades industriais registraram saldo negativo, proporcionando a fechamento de 11.073 vagas. Entre as cidades com saldo negativo de pelo menos 70 vagas destacaram-se Campo Grande (-3.926), Três Lagoas (-1.405), Dourados (-989), Bataiporã (-759), Nova Alvorada do Sul (-737), Paranaíba (-536), Naviraí (-486), Caarapó (-429), Corumbá (-359), Eldorado (-293), Aparecida do Taboado (-227), Ponta Porã (-146), Ribas do Rio Pardo (-133), Iguatemi (-107) e Costa Rica (-98).     Texto da assessoria da Fiems

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Relatório da ONU sobre o clima responsabiliza a humanidade por aumento de fenômenos extremos
Facilidade
Mais de R$ 1,8 milhão em taxas judiciárias já foram pagos via Pix
Variedades
Cassinos Online: Sorte e estratégia na era digital
Reitoria
Colégio Eleitoral da UFMS mantém Camila Ítavo em primeiro lugar na lista tríplice
Meio Ambiente
Juiz mantém proibido o desmate no Parque dos Poderes
Crime
Na delegacia, assassino "confesso" diz que conheceu corretora em aplicativo
Educação
UEMS e Fundect investem R$ 4 mi para fortalecer ensino superior em Mato Grosso do Sul
Em Maracaju
Estudantes do IFMS levam tecnologia a maior evento agro do Estado
Destaque
Dia da Indústria: Longen destaca força do setor industrial de Mato Grosso do Sul
Extrema magreza
Polícia resgata cães em situação de maus-tratos no Popular Nova

Mais Lidas

Tráfico de Drogas
Boliviana é presa com 12,7 kg de cocaína em botijão de gás transportado dentro de mala
Soldado Cidadão
Projeto da Marinha vai oferecer formação de condutores para recrutas em Ladário
Interdição
Ponte sobre o rio Paraguai fecha às 17 horas deste sábado; interdição deve durar 19 horas
Investigação
Polícia Civil prende homem acusado por furto de joias e celulares na cidade