Menu
sexta, 05 de março de 2021
Geral

Governo volta atrás e adia início das aulas da Rede Estadual para 29 de fevereiro

27 janeiro 2016 - 12h01Gesiane Medeiros
O ano letivo dos alunos matriculados na Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul (REE), nos 79 municípios, vai começar em 29 de fevereiro. A data foi definida nesta terça-feira (26) após reunião entre representantes do Governo do Estado e a Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), feita na governadoria. Conforme divulgado pela governadora em exercício do Estado, Rose Modesto, e pela secretaria de Estado de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta, os professores retornarão ao trabalho dias antes dos alunos, precisamente em 22 de fevereiro. “O Governo do Estado não vai medir esforços para que os estudantes tenham garantidos os seus direitos, assim como os professores”, descreveu a governadora em exercício. A mudança do início do ano letivo atende pedido de prefeitos do Estado, por meio da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul). Segundo eles, as aulas poderiam ser prejudicadas em municípios onde foram decretadas situações de emergência, já que esses locais ainda sofrem com os estragos das chuvas que atingem Mato Grosso do Sul desde o final de 2015. O presidente da Fetems, Roberto Botarelli, aprovou a alteração da data porque alunos não serão prejudicados. “A nossa proposta era manter o início do ano letivo em 15 de fevereiro, mas o fato de a mudança não impor sábados letivos deixa a situação favorável. Isso porque a maioria dos alunos não costuma ir às aulas nos sábados. Então, tendo aulas só de segunda a sexta-feira mantém a qualidade da educação”, disse. Com a mudança, o encerramento do ano letivo deve ocorrer em 18 de dezembro.   Vitória Além de informar a alteração do início do ano letivo, a governadora Rose Modesto anunciou que o Estado fará uma folha de pagamento complementar em 15  de março para pagar os salários de professores convocados que começam a trabalhar em 22 de fevereiro. “Essa é uma reivindicação antiga da Fetems que foi atendida. Antes, os professores começavam a trabalhar em fevereiro para receber em abril. Essa mudança é uma vitória para nós”, comemorou Botarelli. A secretária Maria Cecília  e o secretário de Estado de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, também divulgaram que 500 novos professores concursados serão convocados para o trabalho entre 22 e 29 de fevereiro. Outros 300 novos profissionais da área administrativa também serão chamados para o trabalho nas escolas, sendo que as convocações vão acontecer entre 15 e 22 de fevereiro. Além de Rose, Maria Cecília e Carlos Alberto, também participou da reunião o secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel.         Texto Notícias MS   

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM COVID
O mês começa com média de 6 mortes por Covid a cada 24 horas
SAÚDE
MS é o estado que mais aplicou as duas doses da vacina contra a Covid-19
GERAL
Ministério Público denuncia servidores de Ladário por corrupção passiva
GERAL
Bombeiros continuam buscas por homem desaparecido na região do Paiaguás
CONSUMIDOR
Vereador pede relatório ao Procon sobre processos, multas e empresas penalizadas em 2020
ESPORTE
Fluminense estreia no Carioca de olho na final da Copa do Brasil
ECONOMIA
Governo adia para dia 31 reinício de bloqueio e suspensão de benefício
OPORTUNIDADE
Máscara + Renda já beneficiou mais de 1.900 costureiras em todas as regiões do país
RECONHECIMENTO
Câmara vai prestar homenagem às corumbaenses pelo Dia Internacional da Mulher
ACIDENTE DE TRÂNSITO
Colisão de carro e moto deixa mulher ferida no Maria Leite

Mais Lidas

GERAL
Ministério Público denuncia servidores de Ladário por corrupção passiva
POLICIAL
Adolescente infratora é presa no bairro Maria Leite
ACIDENTE DE TRÂNSITO
Colisão de carro e moto deixa mulher ferida no Maria Leite
GERAL
Bombeiros continuam buscas por homem desaparecido na região do Paiaguás