Menu
terça, 26 de outubro de 2021
Cassems - Melhores e Maiores - Edição 2021
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Independência: economia de MS avança e acumula resultados positivos

07 setembro 2020 - 08h06Paulo Fernandes do Portal MS

Estudo da Tendências Consultoria Integrada revelou que Mato Grosso do Sul (MS) deverá obter o melhor desempenho do país no crescimento da economia no próximo ano, com crescimento de 2,7% do PIB (Produto Interno Bruto) em 2021, em relação ao período pré-pandemia. Não é pouca coisa. Apenas cinco estados brasileiros terão crescimento (além de MS, PR, MT, RJ e GO), enquanto 21 e o Distrito Federal vão acumular perdas. 

Na geração de empregos com carteira assinada, o estado obteve o terceiro melhor desempenho do país no acumulado de janeiro a julho de 2020. De acordo com o novo Cadastro de Empregados e Desempregados (Novo Caged), do Ministério da Economia, entre janeiro e julho o estado registrou 118.148 admissões, o que resultou em um saldo de 1.561 novos postos de trabalho, atrás apenas de Maranhão e Mato Grosso.

Parte desses empregos são gerados pelo próprio poder público, que manteve os investimentos em obras essenciais, seguindo medidas de biossegurança. A previsão é entregar, por meio do programa Governo Presente, R$ 4,2 bilhões de investimentos nos 79 municípios até o fim de 2022.

Esses investimentos só foram possíveis porque a administração estadual tomou medidas de austeridade e eficiência da máquina pública desde 2015, com redução de gastos, revisão de contratos, reformas administrativa - para uma das menores estruturas do país - e previdenciária, e o ajuste dos impostos estaduais sobre supérfluos.

Parceria Público-Privada

Um novo passo que vem sendo dado pela administração pública é a parceria com a iniciativa privada. A rodovia MS-306 já recebe investimentos por meio de uma concessão e o Governo de Mato Grosso do Sul apresentou o projeto da Parceria Público-Privada (PPP) de Esgotamento Sanitário, no Roadshow Virtual da B3;

Com a PPP da Sanesul, a intenção é atingir em dez anos a universalização do esgotamento nos 68 municípios atendidos pela Sanesul, com garantia de um investimento de R$ 3,8 bilhões e uma tarifa sem custo adicional para os usuários desse serviço. 

Desde 2015, a Sanesul investiu R$ 776 milhões nos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, de um total de R$ 1,334 bilhão de investimentos já assegurados e compromissados até 2022. Foram 1.850 quilômetros e 110.909 ligações domiciliares de rede coletora de esgoto concluídos e até o ano de 2022 serão 3.3.83 quilômetros e 196.315 ligações, além das 22 ETEs (Estações de Tratamento de Esgoto) construídas, 6 em construção e nove que ainda serão construídas. Até o fim de 2022, serão 489.870 metros de rede de distribuição e 15.130 ligações domiciliares.

Balança comercial

Poder público e iniciativa privada também estão pavimentando rotas para abastecer o mercado exterior. Mesmo com uma queda impressionante de 61% nas importações, a balança comercial do Estado revela números animadores como crescimento de 12,8% nas exportações durante o período de janeiro a agosto deste ano. O valor das exportações chegou a US$ 4,077 bilhões, resultando em um superávit de US$ 3,498 bilhões. Em parte, o desempenho se deve ao apetite chinês pelas commodites do Estado. O país asiático é destino de mais da metade das exportações sul-mato-grossenses.

Não é à toa que o Governo de Mato Grosso do Sul não tem medido esforços em promover a integração logística para facilitar o escoamento da produção. Os governadores Reinaldo Azambuja (MS) e Carlos Roberto Massa Ratinho Junior (PR) assinaram um acordo para viabilizar a construção de um corredor ferroviário de exportação com 1.370 quilômetros, ligando regiões produtoras de Mato Grosso do Sul ao porto de Paranaguá.

Já a Rota Bioceânica, encabeçada por Mato Grosso do Sul, irá reduzir em 14 dias a distância e o custo do transportes dos produtos da América do Sul ao continente asiático - que é o maior consumidor do Estado. Enquanto isso, o município de Porto Murtinho vem recebendo investimentos privados na construções de terminais portuários e se tornando uma nova opção de escoamento das mercadorias.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
Instalação de polo da Universidade Estadual em Corumbá é solicitada na Câmara
Tecnologia
Aplicativo Para Ver Conversas Do WhatsApp de Outra Pessoa
Prevenção
Vereador pede instalação de telas de proteção no prédio do antigo Cine Anache
Resgate +
Ministério do Meio Ambiente lança Programa de Resgate da Fauna Silvestre em Corumbá
Nova Corumbá
Foragido é preso com diversos itens suspeitos na mochila
Presente Inesperado
Policiais Militares de Corumbá fazem surpresa em aniversário de criança que sonha em ser PM
Reivindicação
Vereadores pedem retorno das aulas presenciais na Rede Municipal
Representatividade
Sancionada Lei que institui o Prêmio Zumbi dos Palmares em Corumbá
Péssimas Condições
Morte de motorista na BR 262 é mais um alerta para o perigo do tráfego na rodovia
Campo Grande
Casa Rosa: atendimento integrado contra o câncer de mama inaugura em novembro

Mais Lidas

Denúncia
Sem resposta, passageira recorre a rede social para reclamar da Buser
Acidente
Rapaz sofre fraturas após ser atropelado na saída da quermesse em Ladário
Mundo Novo
Jovem é preso por disparos e porte ilegal de arma de grosso calibre
Procurados
Membros do PCC presos na fronteira com MS são entregues à polícia brasileira