Menu
quarta, 22 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Homem é executado a tiros por pistoleiros na fronteira

06 abril 2018 - 10h25Campo Grande News

Pistoleiros em uma caminhonete branca executaram um cidadão paraguaio na madrugada de hoje (6) em Capitán Bado, cidade vizinha de Coronel Sapucaia (MS), a 400 km de Campo Grande. O crime ocorreu por volta de 2h30.

O corpo de Manuel Ramon Ojeda Arce, 45, foi encontrado no meio da rua, no bairro São Roque. Não há testemunhas do crime, segundo a Polícia Nacional do Paraguai.

Assim como Pedro Juan Caballero, cidade vizinha de Ponta Porã, Capitán Bado é dominada pelo crime organizado e uma das principais bases de facções criminosas que lutam pelo controle do tráfico de drogas e de armas na região.

Policiais que atenderam a ocorrência afirmam que Manuel foi encontrado ainda com vida e chegou a ser levado ao hospital da cidade, mas morreu em seguida. A Divisão de Homicídios da Polícia Nacional e o Ministério Público investigam o crime.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Brasil quer atrair mais investimentos privados, diz presidente na ONU
21 de setembro
Incêndios continuam e Corumbá não tem motivo para celebrar o dia da árvore
Mudança no prazo
Saúde mantém vacinação para adolescentes em MS
Dados Estatísticos
Índices de criminalidade apresentam queda em Mato Grosso do Sul
Limpeza
Nos dias 22 e 23 tem ação de combate à dengue no bairro Cravo Vermelho
Evento Virtual
Semana Temática do Empreendedorismo acontece nos dias 28, 29 e 30 de setembro
Crime
Concen pede ação da Polícia Civil no combate ao furto de fios de energia em MS
Maratona
Prorrogadas inscrições para o Hackathon IFMS
Naviraí
Casal preso por tráfico de aves silvestres recebe multa de R$ 2,5 milhões da PMA
243 anos
Corumbá celebra aniversário com retomada de desenvolvimento

Mais Lidas

Naviraí
Casal preso por tráfico de aves silvestres recebe multa de R$ 2,5 milhões da PMA
243 anos
Corumbá celebra aniversário com retomada de desenvolvimento
21 de setembro
Incêndios continuam e Corumbá não tem motivo para celebrar o dia da árvore
Tempo
Inverno se despede com temperaturas acima dos 40°C e umidade do ar em níveis críticos