Menu
sexta, 01 de março de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Hemosul precisa com urgência de sangue tipos “O negativo” e “O positivo”

14 setembro 2018 - 11h24Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Com estoque quase zerado do tipo sanguíneo O negativo (O-), o Hemosul de Campo Grande precisa com urgência de doações. Nesta quinta-feira (13.9), outros tipos de sangue também estão em situação parecida e já requerem atenção.

O tipo O positivo (O+) está com apenas 40% do estoque disponível e as tipagens mais raras, o sangue tipos A negativo (A-) e B negativo (B -), também apresentam poucas bolsas armazenadas.

O Hemosul faz um apelo à população e pede doações. Para doar é preciso apenas responder a alguns critérios básicos. Saiba o que é necessário para ser um doador e ajude quem precisa.

Idade

Para ser um doador tem que ter de 16 a 69 anos, segundo a nova lei da doação de sangue aprovada em 2013, sendo que os doadores de 16 e 17 anos precisam estar acompanhados dos pais ou responsável ou ter em mãos declaração de autorização, com firma reconhecida.

Também é importante lembrar que a primeira doação somente pode ser feita até 60 anos. Acima desta idade, apenas para quem já é doador de sangue.

Peso

Embora a nova lei permita a doação de pessoas abaixo de 50 Kg, a Rede Hemosul-MS reserva-se o direito de aceitar apenas doadores com 55 kg ou mais, para a melhor utilização do sangue coletado e segurança do doador.

Intervalo de doação

Homens podem doar até quatro vezes ao ano com um intervalo mínimo de dois meses. Mulheres podem doar até três vezes ao ano com um intervalo mínimo de três meses.

Doenças que impedem a doação:

Algumas doenças hematológicas, cardíacas, renais, pulmonares, hepáticas, autoimunes, diabetes, hipertireoidismo, hanseníase, tuberculose, câncer, sangramentos anormais, convulsões, ou portadores de doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue como doença de Chagas, hepatite, aids, sífilis. Se estiver com gripe ou alergia deve esperar sete dias após sarar para doar sangue.

Medicamentos

Alguns medicamentos impedem a doação. Portanto, fale para o profissional de saúde que for lhe entrevistar os remédios que está utilizando.

Vacinas

As vacinas impedem temporariamente a sua doação. Por isso, aproveite para doar sangue antes de tomar a dose de vacina.

 Alimentação

Não esqueça: você deve estar bem alimentado para doar sangue. Como muitos pensam não se pode doar sangue em jejum. É diferente de quando vamos fazer exames laboratoriais de sangue, para os quais o jejum é recomendado. Mas você pode evitar alimentos com excesso de gordura quando for doar sangue. É recomendado que se alimente bem, porém, de forma saudável.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Benefício
Prefeito assina decreto que regulamenta aumento no plantão de profissionais da saúde
Imunização
Corumbá terá três postos de multivacinação neste sábado, 02 de março
Ranking
MS é destaque nacional na gestão de recursos federais e execução de projetos e convênios
Necessário
Recadastramento em programa do Governo que paga a conta de luz segue até 10 de maio
Campanha
Ladário expande vacinação contra dengue nas escolas da rede municipal
Evento
Corumbá sedia 3ª edição da Copa dos Campeões da Assomasul neste final de semana
Mudanças
Supremo derruba a regra sobre distribuição de sobras eleitorais em eleições proporcionais
Em processo
Reunião com novos diretores aborda habilitação de unidade de saúde exclusiva para presídios
Turismo ecológico
Encontro aborda aspectos da educação ambiental no turismo do Pantanal
Direito à saúde
DPU assegura que imigrantes sejam incluídos na fila de transplantes

Mais Lidas

10 vagas em MS
Inscrições estão abertas para concurso da Caixa com três vagas em Corumbá
Confirmado
Dupla sertaneja Henrique e Diego é a principal atração cultural do FIPEC 2024
Bombeiros
Acidentes de trânsito fazem quatro vítimas nesta manhã em Corumbá
27 vagas
Inscrições para concurso de professores da UFMS seguem abertas até 7 de março