Menu
quinta, 16 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Famílias podem acolher intercambistas do IFMS

23 agosto 2018 - 09h42Kamilla Marques

Receber pessoas de outros países por um tempo determinado, possibilitando a troca de experiências culturais e o aprimoramento da fluência em uma língua estrangeira. Esses são alguns dos objetivos do Programa Família Acolhedora do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS).

O programa consiste em cadastrar famílias voluntárias para que recebam em suas residências os chamados intercambistas, estudantes, professores ou pesquisadores vinculados a instituições estrangeiras que vierem estudar ou trabalhar em qualquer um dos dez campi ou na reitoria do Instituto Federal.

Qualquer família residente no Estado pode se cadastrar, porém a prioridade são servidores, estudantes e/ou famílias de estudantes do IFMS que atendam aos requisitos.

Para participar, a família acolhedora deve ter disponibilidade afetiva e financeira, convivência familiar estável e estrutura propícia para hospedagem.

Cadastro - Deve ser feito por meio do preenchimento e envio de formulário online.

Além de informar os dados pessoais, o responsável pelo acolhimento deverá responder a perguntas sobre a residência como, por exemplo, número de moradores, se há crianças, a distância até a unidade do IFMS, quais as linhas de ônibus disponíveis, se há fumantes e/ou animais domésticos, e se o intercambista terá um quarto individual.

O responsável também deve informar se tem disponibilidade para receber um ou dos intercambistas e por quanto tempo. Ao final, é preciso anexar os arquivos do documento de identificação com foto e do comprovante de endereço.

Os cadastros serão avaliados pela Comissão para Recepção de Intercambistas, que será formada preferencialmente por servidores da Assessoria de Relações Internacionais (Asint), Pró-Reitoria de Ensino (Proen), Núcleos de Gestão Administrativa Educacional (Nuged) e auxiliares da Asint nos campi.

As famílias aprovadas deverão assinar um termo de compromisso com o IFMS.

Responsabilidades - O programa define que a família acolhedora deve custear a estadia e a alimentação do intercambista no período de acolhimento preestabelecido entre as partes.

O visitante estrangeiro tem as responsabilidades de arcar com as passagens aéreas de ida e volta, seguro-viagem, despesas com passaporte e vistos, além dos gastos não previstos pela família acolhedora durante o intercâmbio.

O intercambista também deve manter o ambiente doméstico organizado e limpo, e contribuir financeiramente com as despesas da casa ou de eventos, respeitando o que foi previamente acordado com a família.

Os processos de inserção do estrangeiro na família acolhedora e no IFMS serão acompanhados pela Comissão para Recepção de Intercambistas, de acordo com as regras do programa.

Programa - Foi elaborado conjuntamente pela Pró-Reitoria de Extensão (Proex) e Assessoria de Relações Institucionais (Asint), e aprovado pelo Conselho Superior do IFMS por meio da Resolução nº 031, de 3 de agosto de 2018.

Programa Família Acolhedora e o acesso ao formulário online de cadastro estão disponíveis na página do programa.

Para mais informações, o contato deve ser feito pelos e-mails [email protected] ou [email protected].

Texto originalmente publicado em http://www.ifms.edu.br/noticias/familias-podem-acolher-intercambistas-do-ifms.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bodoquena
Assentamento é multado em R$ 60 mil por incêndio no Pantanal
Ambiente Competitivo
MS é o quarto estado que mais dispensa alvarás e licenças; afirma Fecomércio
Sustentabilidade
MS vai ganhar uma nova usina de energia solar em 2022
Imunização
Mato Grosso do Sul recebe mais 85.240 doses de vacina contra a Covid-19
"Branca Pura"
Operação apreende 47 quilos de cocaína; carga é avaliada em R$ 650 mil
Campo Grande
Tesouro Nacional reprova administração do prefeito Marquinhos Trad e secretário
Saúde
Campanha alerta que família tem palavra final na doação de órgãos
Economia Nacional
Governo encaminha ao Congresso plano de redução de benefícios fiscais
Criminoso
Polícia investiga incêndio na ponte do Saran na Estrada Parque
Conscientização
Abertura da Semana Nacional de Trânsito acontece dia 18 em Corumbá

Mais Lidas

Sem Transparência
Contas da Santa Casa continuam na mira de investigação do legislativo
Mudança no Tempo
Vento forte derrubou duas árvores em Corumbá
Evento
17º Amistoso da Diversidade é neste sábado (18) no Centro América
Imunização
Veja quem pode se vacinar nesta quarta (15) em Corumbá