Menu
sábado, 16 de janeiro de 2021
Andorinha - campanha dezembro
Andorinha - Dezembro
Geral

Em meio a protestos, Petrobras decide reduzir preço dos combustíveis

22 maio 2018 - 10h36Campo Grande News

A partir desta quarta-feira (23), os valores do diesel e da gasolina ficarão mais baratos nas refinarias. A redução foi anunciada pela Petrobras nesta terça-feira (22) e divulgada pelo Valor Econômico. Desde ontem, os ministros da Fazenda, Eduardo Guardia, e de Minas Energia, Moreira Franco, debatiam o assunto com o presidente da Petrobras, Pedro Parente.

As constantes altas nos combustíveis motivaram caminhoneiros a bloquearem o tráfego de veículos de carga em vários trechos de rodovias nesta terça-feira (22), em Mato Grosso do Sul e em todo o poaís. As manifestações começaram ontem, com interdições de pelo menos 7 trechos no Estado.

O preço do diesel “A” nas refinarias passará de R$ 1,8835 por litro hoje para R$ 1,8578 amanhã - queda de 1,36%. Já o preço da gasolina “A” nas refinarias passará de R$ 1,6783 para R$ 1,6581 no mesmo período - queda de 1,20%.

Na segunda-feira (2), a companhia reduziu em 0,26% o preço do diesel e manteve inalterado o preço da gasolina.

A política de preços adotada a partir de julho do ano passado pela Petrobras para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras se baseia no preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais desses produtos mais os custos que os importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo, esclareceu a empresa.

Segundo ela, “a paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos”. O preço considera ainda uma margem que cobre eventuais riscos, como volatilidade do câmbio e dos preços.

Capital - Apesar dos reajustes impostos pela Petrobras durante a semana, Campo Grande tem uma das gasolinas mais baratas entre as capitais. Conforme pesquisa da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível), o preço médio desse produto na cidade é o quinto menor do país, calculado em R$ 4,05.

Nesse estudo, técnicos do órgão percorreram 88 postos em Mato Grosso do Sul entre os dias 13 e 19 de maio anotando os valores. O município perde apenas para São Paulo (R$ 4,04), Cuiabá (4,036), Florianópolis (R$ 3,937) e São Luiz (R$ 3,774). Os combustíveis mais caros estão em Rio Branco (R$ 4,86), Rio de Janeiro (R$ 4,75), Fortaleza (R$ 4,58), Salvador (R$ 4,46) e Palmas (R$ 5,45).

Deixe seu Comentário

Leia Também

EMPREGO
Eldorado Brasil oferece mais de 800 vagas para início imediato
Em Mato Grosso do Sul, são ofertadas novas posições para atuar nas unidades de Água Clara, Inocência e Selvíria
Coronavírus
Em 24 horas MS registra 1.316 exames positivos de Covid-19 e 13 mortes
CONCURSO DA PF
Polícia Federal publica edital de concurso com 1,5 mil vagas
POLICIAL
Com facada no coração, rapaz é deixado em frente padaria em cidade MS
SERVIÇOS
Em período chuvoso, saiba como receber alertas da Defesa Civil por SMS
PROCESSO SELETIVO
Sebrae abre processos seletivos com vagas na Capital e interior
São dois editais, sendo um para Pessoas com Deficiência. Salários chegam a R$ 4.802,92
ASSISTÊNCIA SOCIAL
Povo das Águas atende ribeirinhos da parte alta do rio Paraguai a partir do dia 19
TURISMO
Turismo de MS espera vacinação e já planeja duas campanhas para fomentar o setor
SAÚDE
Decreto reabre crédito de R$ 1,6 bi para aquisição de vacinas
CONCURSO PÚBLICO
Edição extra do Diário Oficial traz editais do processo seletivo para contratação de médico

Mais Lidas

POLICIAL
Homem é preso por violência doméstica no Bairro Cristo Redentor
POLICIAL
Jovem com mandado de prisão em aberto é preso no Loteamento Pantanal
CAMPANHA SAÚDE MENTAL
Janeiro Branco: Profissionais falam da importância de cuidar da saúde mental
GERAL
Energisa inicia Projeto de Eficiência Energética na Base Fluvial em Ladário