Menu
quinta, 20 de junho de 2024
Governo - Detran MS
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Homem que matou cunhado após bate-boca é condenado a 14 anos de prisão

29 setembro 2022 - 13h30Campo Grande News

Jhonatan Guilherme de Souza Alencar, 29 anos, foi condenado a 14 anos e 10 dias de prisão, em regime fechado, pela morte do cunhado João Rodrigues de Farias, 33 anos, após um bate-boca em conveniência no Bairro Moreninhas, em Campo Grande. O crime aconteceu em agosto de 2020.

A vítima foi morta a tiros e Jhonatan acabou sendo preso horas depois pelo Batalhão de Choque da Polícia Militar, junto com o irmão Leonardo Luiz de Souza Alencar, 26 anos, que também foi condenado pelo crime, mas a 6 anos em regime semiaberto.

Os dois acusados sentaram no banco dos réus nesta quinta-feira (29) e a sentença é assinada pelo presidente da 1ª Vara do Tribunal do Júri, Carlos Alberto Garcete de Almeida. Jhonatan foi condenado por homicíodio qualificado por motivo torpe e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. Já Leonardo por homicídio simples. 

Caso - Segundo apurado pela polícia, Jonathan passou a tarde em um pesqueiro com a esposa, filhos e amigos, confraternizando. No local, ficou combinado que o encontro continuaria à noite em um churrasco na casa de um dos participantes, o que teria motivado uma discussão entre o pintor e a mulher. 

Em casa, o casal teria brigado novamente e trocado agressões. Ela não queria que o marido fosse à festa e escondeu a chave de motocicleta para impedi-lo. O homem então pediu que um amigo fosse buscá-lo, mas, segundo o relato da testemunha, nesse meio tempo, João Rodrigues, irmão da esposa de Jonathan, estacionou na frente da casa.

De acordo com depoimento do amigo, o homem desceu armado e dado uma coronhada na testa do cunhado, ameaçando matá-lo caso batesse na mulher outra vez. Voltou para o carro e foi embora.

Ainda conforme a apuração, Jonathan deslocou-se até a casa de sua mãe, local onde guardava uma arma de fogo, e ligou para o irmão Leonardo, pedindo ajuda para matar o cunhado. Os dois então saíram junto e encontraram a vítima em um bar, nas Moreninhas. O primeiro então desceu da moto e descarregou todas as munições contra João, que morreu no local.

Os irmãos foram presos na região da Chácara das Mansões, local onde também tentaram esconder a arma utilizada no crime. Ambos foram autuados no crime de homicídio qualificado pelo recurso que dificultou a defesa da vítima.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Falta de navegabilidade já impacta atuação de combate ao fogo no Pantanal
Programação
Arraial do Banho de São João em Ladário acontece de 20 a 23 de junho
Estado
Aprovados no concurso público da Saúde de MS são convocados para posse
Incêndios
Reunião entre Governo do estado e MMS alinham ações para ampliar atuação no Pantanal
Queimada
Fogo cresce na região do Bracinho e brigada da Apa Baía Negra fica sob alerta
Emprego e Renda
Vereador sugere estrutura para transformar terminal em um centro comercial
Maus Tratos
Civil resgata cães abandonados em imóvel fechado no bairro Guatós
Arraial
Termina hoje inscrição para Concurso de Quadrilhas; Andores e Miniandores prazo é amanhã
Ladário
Incêndio atinge região da Apa Baía Negra
Confira
Banho de São João faz mudanças no trânsito de Corumbá

Mais Lidas

Bombeiros
Plantão registra cinco enxames de abelhas e três incêndios em terrenos baldios
Queimadas
Fogo destrói ponte de madeira na Estrada Parque
Queimada
Fogo cresce na região do Bracinho e brigada da Apa Baía Negra fica sob alerta
Dsdobramentos
Prefeitura divulga resultado preliminar da avaliação psicológica do Concurso da Guarda Municipal