Menu
terça, 21 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Especialistas veem na energia fotovoltaica oportunidades para desenvolvimento na agricultura familia

03 dezembro 2020 - 10h00Portal de Notícias do Governo de MS

Uma parceria entre o IFMS (Instituto Federal de MS), a Agraer (Agência Estadual de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), órgão vinculado à Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), e a Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste, permitirá um avanço no alcance da energia fotovoltaica nas propriedades de agricultura familiar em Mato Grosso do Sul.

As instituições realizam uma capacitação para os técnicos da Agraer sobre as vantagens deste tipo de energia que é mais sustentável e econômica que a tradicional. “A intenção é capacitar esses técnicos para levar as chamadas placas solares para os agricultores familiares. A tecnologia é viável economicamente e ajuda a solucionar problemas básicos como o bombeamento de água, irrigação, acionar cerca elétrica, câmaras de videomonitoramento, entre outros”, explica o diretor-geral da IFMS, professor doutor Dejahyr Lopes Junior.

De acordo com o diretor-executivo da Agraer, Fernando Nascimento, o objetivo é que as equipes técnicas possam levar aos agricultores familiares e aos demais interessados informações técnicas qualificadas sobre a viabilidade de investir num sistema dessa natureza para fazer frente às atividades que necessitam de energia elétrica numa propriedade rural.

“O consumo de energia fotovoltaica, comumente chamada de energia solar, cada vez mais desperta o interesse no meio rural, devido ao maior uso de energia para geração de energia mecânica para as atividades produtivas, além do custo elevado da energia elétrica distribuída pelas concessionárias. Estamos certos de que esse treinamento possibilitará aos nossos técnicos os conhecimentos necessários para orientar os produtores a tomarem a melhor decisão quanto investir, ou não, nesse sistema”, finalizou Nascimento.

Para a diretora de Pesquisa, Extensão e Relações Internacionais do IFMS/Campo Grande, Marilyn Aparecida Errobidart de Matos, a parceria proporciona a disseminação de conhecimento. “A capacitação leva conhecimento técnico e tecnológico do IFMS para a Agraer, com recursos do Sudeco, e os técnicos são os multiplicadores para a agricultura familiar”.

Sobre o curso

O curso oferecido pelo IFMS conta com 50 participantes, da Agraer e da Semagro, composto por seis módulos, sendo cinco teóricos e um prático. O conteúdo começou a ser ministrado na segunda-feira (30/11) e devem ser concluídas em março de 2021. As aulas serão on-line, duas vezes por semana, com duração de 1 hora e 30 minutos. A coordenação está sob a responsabilidade do professor mestre David Denner Dias Quinelato.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Brasil quer atrair mais investimentos privados, diz presidente na ONU
21 de setembro
Incêndios continuam e Corumbá não tem motivo para celebrar o dia da árvore
Mudança no prazo
Saúde mantém vacinação para adolescentes em MS
Dados Estatísticos
Índices de criminalidade apresentam queda em Mato Grosso do Sul
Limpeza
Nos dias 22 e 23 tem ação de combate à dengue no bairro Cravo Vermelho
Evento Virtual
Semana Temática do Empreendedorismo acontece nos dias 28, 29 e 30 de setembro
Crime
Concen pede ação da Polícia Civil no combate ao furto de fios de energia em MS
Maratona
Prorrogadas inscrições para o Hackathon IFMS
Naviraí
Casal preso por tráfico de aves silvestres recebe multa de R$ 2,5 milhões da PMA
243 anos
Corumbá celebra aniversário com retomada de desenvolvimento

Mais Lidas

Denúncia
Bar é fechado e proprietário é multado em R$ 5 mil por poluição sonora
Fronteira
Mulher presa com "cinturão de cocaína" receberia R$ 1.500 pela travessia
Oportunidade
Senac Corumbá abre inscrições para cursos na área da saúde
Tempo
Primavera terá La Niña de fraca intensidade, chuvas abaixo da média e muito calor