Menu
sexta, 14 de junho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Incêndios florestais caem 95%, mas estiagem deve aumentar focos em Mato Grosso do Sul

18 setembro 2022 - 11h30Midiamax

 registrou 51 focos de incêndio em agosto deste ano, enquanto no mesmo mês de 2021 o índice foi de 1060, o que aponta queda de 95,18% na comparação entre os dois períodos. 

As informações são do Corpo de  Militar de Mato Grosso do Sul, a partir do satélite de referência Aqua Tarde. Frente a agosto de 2020, quando foram registrados 1643 focos de incêndio no Estado, a taxa desce para 96,89%.

Na comparação com os meses anteriores, os registros de julho (204) e junho (102) representam quedas de 75% e 50%, respectivamente. 

 

O mês de agosto deste ano encerrou com o menor registro de focos de calor dos últimos 24 anos na região do Pantanal sul-mato-grossense, com 71 ocorrências. 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a previsão para os próximos meses é que os incêndios florestais podem aumentar devido ao período de estiagem, mas em número menor no comparativo com o ano passado. 

A Operação Pantanal permanece ativa com equipes, ferramentas e viaturas nos trabalhos de prevenção, combate e monitoramento de incêndios florestais. A sala de situação, que monitora os incêndios, estará em estado de alerta até dezembro, mês de encerramento previsto para a operação. 

 

O Corpo de Bombeiros pede que a população redobre os seguintes cuidados:

  • Não queime o lixo;
  • Não coloque fogo em terrenos baldios;
  • As queimadas estão proibidas em todo o Estado;
  • Se estiver de turismo ou pescando no Pantanal, evite fazer fogueiras e/ou acender churrasqueira;
  • Ajude a preservar o Meio Ambiente.

Risco de Fogo

De acordo com o informativo de monitoramento sobre incêndios florestais elaborado pelo Corpo de Bombeiros Militar (CBMMS) e pelo Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de Mato Grosso do Sul), a previsão para setembro indica altas temperaturas, acima de 34°C, e umidade relativa baixa entre 15-35% nas regiões do pantanal, sudoeste e norte, especialmente entre os dias 17 e 19 setembro.

Segundo o documento, esse cenário é uma combinação ideal das condições meteorológicas para o início ou agravamento dos incêndios florestais. Porém, a partir do 20 de setembro há previsão de chuvas nestas regiões.

O risco de fogo “crítico” nas regiões norte e bolsão do Estado está para o dia 20 de setembro de 2022, enquanto, em grande parte do Estado, o risco de fogo é mínimo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Capacitação
Qualifica Ladário está com inscrições abertas até 20 de junho
Novidade
Sorveteria de Caio Castro inaugura loja nesta sexta em Corumbá
Evento
Sábado tem Festival de Pipa em Ladário
Em até 9X
Ladário: prazo para incluir taxa do lixo na fatura de água encerra dia 14
Economia
Reunião aprovou prioridades e novas áreas de financiamento do FCO para 2025
Cidadania LGBTQIA+
Certidão de nascimento garante cidadania, direitos e renascimento de novas histórias
Viva a São João
Estão abertas as inscrições para concursos de Andores, Miniandores e Quadrilhas Juninas
Praça da Independência
Cerimônia cívico-militar comemora os 157 da Retomada de Corumbá
Edital
Sindicato convoca trabalhadores da J&F Mineração para Assembleia Geral
Economia
Em novo recorde para o mês, Junta Comercial registrou abertura de 960 empresas em maio

Mais Lidas

Edital
Sindicato convoca trabalhadores da J&F Mineração para Assembleia Geral
Infraestrutura
Moradores falam de melhor qualidade de vida após lajotamento de vias no Cravo Vermelho
24 horas
Colisão entre carro e bicicleta faz duas vítimas na manhã desta quinta
Meio Ambiente
Estudo alerta para escassez hídrica e aumento de mais de 1000% em incêndios no Pantanal