Menu
quarta, 21 de abril de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Em Ladário, nos 100 dias de governo, Ruso fala em transparência, projetos e dias melhores

11 abril 2017 - 13h17Assessoria PML

Ao completar 100 dias na administração de Ladário, o prefeito Carlos Ruso preferiu não fazer um balanço da administração, mas falou a respeito da turbulência do início de gestão, de ações que foram tomadas para sanear as finanças e manter a máquina administrativa em funcionamento, de valorização dos servidores de carreira e dos projetos para o futuro.

“Estamos trabalhando, na saúde, na educação, na assistência social. Estamos avançando”, garantiu o prefeito que disse ter tido problemas no início da administração com a falta de funcionários especializados, porque muitos contratados foram demitidos pela administração anterior. “Tivemos sorte de encontrar aqui funcionários de carreira conhecedores da administração que nos ajudaram, e por isso conseguimos passar pela turbulência. A partir de agora, serão os funcionários efetivos que terão a maior parte de nossa atenção e investimentos por parte da administração”.

Para evitar que coisas assim aconteçam, Ruso está valorizando o servidor de carreira. Ele diminuiu o número de contratações e está exigindo das secretarias que criem planos de capacitação para os funcionários. “Nós vamos sair daqui a quatro anos e vão ficar aí os funcionários que vão dar tranquilidade. O que nós queremos é que o funcionário público de carreira seja o gestor do município”, garantiu o prefeito.

A questão de contratações também figura em uma reforma administrativa proposta por Carlos Ruso. Ele nomeou uma comissão que terá seis meses para apresentar o projeto que passará pelo crivo do prefeito e depois dos vereadores. “O que nós queremos é fazer uma administração transparente, por isso, toda a nossa movimentação financeira está na internet. Alguns municípios têm dificuldades de fazer isso, mas nós fazemos questão de manter os nossos dados atualizados, para que todos acompanhem no Portal da Transparência”.

Ruso disse saber das deficiências de sua gestão, principalmente no setor de infraestrutura que  depende de dois fatores, o climático e o burocrático. Segundo o prefeito, as chuvas que caem na região desde o início do ano, prejudicam a manutenção e a limpeza da cidade. Por outro lado, a burocracia para a contratação de empresas também atrasam as obras. Muitas vezes, segundo ele, o município tem o dinheiro, mas é preciso um processo de licitação, e isso leva tempo.

“Nós estamos arrumando a casa, nós pegamos uma prefeitura sucateada e agora estamos resolvendo os problemas para dar condições de moradia”, disse Ruso, comparando a administração a uma casa, onde a família precisa de totais condições para morar. “Nós tivemos vários problemas e estamos resolvendo, já fizemos um acordo para pagar a dívida com o Hospital que era muito grande, tínhamos outras questões com o Ministério Público, mas já acordamos para concluir, a questão da Casa de Acolhimento, entre outras”, enumerou.

Uma das maiores preocupações da administração é com a saúde, setor que depende do atendimento em Corumbá para a população local. Foi por isso que a dívida da administração passada foi negociada e Ruso procura manter um relacionamento correto e legal, garantindo assim que os moradores de Ladário possam ter o respaldo necessário.

“Aqui no município, nós perdemos três médicos do Programa Mais Médicos, mas estamos aguardando que o Governo Federal envie outros três profissionais. Enquanto isso, nós estamos contratando médicos para atender nos postos”, explica Ruso. Ele também ressaltou o funcionamento da Farmácia Municipal, que desde o início de sua administração passou a abrir todos os dias até às onze horas da noite, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

Na Educação, o prefeito destacou a licitação que garante a merenda escolar, fechada no início deste mês, e a manutenção dos veículos que transportam os estudantes, para que haja mais segurança. A segurança também é preocupação com os projetos de combate a incêndio e pânico. “Nenhuma escola tinha isso até 2016, nós estamos implantando esse sistema”, afirmou.

“Nós estamos começando a dar condições de administração ao município de Ladário”, garantiu o prefeito que disse que tem procurado o governador, deputados e senadores e que os pedidos feitos já estão sendo atendidos. Para comprovar, Ruso lembrou que nesta terça-feira, Reinaldo Azambuja estará em Ladário entregando máquinas e equipamentos para a agricultura familiar.

Um dos maiores problemas da administração pública na atualidade é a arrecadação. Por isso, Carlos Ruso está criando uma equipe de projetos que irá trabalhar para captar recursos para o município, através de propostas bem montadas e que sejam fortalecedoras. “Eu quero dizer para a sociedade que pode sim esperar por dias melhores porque a partir do momento em que a casa estiver pronta, nós vamos ter realmente condições de dar alegria para essa comunidade que tanto clama, que tanto anseia por dias melhores. Eu só peço um pouco mais de paciência, que assim que começar o jogo, nós vamos marcar aqueles golaços de placa”, finalizou.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Sugerida utilização de sobras de vacina para imunizar pessoal de funerárias e da limpeza pública
COVID-19
Vereador reforça a necessidade de imunizar gestantes contra o coronavírus
GERAL
Justiça Eleitoral realizará live sobre segurança da urna eletrônica e processo eleitoral no dia 28
GERAL
Brasília completa 61 anos e encara o desafio da maturidade
GERAL
Vereador solicita recuperação da 21 de Setembro, após intervenções da Sanesul
CIDADE
Vereador pede sinalização adequada para evitar mais acidentes na Colombo com a Ladário
POLÍTICA
Governo lança plano de promoção da agricultura de baixo carbono
POLÍTICA
Câmara aprova projeto de lei que torna escolas serviços essenciais
GERAL
Matrícula para curso de medicina da UEMS pode ser feita até dia 26 de abril
MUDANÇAS NO CTB
Nova Lei abranda infração para motociclistas sem viseira ou óculos de proteção

Mais Lidas

GERAL
Corumbá perde dez leitos na UTI Covid por falta de cadastro
POLICIAL
PRF apreende 665 Kg de maconha e 75 Kg de skunk em MS
GERAL
Homem é preso por porte de drogas no Cravo Vermelho
POLICIAL
'Deu branco e não vi', diz homem que atropelou ex e o próprio bebê em MS