Menu
quinta, 22 de fevereiro de 2024
Governo - Fazer Bem Feiro - Fevereiro 2024
Governo - Fazer Bem Feiro - Fevereiro 2024
Geral

IFMS sedia 1ª reunião de 2018 do Conselho de Reitores das Instituições de Ensino

27 fevereiro 2018 - 14h31Assessoria de imprensa

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) sediou nessa segunda-feira, 26, a primeira reunião ordinária do ano do Conselho de Reitores das Instituições de Ensino Superior de Mato Grosso do Sul (Crie-MS). O encontro foi realizado na reitoria, em Campo Grande.

Estiveram presentes os reitores das seis instituições que compõem o conselho: Luiz Simão Staszczak (IFMS), Marcelo Turine (UFMS), Tanner Douglas Bitencourt (Uniderp), Padre Ricardo Carlos (UCDB) e Fábio Edir (UEMS) - atual presidente do Crie-MS. A reitora da UFGD foi representada pelo professor Tomáz Espósito Neto.

Staszczak destacou a oportunidade de sediar pela primeira vez uma reunião do Conselho. "Além da importância da reunião em si, esta é uma oportunidade de demonstrar a nossos parceiros o que somos, o que fazemos e quais os resultados do IFMS para o desenvolvimento do Estado de Mato Grosso do Sul".

A pauta da reunião incluiu a definição do calendário anual de reuniões, a formulação de estratégias de atuação e a proposta do plano de ações para 2018.

Também participaram coordenadores e vices dos cinco grupos de trabalho que compõem o Crie-MS: Internacionalização e Mobilidade Acadêmica; Turismo e Cultura (Extensão); Ciência, Tecnologia e Inovação (Pesquisa); Excelência na Educação Básica e Superior (Ensino); e Comunicação Científica.

O presidente explicou o formato de atuação do Conselho. "Iniciamos este ano de 2018 com o Crie-MS já em um novo formato, com a participação dos reitores, coordenadores e vice-coordenadores dos grupos de trabalho, pois todos já estão trabalhando, com ações em andamento e pauta definida", apontou Fábio Edir.

O reitor da UEMS destacou ainda a importância da relação do colegiado com demais instituições, principalmente órgãos executivos e legislativos das esferas estadual e federal, inclusive com algumas agendas definidas para este ano.

Grupos de Trabalho - Os coordenadores dos GTs puderam apresentar ao colegiado o andamento das discussões e ações propostas nos grupos.

A coordenadora do grupo de trabalho "Excelência na Educação Básica e Superior", professora Eugênia Aparecida dos Santos, da Uniderp, destacou duas demandas principais na reunião.

"Nosso GT possui dois focos: promover uma troca de experiências entre as instituições quanto às metodologias de ensino utilizadas, e debater sobre a heterogeneidade do estudante que chega às nossas universidades, já que atualmente temos um perfil abrangente e o desafio de lidarmos com essa realidade", explicou a coordenadora.

A proposta é organizar, no segundo semestre, um seminário para apresentar e debater as demandas específicas da educação básica e superior em Mato Grosso do Sul.

Já o grupo de trabalho de Internacionalização e Mobilidade Acadêmica, coordenado pelo professor Ruberval Maciel, da UEMS, destacou a criação da Rede Universitária da Rota de Integração Latino-Americana (UniRila), dentre outras demandas.

A Rede foi constituída oficialmente em outubro de 2017, durante o I Seminário da UniRila. O evento ocorreu em Campo Grande, e reuniu representantes de instituições de Ensino Superior do Brasil, Argentina, Chile e Paraguai.

"Com a UniRila poderemos mapear as potencialidades das instituições do Crie-MS e dos países parceiros, para subsidiarmos as ações da Rila no que tange à ensino, extensão, pesquisa e inovação", explicou o coordenador.

Maciel explica o funcionamento das atividades. "Criamos sub-grupos para as áreas de internacionalização: questões sociais, turismo e desenvolvimento local, direito internacional e questões aduaneiras, para pensarmos não apenas em questões específicas, mas em um conceito de governo. Estamos realizando reuniões com diversos ministérios e unindo esforços para fortalecer o projeto da Rila e também da internacionalização das instituições do Crie-MS", finalizou.

Crie-MS - Foi criado em 2017, com objetivo de aproximar as instituições e fortalecer a educação superior no Estado.

Em julho do ano passado, o Crie-MS elegeu a primeira diretoria e, em agosto, o Conselho foi oficialmente instituído. A solenidade foi realizada na Assembleia Legislativa, em Campo Grande, e contou com a presença do governador, Reinaldo Azambuja, e do ministro da Educação, Mendonça Filho.

A próxima reunião ordinária do colegiado está marcada para 28 de maio, na UFMS. As demais reuniões ordinárias do ano estão agendadas para 21 de agosto, na UCDB, e 26 de novembro, na Uniderp.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saneamento
Mais de 62% do estado já possui esgotamento sanitário
Proposta
Vereador sugere tarifa zero aos domingos nos ônibus de Corumbá
Plantão
Bombeiros registraram sete quedas de árvores causadas pelo temporal desta quarta
Seminário
Combate à incêndios em MS será aliado a mudança da prática do uso do fogo
Imunização
Corumbá e Ladário aguardam chegada da vacina contra dengue nesta quinta-feira
Tempo
Quinta-feira tem tempo instável e maior probabilidade de chuva dos últimos dias
Corumbá tem 25°C pela manhã e 34°C à tarde
Você viu?
Bailarinos de Corumbá se apresentaram no palco do Caldeirão com Mion
Destaque
Curso de gastronomia qualifica guias e piloteiros das regiões de Albuquerque e Porto Morrinho
Destaque
Alunos do Geração Olímpica conquistam 3 ouros, 1 prata e 8 bronzes no Estadual de Judô
Na Câmara
Anatel e Procon são acionados para fiscalizar serviços de empresas de internet na cidade

Mais Lidas

Últimas 24h
Bombeiros atendem acidente de trânsito, resgate de cadáver e incêndio em creche
Plantão
Pessoa é encontrada morta em casa do Popular Velha
Turismo
Anhuma, no Pantanal de Albuquerque: refúgio dos amantes da pesca e natureza
Você viu?
Bailarinos de Corumbá se apresentaram no palco do Caldeirão com Mion