Menu
sábado, 24 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Em reunião da Sudeco, Fiems apresenta propostas para diretrizes do FCO 2019

08 junho 2018 - 08h59Kamilla Marques

Durante reunião da Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste), realizada nesta quinta-feira (07/06), no Edifício Casa da Indústria, em Campo Grande (MS), para apresentação de diretrizes do FCO 2019, a Fiems defendeu mais investimentos em fontes de energia renováveis e carros elétricos e autônomos. De acordo com o diretor-coorporativo da Fiems, Cláudio Alves, as propostas buscam fomentar o desenvolvimento da indústria em Mato Grosso do Sul.

“Nós ouvimos empresários para saber das demandas e entendemos que o foco nas energias renováveis é o caminho, principalmente quando pensamos em Indústria 4.0, inovação e tecnologia. Considero importante uma reunião como essa para que o setor produtivo possa apresentar aquilo que entende como prioridade para que os recursos sejam destinados no que é realmente necessário para o desenvolvimento de cada região”, afirmou Cláudio Alves.

Já a diretora da Fiems, Cláudia Volpini, que também integra o CEIF-FCO (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis do FCO), considerou as propostas voltadas para a tecnologia e inovação como uma novidade com relação aos anos anteriores. “Acredito que esse é um grande salto e que estamos realmente caminhando para a evolução. E nesse sentido a indústria tem um destaque muito grande porque, embora saibamos que a tecnologia está presente em todos os setores, o setor industrial está constantemente ligado a isso. Para o ano que vem teremos mais oportunidades com relação ao FCO”, salientou.

Para o secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, que é o presidente do CEIF-FCO, a Fiems inovou nas propostas para 2019, reforçando que as energias vão ser um caminho para a indústria e por isso ela precisa ser financiada. “É uma proposição relevante, que foi acolhida por toda a diretriz e vai ser enviada na programação da Sudeco. A Federação das Indústrias trouxe essa prioridade de discutir indústria 4.0, que passa por tecnologia e inovação”, declarou.

Na avaliação da coordenadora-geral de gestão de fundos e de promoção de investimentos da Sudeco, Luciana de Barros, o momento representa uma oportunidade de escutar o setor produtivo, incrementando as contratações do FCO. “Nosso objetivo é atender todo o setor produtivo, por isso é importante ouvir as demandas. As propostas apresentadas foram bem positivas e vão de encontro com o que o mercado está pedindo, como a questão das energias renováveis. Vamos analisar caso a caso, mas entendo que aquilo que foi apresentado tem condições de ser aprovado junto ao Condel (Conselho Deliberativo de Desenvolvimento do Centro-Oeste)”, ressaltou.

O assessor empresarial da diretoria de governo do Banco do Brasil, Sinval da Mata Júnior, destacou a importância do FCO para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. “É evidente que o fundo mais uma diferença bastante significativa para o Estado quando se observa a mudança na dinâmica da economia. E o empenho do Governo do Estado e do setor produtivo nessa reunião, apresentando suas propostas, é fundamental para os bons resultados”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo
Empreendedorismo
Cinco erros que o empresário deve evitar no Marketing e Vendas
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Investigaçã
Famosos em MS, grupos de venda estão 'recheados' de produtos roubados
Saúde
Anvisa suspende estudos clínicos da Covaxin no Brasil
Sorte
Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões no sorteio deste sábado
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Tempo
Ar seco e quente pode marcar o sábado em Mato Grosso do Sul
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada

Mais Lidas

Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19