Menu
quinta, 06 de maio de 2021
Governo - O Estado que cresce - Maio
Geral

FIEMS reforça importância dos incentivos fiscais para atração de novas indústrias

09 junho 2018 - 08h46Kamilla Marques

Na cerimônia de inauguração da fábrica de proteínas de soja da ADM (Archer Daniels Midland Company), realizada nesta sexta-feira (08/06), no Núcleo Industrial Indubrasil, em Campo Grande (MS), o presidente da Fiems, Sérgio Longen, reforçou a importância da política de incentivos fiscais de Mato Grosso do Sul para a atração de novos empreendimentos para o Estado, que foi elaborada com apoio da Federação.

“Com apoio e sugestões da Fiems, o Governo do Estado hoje oferece uma política de benefícios fiscais muita arrojada, que nos deixa bastante à vontade para apresentar Mato Grosso do Sul a empresários de fora para que aqui se instalem. A ADM é um exemplo de indústria que veio para o Estado graças à concessão de benefícios fiscais e, agora, com essa expansão de suas atividades, também devido aos incentivos do Governo, vai agregar valor à soja sul-mato-grossense, fabricando proteína dessa oleaginosa para atender a indústria de alimentos nacional e internacional”, afirmou Longen.

O empreendimento, segundo o Governo do Estado, contou com contratação de R$ 274 milhões feita pela ADM junto ao Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO), a primeira concretizada para Mato Grosso do Sul. A indústria já operava na Capital no processamento de soja e produção de óleo do grão e, com o funcionamento da nova fábrica, o Estado passará a ter a maior indústria de proteínas de soja da América Latina.

Ao todo são 25 mil m², onde funcionará a unidade de produção de proteína de soja isolada e texturizada para fabricação de alimentos naturais e funcionais, hambúrgueres, salsichas, nuggets, cereais, sucos, entre outros produtos da indústria alimentícia e de bebidas. A nova unidade da ADM gerou 140 novos postos de trabalho e já opera com quase 100% da capacidade, que é de 50 mil toneladas de proteína de soja por ano.

Impostos por empregos

O governador Reinaldo Azambuja reforça que a expansão da ADM é fruto das políticas de incentivos do Estado. “Trocamos impostos por emprego. Você fortalece a economia local e principalmente gera oportunidades de agregar valor as matérias primas produzidas no Estado. Tivemos maturidade para, junto da Fiems e Assembleia Legislativa, construir a melhor política de incentivos fiscais do Brasil, uma política clara e transparente, e de um resultado totalmente eficaz, que fez o Estado ser um dos que mais gerou empregos, 12 mil somente no cadeamento do setor industrial”, exemplificou.

Segundo o presidente da ADM América do Sul, Domingo Lastra, a proteína de soja fabricada em Mato Grosso do Sul servirá de base para a indústria alimentícia mundial. “Vamos exportar 30% do produto, com foco nos países da América Latina, mas também da África do Sul, Arábia Saudita e Grécia. Os outros 70% vão ficar no Brasil, um mercado que cresce constantemente”, disse. O presidente da ADM Nutrition na América Latina, Roberto Ciciliano, acrescentou que a alimentação funcional cresce cada vez mais. “A busca por produtos mais saudáveis é crescente e, por isso, estamos em busca de produtos inovadores e que sejam bem aceitos por este público”, comentou.

Já o secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, destacou que a nova planta agrega valor à principal commodities do Estado: a soja. “O Estado tem, juntamente com a Fiems, a clareza de que só crescemos a medida de que mais indústrias investem aqui, mais empregos e riquezas são geradas aqui”, acrescentou.

Representando a Assembleia Legislativa, o deputado estadual Paulo Corrêa, presidente da Comissão de Indústria, Turismo e Comércio da Casa de Leis, também destacou a contribuição da bancada estadual para o desenvolvimento da industrial local. “A Assembleia Legislativa apoia um fundo de apoio a indústria, possibilitou o acesso aqui asfaltado e aprovou a doação do terreno para a expansão, que foi doado pelo Estado. Esta fábrica é de suma importância para a cadeia da soja, nós estávamos produzindo só o grão e agora processamos e geramos proteína de primeira qualidade usados para o alimento do mundo inteiro”, disse.

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, também destacou o papel do Executivo municipal, que, por meio do Prodes (Programa de Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande), também incentiva a instalação de empreendimentos. “Estivemos várias vezes reunidos com presidente da Fiems, Sergio Longen, que sempre nos acolher e recepcionou, e encontramos um bom termo para melhoria do Estado e da nossa cidade”, reforçou.

Repercussão

O diretor-corporativo do Sistema Fiems, Cláudio Jacinto Alves, comentou a atuação da Federação para a atração de novas indústrias e investimentos para o Estado. “A Fiems tem como uma das suas bandeiras de atuação a busca pela expansão da concessão de incentivos fiscais e a liberação de recursos junto ao FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) para fomentar o crescimento do Estado e a geração de emprego e renda”, garantiu.

O Senai, por exemplo, pode atender à empresa por meio do Instituto Senai de Tecnologia Alimentos (IST Alimentos), localizado em Dourados, avaliou o diretor-regional Rodolpho Mangialardo. Os laboratórios do instituto elaboram pesquisas e produtos inovadores na área de alimentos. “Temos um trabalho forte, que inclusive já é realizado junto à ADM e, com essa expansão, temos a possibilidade de desenvolver novas tecnologias para dar suporte em diversas áreas”, pontuou.

Também na linha de inovações e soluções para ampliar a competitividade da indústria, o superintendente regional do Sesi, Bergson Amarilla, citou os serviços do recém-inaugurado Centro de Inovação do Sesi, localizado na Capital, para atender as demandas da ADM. “O Centro de Inovação passa a ser um parceiro da ADM na composição de serviços inovadores na área de saúde e segurança do trabalho e outros projetos que venham a convergir com essa expansão da fábrica”, salientou sobre o espaço, cuja linha de atuação são os Sistemas de Gestão em Saúde e Segurança do Trabalho.

Superintendente do IEL, José Fernando Amaral também destacou o papel do instituto para auxiliar a ADM e outras empresas do Estado. “O IEL tem estagiários aqui na ADM e estamos sempre presentes quando somos solicitados pelas empresas”, pontuou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
MS recebe 50,5 mil doses da Astrazeneca do Ministério da Saúde
GERAL
PMA de Corumbá recebe doação de viatura da Vale para uso na fiscalização no Pantanal
SAÚDE
Prefeitura leva atendimento médico de rotina para o Porto Esperança
POLICIAL
Jovem é preso com 483 unidades de maconha no Cristo Redentor
POLICIAL
PMA apreende mais três tigres d'água em chácara
COVID-19
Vereador reforça necessidade de imunizar trabalhadores do CAC contra a Covid
ECONOMIA
Trabalhadores nascidos em maio podem sacar auxílio emergencial
POLICIAL
PRF apreende mais de 1,5 tonelada de maconha em MS
CIDADE
Vereador solicita informações sobre estágio de projeto de reforma do antigo mercadão
SEMANA NACIONAL DAS COMUNICAÇÕES
Wi-Fi Brasil leva internet a mais de 13 mil pontos remotos do país

Mais Lidas

POLICIAL
Assaltante é preso em flagrante no bairro Popular Velha
CONTRABANDO
PRF apreende carga com prata na BR 262 avaliada em 2 milhões de reais
EDUCAÇÃO
Senac oferece desconto de 30% em cursos EAD em diversas áreas
APOIO A SAÚDE
Vale inicia nova parceria na região com o projeto Ciclo de Saúde Pantanal