Menu
domingo, 26 de maio de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

IFMS e Prefeitura reafirmam parcerias com resultados de pesquisas e projetos

19 março 2016 - 12h23Redação
Os resultados trazidos com a parceria entre Prefeitura Municipal de Corumbá e IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) foram o tema de uma reunião na manhã desta sexta-feira, 18 de março, no gabinete do Paço Municipal, onde o prefeito Paulo Duarte e o reitor do IFMS, Luiz Simão Staszczak, reforçaram os laços entre as instituições. Além do chefe do Executivo, participaram da reunião, o secretário de Gestão Pública, Luiz Henrique, e a secretária de Educação, Roseane Limoeiro; a diretora do IFMS/Campus Corumbá, Cláudia Santos Fernandes. Entre os resultados surgidos da parceria com a Prefeitura de Corumbá, Staszczak citou o desenvolvimento de sistema web para avaliação institucional da REME (Rede Municipal de Ensino); cadastro e professores; Raspberry PI (programa para promover o aprendizado de programação básica para crianças do ensino fundamental); Sistema de realidade aumentada na alfabetização e letramento, como exemplos, entre a lista de 12 desenvolvidas. “São atividades que são desenvolvidas pontualmente com várias escolas municipais que atendem desde os princípios de gestão escolar até uma atividade que vai ao encontro de qualificação de professores”, disse o reitor. O prefeito Paulo Duarte, também foi informado que nesta semana alunos e professores do Campus Corumbá está participando de importante feira de ciências nacional em São Paulo devido à qualidade das pesquisas e projetos desenvolvidos na unidade local do Instituto. Duarte buscou ouvir uma previsão sobre a entrega da sede própria do IFMS em Corumbá e justificou. “Essa ansiedade e por sabermos da importância do IFMS para cidade”, disse o prefeito ao reitor de quem ficou sabendo que a expectativa é que ainda este ano o prédio, localizado no bairro Centro América, esteja em funcionamento. De acordo com a diretora do IFMS/Campus Corumbá, Cláudia Santos Fernandes, atualmente há mais de 500 alunos matriculados em cursos presenciais tanto na área técnica como nos superiores. Ela lembrou que Corumbá é a segunda maior concorrência entre as unidades do Instituto no Estado por vagas oferecidas. No último Enade, o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas obteve conceito máximo entre 320 cursos espalhados pelo país. O prefeito Paulo Duarte também se interessou por um projeto que deve ser implantado em Corumbá pelo IFMS, que é o gerar energia alternativa (solar) como forma de difusão tecnológica, uma vez que o Município climatizou com recursos próprios todas as escolas da REME na área urbana com o programa “Bons Ventos”. "A troca de conhecimento é sempre importante", disse o chefe do Executivo ao saber que o Instituto e uma das duas únicas cidades de MS onde o uso da energia solar atrenderá à demanda  do prédio do Instituto. Staszczak contou também ao prefeito Paulo Duarte sobre uma grande conquista que foi o registro de um software desenvolvido em parceria com a Embrapa Pantanal que possibilita uma rede de monitoramento de dados entre pesquisadores da região. O software armazena dados como temperatura e umidade, por exemplo, de forma segura e prática. “A parceria do Instituto com a Prefeitura vai continuar, podem ter certeza disso e podem contar conosco”, afirmou Duarte a Staszczak. tre Prefeitura Municipal de Corumbá e IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) foram o tema de uma reunião na manhã desta sexta-feira, 18 de março, no gabinete do Paço Municipal, onde o prefeito Paulo Duarte e o reitor do IFMS, Luiz Simão Staszczak, reforçaram os laços entre as instituições. Além do chefe do Executivo, participaram da reunião, o secretário de Gestão Pública, Luiz Henrique, e a secretária de Educação, Roseane Limoeiro; a diretora do IFMS/Campus Corumbá, Cláudia Santos Fernandes. Entre