Menu
sexta, 22 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Em uma semana, 38 municípios de MS não tiveram mortes por covid-19

22 julho 2021 - 09h41Portal do Governo

Com a ampliação da vacinação e as medidas de restrição, em uma semana 38 municípios de Mato Grosso do Sul não tiveram registros de mortes por causa da covid-19. Os dados refletem o cenário de queda dos casos, internações e redução da taxa de contágio da doença no Estado. 

Este levantamento é de 14 a 21 de julho. Entram nesta lista os municípios de Alcinópolis, Anaurilândia, Bandeirantes, Brasilândia, Caarapó, Caracol, Corguinho, Camapuã, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Fátima do Sul, Figueirão, Iguatemi e Itaporã, Japorã, Jateí e Jaraguari. 

Além das cidades de Juti, Laguna Carapã, Nioaque, Novo Horizonte do Sul, Nova Alvorada do Sul, Paraíso das Águas, Porto Murtinho, Rio Brilhante, Rochedo, Rio Negro, Santa Rita do Pardo, Sete Quedas, Sidrolândia, Selvíria, Sonora, São Gabriel do Oeste, Tacuru, Taquarussu e Vicentina. 

Os outros 41 municípios do Estado tiveram ao menos um óbito devido a doença neste mesmo período. O levantamento é referente aos boletins divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) nestes últimos sete dias. 

Este quadro positivo reflete na queda de mais de 50% das mortes e casos de covid no Estado em comparação ao mesmo período do mês anterior. A taxa de contágio do vírus que ultrapassou 1,0 em junho, agora está em 0,84. 

“Estamos conseguindo conter a expansão da doença, mas precisamos ficar atentos porque várias partes do mundo também tiveram esta queda, no entanto já houve um aumento de casos significativos nas últimas semanas”, ponderou o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende. 

Medidas 

Para os infectologistas esta queda no número de casos e mortes em Mato Grosso do Sul se deve as medidas de restrição feitas em junho e o aumento da vacinação no Estado. 

“A imunização tem papel fundamental neste cenário, pois além de reduzir os casos graves, internações e óbitos, reduz a circulação viral", descreveu a médica infectologista Andyane Freitas Tetila. 

Sobre a vacinação, Mato Grosso do Sul é destaque nacional na aplicação da primeira e segunda dose, estando entre os primeiros colocados no ranking nacional desde quando começou a imunização no Brasil. Um dos atributos é a distribuição das doses aos 79 municípios em menos de 12 horas. 

O governador Reinaldo Azambuja também anunciou que a previsão é a vacinação de toda população acima de 18 anos no Estado até o final de agosto. Junto com isto seguem as recomendações aos municípios por meio do programa “Prosseguir”. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Trânsito
Vereador pede informações ao DNIT, sobre radares na rodovia BR 262
Tráfico de Drogas
Operação conjunta apreende mais de 5 toneladas de maconha em Ponta Porã
Dado Positivo
MS é um dos quatro estados sem registro de mortes por Covid-19 nos últimos dias
Preço Mais Justo
Agepan estuda viabilidade para reduzir taxa de abastecimento de água e esgoto em MS
Denúncia
Vereador quer saber se empresas estão cumprindo cotas para pessoas com deficiência
Serviço
Projeto de Lei propõe desconto por dia de interrupção de serviços de telefonia e internet
Retomada
TRE-MS retoma trabalho presencial no dia 3 de novembro
Imunização
Ribeiros do Taquari recebem vacina contra Covid nos dias 26 e 27
Prisão
Evadido é capturado em rondas no bairro Dom Bosco
Relatório Parcial
Operação de prevenção à incêndios completa sete meses com mais R$ 33 milhões em multas

Mais Lidas

Corumbá
Casal é levado para delegacia após bebedeira e briga
Colônia do Bracinho
Pantaneiro denuncia construção de barragem no Rio Taquari
Dois brasileiros foram presos
Denunciado por participação no roubo de aeronaves em Aquidauana é preso na Bolívia
Recurso
Vereador questiona uso do duodécimo do legislativo repassado para Santa Casa em 2020