Menu
terça, 26 de outubro de 2021
Cassems - Melhores e Maiores - Edição 2021
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Ex-garçom é apontado como principal suspeito pelo assassinato de Liane Arruda

13 julho 2020 - 08h54Redação

Fontes do site Capital do Pantanal apontam que imagens extraídas do CPU encontrado dentro do carro de Liane Arruda de 51 anos, que foi encontrada morta neste domingo (12), mostram um x-garçom da Espeteria Darmanceff na cena do crime, o que o coloca na posição de principal suspeito do latrocínio. O carro da vítima foi abandonado pelos criminosos em rua do bairro Aeroporto, na região central de Corumbá, e o equipamento que armazena imagens das câmeras de segurança do local, foi esquecido no veículo pelos autores. O ex-funcionário visto nas imagens com outros dois comparsas é conhecido pelo nome de Cebolinha, tem 32 anos e estaria fugido da cidade. A polícia agora corre contra o tempo para localizar o assassino, que em sua atualização mais recente no Facebook, indica uma mudança de endereço para a Capital do Estado, Campo Grande, em 13 de junho.

Liane era elogiada por funcionários. Foto: Reprodução Rede Social

A morte de Liane Arruda, proprietária da Espeteria Darmanceff, localizado na Rua Major Gama, região central de Corumbá, aconteceu entre a noite de sábado (11) e a madrugada de domingo (12). A comerciante era bastante conhecida na cidade, mantinha bom relacionamento com funcionários e não havia relato de inimizades.  Delegado da Polícia Civil responsável pelo caso, Dr. Willian Rodrigues, segue a linha de latrocínio, roubo seguido de morte, já que o cofre que a vítima mantinha dentro de seu quarto foi encontrado aberto e sem qualquer valor, dinheiro também foi levado da bolsa de Liane e da caixa registradora do restaurante. O assassino também levou o carro, modelo Fox de cor preta, que foi abandonado no final da rua América.

Possíveis comparssas de Cebolinha no Latrocínio, ainda não tiveram nomes divulgados. Foto: Reprodução Rede Social 

No carro, a perícia da polícia civil localizou sangue próximo a maçaneta da porta do motorista, garrafas de bebida alcóolica e cocaína. Liane foi amordaçada e morreu com oito perfurações no pescoço, sendo quatro de cada lado. 

O crime teria sido planejado por Cebolinha, garçom que aproveitou das informações que tinha como ex-funcionário,  como a existência e localização do cofre para definir os passos do roubo. Geralmente o plano é roubar e fugir, porém algo pode ter ocorrido de errado e gerado a morte de Liane. O site Capital do Pantanal não descarta as hipóteses do cofre está vazio, o que teria deixado os bandidos muito nervosos, ou do mentor do crime ter sido reconhecido pela ex-patroa, o que não o daria outro caminho além de matá-la para não ser encriminado.

O nome de Cebolinha é levantado em diversos grupos de WhatsApp pela cidade, todos questionam o paradeiro do susposto mentor do crime.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Nova Corumbá
Foragido é preso com diversos itens suspeitos na mochila
Presente Inesperado
Policiais Militares de Corumbá fazem surpresa em aniversário de criança que sonha em ser PM
Reivindicação
Vereadores pedem retorno das aulas presenciais na Rede Municipal
Representatividade
Sancionada Lei que institui o Prêmio Zumbi dos Palmares em Corumbá
Péssimas Condições
Morte de motorista na BR 262 é mais um alerta para o perigo do tráfego na rodovia
Campo Grande
Casa Rosa: atendimento integrado contra o câncer de mama inaugura em novembro
Ainda sem data
Problemas na aeronave do Exército suspende vacinação contra Covid no Taquari
R$ 9,3 milhões
Cinco bairros são beneficiados por obras no saneamento em Ladário
Parceria
Projetos do IFMS irão transferir tecnologia a escolas públicas
Investimento em Educação
MS recebe mais de R$ 4 milhões do governo federal para expandir Ensino Médio em tempo integral

Mais Lidas

Denúncia
Sem resposta, passageira recorre a rede social para reclamar da Buser
Acidente
Rapaz sofre fraturas após ser atropelado na saída da quermesse em Ladário
Mundo Novo
Jovem é preso por disparos e porte ilegal de arma de grosso calibre
Procurados
Membros do PCC presos na fronteira com MS são entregues à polícia brasileira