Menu
quarta, 21 de abril de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

GAAA vende kit e organiza bazar para angariar verba em prol dos animais abandonados

19 janeiro 2016 - 14h09Gesiane Medeiros
O ano começou com novidades no Grupo de Apoio a Animais Abandonados de Corumbá (GAAA), com o objetivo de obter verba para campanha de castração de cães e gatos, o grupo está organizando bazares beneficentes, com venda de produtos doados. São roupas, brinquedos, sapatos e bijus, novas ou usadas, porém em boas condições, vendidas a preço baixo, mas que possui um grande valor social. Valéria Curvo, diretora do grupo, visitou a redação do Capital do Pantanal nesta terça-feira (19), e afirmou que os planos são de realizar pelo menos dez bazares por ano, “a venda de produtos doados é uma ótima solução, porque obtemos 100% de lucro”, confirma Valéria. No último sábado (16), aconteceu o primeiro evento de vendas, e mesmo com a chuva, Valéria se mostrou contente com o resultado, “conseguimos R$ 350, um valor que será usado com responsabilidade”, afirma a diretora. A campanha de castração, é uma bandeira levantada pelo GAAA, na tentativa de diminuir a população de animais de rua abandonados. Além do procedimento cirúrgico, a verba obtida também é utilizada para consultas veterinárias, medicamentos, compra de rações entre outras necessidades. Ao todo o grupo possui parceria com sete médicos veterinários, que cobram valores simbólicos para o atendimento. Para quem deseja comprar no bazar, o próximo acontece neste sábado (23), na rua Major Gama, n° 295, de 9h às 14h. No mesmo endereço, também é possível realizar doações. Kit GAAA Além do bazar o GAAA montou kits, com calendário de mesa e parede, caneca, chaveiro e adesivo do grupo, comercializados a R$ 30,00. Para adquirir o seu basta entrar em contato com Valéria pelo página do grupo no Facebook. Campanha para doação de ração Outra campanha realizada pelo grupo é para doação de ração, muitos animais são encontrados desnutridos, e precisam urgente de alimento. O GAAA recebe doações durante todo o ano, seja para gatos ou cães, sem critério de marca ou quantidade. Quem desejar ajudar, procure por Carmem Gabriela, através da página “Para todas as raças de Corumbá e Ladário” no Facebook. Próximo evento O lanche e desfile de cães realizado pelo grupo no final do ano passado, foi um sucesso, e o deste ano já está sendo organizado. Ainda esta semana, Valéria prometeu novidades quanto aos acertos, “ao que tudo indica, acontecerá no Ygarapé Eventos, estamos torcendo para que a parceria dê certo, é um evento importante para o grupo conseguir verba, patrocínio e parcerias”, afirma Valéria Curvo. Formas de contato Quem deseja ser um voluntário do GAAA, basta entrar em contato com Valéria Curvo, diretora do grupo, através das seguintes formas: Facebook: https://www.facebook.com/groups/654622457948074/?fref=ts Whatsapp: (67) 9985-8382 Blog: www.grupodeapoioaanimaisabandonados.blogspot.com.br        

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Sugerida utilização de sobras de vacina para imunizar pessoal de funerárias e da limpeza pública
COVID-19
Vereador reforça a necessidade de imunizar gestantes contra o coronavírus
GERAL
Justiça Eleitoral realizará live sobre segurança da urna eletrônica e processo eleitoral no dia 28
GERAL
Brasília completa 61 anos e encara o desafio da maturidade
GERAL
Vereador solicita recuperação da 21 de Setembro, após intervenções da Sanesul
CIDADE
Vereador pede sinalização adequada para evitar mais acidentes na Colombo com a Ladário
POLÍTICA
Governo lança plano de promoção da agricultura de baixo carbono
POLÍTICA
Câmara aprova projeto de lei que torna escolas serviços essenciais
GERAL
Matrícula para curso de medicina da UEMS pode ser feita até dia 26 de abril
MUDANÇAS NO CTB
Nova Lei abranda infração para motociclistas sem viseira ou óculos de proteção

Mais Lidas

GERAL
Corumbá perde dez leitos na UTI Covid por falta de cadastro
POLICIAL
PRF apreende 665 Kg de maconha e 75 Kg de skunk em MS
GERAL
Homem é preso por porte de drogas no Cravo Vermelho
POLICIAL
'Deu branco e não vi', diz homem que atropelou ex e o próprio bebê em MS