Menu
sexta, 22 de janeiro de 2021
Andorinha Janeiro/Fevereiro
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Estado repassa mais de R$ 125 milhões ao setor de saúde em MS

19 março 2019 - 09h49Portal do MS

O Governo do Estado já repassou mais de R$ 125 milhões para o setor de saúde dos 79 municípios sul-mato-grossenses, desde o dia 1º de janeiro de 2019. A medida cumpre determinação do governador Reinaldo Azambuja ao secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, com o objetivo de colocar em dia e regularizar os repasses de recursos em todas as parcerias com as administrações municipais.

Entre os recursos priorizados estão os pagamentos de serviços médicos, odontológicos e hospitalares prestados por instituições que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS), como hospitais, e aos municípios. Também se destacam as transferências Fundo a Fundo, feitas às administrações municipais.

“Vejo no governador a vontade firme de, junto conosco, dar um novo perfil para a saúde pública de Mato Grosso do Sul, com a regularização de repasses de recursos e aplicação de modernas técnicas de gestão. Desta forma, estaremos ajudando os municípios a estruturarem a rede básica, e naqueles que são polos regionais de saúde, a assistência hospitalar de média e alta complexidade”, explica Geraldo Resende.

Como exemplo dos pagamentos feitos com prioridade está o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS), que efetuou, no final de fevereiro, repasses a fornecedores da ordem de R$ 7,2 milhões. Na semana passada, foram pagos mais R$ 1,2 milhão. No total, essa instituição hospitalar recebe investimentos mensais da ordem de R$ 25 milhões.

Regionalização

De acordo com o secretário, além de colocar as finanças em dia, outra ferramenta que está sendo implementada visando a melhoria da saúde pública em Mato Grosso do Sul é o Plano Diretor de Regionalização (PDR), que vai descentralizar o atendimento e leva-lo para mais próximo dos cidadãos.

Para tanto, o Governo vai realizar um levantamento que dirá a vocação de cada município e, a partir daí ajudar as administrações municipais a se estruturarem, seja em instalações físicas, equipamentos ou em material humano.

A regionalização será implantada a partir do Plano Estratégico da Secretaria de Estado de Saúde (SES), numa outra vertente do Proadi/SUS, esta, porém, realizada pelo hospital alemão Oswaldo Cruz, uma das instituições hospitalares de maior credibilidade no País, com expertise na área de gestão.

No dia 15 de março, um técnico da instituição esteve na SES fazendo a apresentação do Programa. Segundo o secretário Geraldo Resende já houve adesão, tendo início os levantamentos e estudos comecem para que o planejamento possa começar a ser aplicado ainda neste primeiro semestre.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Chuva acima da média histórica desabriga famílias
SAÚDE
Em quatro dias, mais de 11 mil pessoas foram vacinadas contra Covid-19 em Mato Grosso do Sul
COVID-19
Mais de 30 mortes por coronavírus são registradas em apenas um dia no Estado
Denúncia
Mato, esgoto estourado e lixo tomam conta de Ladário
UTILIDADE PÚBLICA
Sanesul informa que poderá faltar água no bairro Jardim Aeroporto e imediações
Meio Ambiente
Em liberdade e monitorada: onça resgatada em incêndio do Pantanal é devolvida à natureza
POLICIAL
PM prende homem com mandado de prisão após ocorrência de furto de moto no Cristo Redentor
PRORROGADO TOQUE DE RECOLHER
Toque de recolher é prorrogado em Mato Grosso do Sul
EDUCAÇÃO
Enem 2020 tem novidades em acessibilidade
ESQUEMA DE COMBUSTÍVEL
PRF flagra esquema de furto de combustíveis e condutor entregou óleo diesel em Corumbá

Mais Lidas

OPORTUNIDADE
Senai de Corumbá está com vagas abertas para cinco cursos técnicos presenciais e EAD
GERAL
Índios guatós comemoram chegada de internet em aldeia no Pantanal
GERAL
Desconto em cursos do Senac Corumbá vai até o dia 31 de janeiro
MEIO AMBIENTE
Serviço Geológico do Brasil divulga prognóstico para cheia na bacia do rio Paraguai