Menu
sábado, 13 de abril de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Estudo da UFMS aponta que Covid continua em ascensão na cidade de Corumbá

25 agosto 2020 - 10h14Gesiane Sousa com informações da Ascom UFMS

Segundo relatório Técnico da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), que analisa os indicadores e indices de morbimortalidade da Covid-19 na macrorregião de Corumbá, com base nos números das semanas epidemiológicas 31 e 33, a cidade ainda não atingiu o nível de estabilidade da pandemia. Continua em alerta número 4 com aumento preocupante no número de mortes entre 1º e 15 de agosto.

O estudo coordenado por professores, técnicos e estudantes da UFMS, Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), mapeia a situação da pandemia da Covid-19 nas cidades de Corumbá e Ladário, desde quando a Organização Mundial de Saúde (OMS), decretou o estado de epidemia mundial, em março desde ano. Este é o terceiro relatório divulgado.

No documento, foi constatado que houve variação de 225% em relação aos óbitos, na primeira quinzena de agosto. A taxa de letalidade em Corumbá chegou a atingir 3,8%, recebendo o status de uma das maiores do Estado. Os indices de morbimortalidade também preocupam, são de 3,5% para Corumbá e 1,74% para Ladário. As cidades fazem fronteira com a Bolívia, onde há aproximadamente 170 mil habitantes somente na região fronteiriça, essa população também é atendida pelo único Hospital Público de Corumbá, que fica sobrecarregado e busca meios de atender a todos com qualidade.

Pesquisadores evidenciam que no Brasil “não há testagem massiva e que, embora apresente um registro de casos confirmados significativo, não reflete a realidade, senão, aproximadamente 20% dela. Cumpre salientar que apesar da elevação do número de teste rápido na macrorregião de Corumbá para 200 por semana, ainda tem-se baixa dimensão do quanto a doença atinge a população. E chama atenção o fato de Corumbá apresentar a maior taxa de positividade para os testes os rápidos, entre as quatro macrorregiões de saúde do estado”.

Até 19 de agosto, as quatro macrorregiões do Estado haviam testado, por meio de teste rápido, os seguintes números:  Campo Grande havia testado 6.265 pessoas com 286 positivos (4,6%); Dourados testou 3.924 com 477 positivos (12,2%); Três Lagoas testou 1.180 com 65 positivos (5,5%) e Corumbá testou 1.574 com 306 positivos (19,4%).  

Um dos alertas feitos pelo estudo se refere as medidas de restrição adotadas pelo comércio, segundo pesquisadores, apesar do apelo do setor produtivo para retomada da economia, eles destacaram que países que obtiveram bons resultados no enfrentamento do vírus, adotaram medidas duras para impedir o avanço da doença.

Boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (25) pela secretaria de saúde municipal, Corumbá tem 2.271 casos confirmados, sendo 2.042 recuperados e 82 mortes.  

Tenha acesso ao relatório na íntegra pelo link.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Destaque
Referência mundial em prevenção e combate aos incêndios florestais, Prevfogo completou 35 anos
Carreira
Cerca de 40 mil bacharéis em direito participam do ENAM neste domingo
Ação de Cidadania
Equipe técnica visita o Alto Taquari para planejar realização do Juizado Itinerante em junho
Destaque
Alunos de MS são premiados em terceiro lugar em desafio internacional de programação
Meio Ambiente
Lançado em 2023, SIFAU auxilia Mato Grosso do Sul na identificação de áreas para queima prescrita
Cidade
Vítima de ferimento por faca é destaque no plantão dos Bombeiros
Pacto de Cooperação
Governo e Sebrae/MS vão fomentar o empreendedorismo indígena em no estado
Evento
Turismo de MS leva capacitação, gastronomia pantaneira e lançamentos à 11ª WTM Latin America
Mercado Internacional
MS quintuplica potencial de abate e exportação de carne bovina para a China
Concretagem
Ponte fecha às 17 horas de hoje e reabre às 5h de domingo (14)

Mais Lidas

Morte à Esclarecer
Idoso é encontrado morto com marcas de mordidas de cachorro em Corumbá
Últimas 24 horas
Incêndio em casa no centro é destaque no plantão dos Bombeiros
Qualificação
Cursos técnicos com alta demanda no mercado são opções de qualificação no Senac Corumbá
Decisão Judicial
Ribeirinhos são despejados de terras no Morrinho