Menu
segunda, 27 de maio de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

IFMS conquista 73% de prêmios do Centro-Oeste em Feira de Ciências da USP

23 março 2016 - 13h52Assessoria
Com prêmios na bagagem e muitas experiências para compartilhar. É assim que a delegação do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) retorna da edição 2016 da Feira Brasileira de Ciências e Engenharias (Febrace), promovida em São Paulo na semana passada. Realizada pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), a 14ª edição da Feira reuniu mais de 300 projetos de estudantes dos ensinos fundamental, médio e técnico de escolas públicas e particulares de todo o Brasil. Com a premiação, o IFMS se consolida como a principal instituição de educação básica do Centro-Oeste no evento. Dos 26 prêmios conquistados por trabalhos da região, 19 são de alunos do Instituto. Outras duas pesquisas de Mato Grosso do Sul também foram reconhecidas na Febrace. “Os prêmios para a delegação do Estado são resultado do esforço de estudantes, professores e parcerias com a UFMS e UFGD, por meio das feiras de ciências promovidas por estas instituições. O trabalho em conjunto é o grande trunfo para que o MS se destaque e que tem refletido em premiações para além do IFMS”, apontou a pró-reitora de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação em exercício, Tatiane de Araújo. Composta por oito servidores, 12 estudantes e seis egressos, a delegação do IFMS apresentou 12 projetos de pesquisa desenvolvidos em cinco campi. Destes, oito foram premiados, conforme a tabela abaixo. A participação foi viabilizada com o custeio de diárias dos servidores e auxílio financeiro aos estudantes matriculados na instituição. O transporte de toda a delegação do Estado foi de responsabilidade do Grupo de Tecnologias e Ensino de Ciências Arandú, da UFMS. Internacional: Entre os principais prêmios, o projeto do estudante do Campus Aquidauana, Luiz Fernando da Silva Borges, obteve o credenciamento para a Intel ISEF, considerada uma das maiores competições científicas de ensino médio do mundo. O evento será realizado em maio, nos Estados Unidos. Sob a orientação dos professores Leandro de Jesus e Diogo Milagres, a pesquisa consiste no desenvolvimento de um antebraço robótico que possui a capacidade de movimentar continuamente diversas articulações da mão e pulso, além de devolver a seu usuário a sensibilidade tátil. O trabalho recebeu outros quatro prêmios, incluindo a primeira colocação na categoria Engenharia. Outra conquista internacional foi a credencial para participação na feira Genius Olympiad, que ocorrerá em junho, também nos Estados Unidos. O projeto “Agroduíno: sensoriamento agrícola” é realizado pelo estudante Vinícius Belló, do Campus Ponta Porã. Ele também ficou na primeira colocação da categoria Ciências Agrárias. Com a utilização de recursos de baixo custo, a ferramenta permite que produtores rurais monitorem fatores climáticos importantes para o cultivo, como umidade, temperatura e pressão do ar. Mais prêmios: O Campus Campo Grande conquistou o maior número de prêmios na Febrace, oito no total. As três pesquisas do campus que participaram do evento foram premiadas. O destaque foi o projeto do software educativo Do the Evolution, que auxilia na compreensão das teorias da evolução e coloca o computador como um facilitador no ensino da biologia. Com cinco prêmios na Feira, o trabalho é desenvolvido pelos alunos Denison Barbosa e Giulia Milan, que foi a grande vencedora do Prêmio Intel Mulheres e Tecnologia na Febrace. Histórico: O IFMS conquista prêmios na Feira desde o primeiro ano de participação, em 2012. No ano seguinte, a delegação conquistou oito prêmios. Em 2014, o número chegou a 14. Já no ano passado, o Instituto conquistou a maior premiação alcançada nos quatro anos de participação. Foram 16 prêmios para cinco projetos dos campi Aquidauana, Campo Grande, Nova Andradina, Três Lagoas. Mais informações sobre a Feira e a lista completa dos projetos premiados estão disponíveis na página oficial do evento. O endereço é http://febrace.org.br/.   Relação dos projetos do IFMS premiados
Campus Projeto Participante Prêmio
Aquidauana Prendendo fantasmas em robôs: um novo método de controle e design para próteses mioelétricas transradiais e rearranjo neuronal do mapa de Penfield para feedback tátil Luiz Fernando da Silva Borges (Estudante) Leandro de Jesus (Orientador) Diogo Milagres (Coorientador) Participação na Intel ISEF
1º Lugar em Engenharia
Prêmio Associação dos Engenheiros Politécnicos (AEP)
Prêmio Inovação em Acessibilidade e Inclusão da Pessoa com Deficiência
Prêmio Contribuição em Tecnologia Assistiva CNRTA-CTI Renato Archer
Campo Grande Do the evolution: inteligência artificial aplicada no desenvolvimento de um objeto de aprendizagem sobre evolução Denison Massulo Barbosa (Estudante) Giulia Faustini Milan (Estudante) Antonio Miguel Faustini Zarth (Orientador) Marilyn Aparecida Errobidarte Matos (Coorientador) 3º Lugar em Ciências Exatas e da Terra
Prêmio Intel Mulheres e Tecnologia
Intel Excellence in Computer Science
Prêmio EDUSP
Intel Excellence in Computer Science
VibroGlobe: reconhecimento de ondas sonoras através do tato Eduardo da Silva Campos (Estudante) Marco Hiroshi Naka (Orientador) 3º Lugar em Ciências Exatas e da Terra
Prêmio Contribuição em Tecnologia Assistiva CNRTA-CTI Renato Archer
Sistema de apoio ao agricultor no processo de controle da deriva na pulverização de agrotóxicos Vitor Jucá Santos Martins (Estudante) Luiz Fernando Delboni Lomba (Orientador) Premio Odebrecht Febrace 2016
Corumbá Caracterização quanto à corrosão do aço AISI 1020 exposto à solução de ácido nítrico (HNO3) Eros Frederico da Silva (Estudante) Tobias Eduardo Schmitzhaus (Orientador) Samara Melo Valcacer (Coorientador) Prêmio Poli Cidadã - 2º Lugar em Tecnologia e Desenvolvimento Social
Coxim Avaliação da aplicação de extratos de compostos bioativos de sementes defrutos de mamão em análise antimicrobiana in vitro Ana Priscila Mathne de Almeida Mafra (Estudante) Letícia Costa dos Santos (Estudante) Angela Kwiatkowski (Orientador) Joseila Aparecida Bergamo (Coorientador) Outstanding Achievement for Ability and Creativity in In Vitro Biology
Ponta Porã Epifania fronteiriça: possíveis diálogos entre as ditaduras militares brasileira e paraguaia Juliana Arevalos Bordão (Estudante) Gabriela Camargo Pacher (Estudante) Fabrícia Carla Viviani (Orientadora) Eli Gomes Castanho (Coorientador) 4º Lugar em Ciências Humanas
Agroduíno: sensoriamento agrícola Vinícius Feres Belló (Estudante) Eder Villalba (Orientador) Elke Leite Bezerra (Coorientador) 1º Lugar em Ciências Agrárias
OSWEGO State University of New York – Prêmio Genius Olympiad
Prêmio EDUSP
     