os resultados surgidos da parceria com a Prefeitura de Corumbá, Staszczak citou o desenvolvimento de sistema web para avaliação institucional da REME (Rede Municipal de Ensino); cadastro e professores; Raspberry PI (programa para promover o aprendizado de programação básica para crianças do ensino fundamental); Sistema de realidade aumentada na alfabetização e letramento, como exemplos, entre a lista de 12 desenvolvidas. “São atividades que são desenvolvidas pontualmente com várias escolas municipais que atendem desde os princípios de gestão escolar até uma atividade que vai ao encontro de qualificação de professores”, disse o reitor. O prefeito Paulo Duarte, também foi informado que nesta semana alunos e professores do Campus Corumbá está participando de importante feira de ciências nacional em São Paulo devido à qualidade das pesquisas e projetos desenvolvidos na unidade local do Instituto. Duarte buscou ouvir uma previsão sobre a entrega da sede própria do IFMS em Corumbá e justificou. “Essa ansiedade e por sabermos da importância do IFMS para cidade”, disse o prefeito ao reitor de quem ficou sabendo que a expectativa é que ainda este ano o prédio, localizado no bairro Centro América, esteja em funcionamento. De acordo com a diretora do IFMS/Campus Corumbá, Cláudia Santos Fernandes, atualmente há mais de 500 alunos matriculados em cursos presenciais tanto na área técnica como nos superiores. Ela lembrou que Corumbá é a segunda maior concorrência entre as unidades do Instituto no Estado por vagas oferecidas. No último Enade, o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas obteve conceito máximo entre 320 cursos espalhados pelo país. O prefeito Paulo Duarte também se interessou por um projeto que deve ser implantado em Corumbá pelo IFMS, que é o gerar energia alternativa (solar) como forma de difusão tecnológica, uma vez que o Município climatizou com recursos próprios todas as escolas da REME na área urbana com o programa “Bons Ventos”. "A troca de conhecimento é sempre importante", disse o chefe do Executivo ao saber que o Instituto e uma das duas únicas cidades de MS onde o uso da energia solar atrenderá à demanda  do prédio do Instituto. Staszczak contou também ao prefeito Paulo Duarte sobre uma grande conquista que foi o registro de um software desenvolvido em parceria com a Embrapa Pantanal que possibilita uma rede de monitoramento de dados entre pesquisadores da região. O software armazena dados como temperatura e umidade, por exemplo, de forma segura e prática. “A parceria do Instituto com a Prefeitura vai continuar, podem ter certeza disso e podem contar conosco”, afirmou Duarte a Staszczak.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Relatório da ONU sobre o clima responsabiliza a humanidade por aumento de fenômenos extremos
Facilidade
Mais de R$ 1,8 milhão em taxas judiciárias já foram pagos via Pix
Variedades
Cassinos Online: Sorte e estratégia na era digital
Reitoria
Colégio Eleitoral da UFMS mantém Camila Ítavo em primeiro lugar na lista tríplice
Meio Ambiente
Juiz mantém proibido o desmate no Parque dos Poderes
Crime
Na delegacia, assassino "confesso" diz que conheceu corretora em aplicativo
Educação
UEMS e Fundect investem R$ 4 mi para fortalecer ensino superior em Mato Grosso do Sul
Em Maracaju
Estudantes do IFMS levam tecnologia a maior evento agro do Estado
Destaque
Dia da Indústria: Longen destaca força do setor industrial de Mato Grosso do Sul
Extrema magreza
Polícia resgata cães em situação de maus-tratos no Popular Nova

Mais Lidas

Tráfico de Drogas
Boliviana é presa com 12,7 kg de cocaína em botijão de gás transportado dentro de mala
Soldado Cidadão
Projeto da Marinha vai oferecer formação de condutores para recrutas em Ladário
Interdição
Ponte sobre o rio Paraguai fecha às 17 horas deste sábado; interdição deve durar 19 horas
Investigação
Polícia Civil prende homem acusado por furto de joias e celulares na cidade