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Deputado Luiz Ovando destina recursos para atender a APAE de Corumbá
Geral
Prefeitura de Corumbá terá ponto facultativo na sexta-feira, 31 de maio
Tempo
Segunda-feira de frio em Corumbá
Corumbá amanhece com 14 graus nesta segunda
Meio Ambiente
Relatório da ONU sobre o clima responsabiliza a humanidade por aumento de fenômenos extremos
Facilidade
Mais de R$ 1,8 milhão em taxas judiciárias já foram pagos via Pix
Variedades
Cassinos Online: Sorte e estratégia na era digital
Reitoria
Colégio Eleitoral da UFMS mantém Camila Ítavo em primeiro lugar na lista tríplice
Meio Ambiente
Juiz mantém proibido o desmate no Parque dos Poderes
Crime
Na delegacia, assassino "confesso" diz que conheceu corretora em aplicativo
Educação
UEMS e Fundect investem R$ 4 mi para fortalecer ensino superior em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

Crime
Na delegacia, assassino "confesso" diz que conheceu corretora em aplicativo
Educação
UEMS e Fundect investem R$ 4 mi para fortalecer ensino superior em Mato Grosso do Sul
Reitoria
Colégio Eleitoral da UFMS mantém Camila Ítavo em primeiro lugar na lista tríplice
Facilidade
Mais de R$ 1,8 milhão em taxas judiciárias já foram pagos via Pix