Menu
domingo, 07 de março de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Em Corumbá, mais de 800 foram as ruas protestar contra a corrupção neste domingo

14 março 2016 - 13h37Gesiane Medeiros
Este domingo (13) foi de grandes passeadas e manifestos em mais de 400 cidades no país e exterior. Os brasileiros se reuniram para mais uma vez gritar um basta a corrupção política no Brasil. Esta já é a quinta edição do movimento “Vem pra rua!”, iniciado no ano passado, e Corumbá participou desde a primeira passeata, mesmo que em número absurdamente pequeno de participantes. Segundo os organizadores do evento, neste domingo, mais de 800 pessoas e 60 veículos caminharam juntos pelas ruas de Corumbá com cartazes de protesto à atual presidente, Dilma Rousseff, ao Partido dos Trabalhadores e também em apoio as investigações da operação Lava a Jato e ao juiz Sérgio Moro. A concentração foi na rua Ladário, cruzamento com a América, aos poucos famílias inteiras chegavam e se uniam aos organizadores do movimento, que distribuíam cartazes de protesto e adereços. Em grande maioria as cores verde e amarela imperavam entre os participantes. A manifestação foi totalmente pacífica, sem nenhum registro de confusão, acompanhados pela Agetrat e Polícia Militar os integrantes caminharam até o prédio da Polícia Federal, onde cantaram o hino nacional e seguiram até a avenida Marechal Rondon, local escolhido para a dispersão.Elano Holanda, líder do movimento em Corumbá, conversou com o Capital do Pantanal, para ele o momento é do Brasil, “todos estão conscientes de que a coisa não está bem do jeito que está, a justiça tem que atuar, se tem corrupção é necessário punir. Sem justiça não há ordem, por isso carregamos a faixa, ‘Ordem e Progresso com justiça e sem corrupção’. O líder afirma ainda que não somente em Corumbá como em todo o páis, a participação da população ainda é pequena, “somos milhões de brasileiros, e não vemos um grupo realmente participativo nas ruas. A população corumbaense sempre esteve mais distante das atividades políticas, talvez pela simplicidade do povo ou até mesmo por acreditar em seus governantes. A culpa não é do povo, vota-se acreditando que o eleito irá defender nossos direitos. Precisamos lembrar que o poder emana do povo. O Brasil está sendo desmoralizado internacionalmente, e a manifestação é uma forma de fortalecer as instituições sérias para que elas consigam reestabeleçam o governo”, afirma Elano. Para a empresária Celina Dias, uma das primeiras a chegar ao ponto de concentração, “o povo precisa se conscientizar da força que tem, infelizmente ainda tem muitos que ficam sentados no sofá, o Brasil precisa acordar, porque a situação é vergonhosa. As pessoas que acordam cedo, trabalham, pegam ônibus lotado, que ficam anos aguardando uma cirurgia merecem mais respeito. Acredito que a partir do momento que o povo se conscientizar que o dinheiro público é nosso, teremos uma reviravolta”.Foi fácil encontrar entre os participantes famílias inteiras, com crianças e até bebês, como o caso de Vânia Ramirez, que junto com o marido levou os filhos de 7 e 5 anos, mais o bebê de 5 meses, para o protesto, “é importante fazer parte do movimento, o Brasil está se acabando e se não fizermos nada o futuro dos nossos filhos estará perdido, temos que ensinar a eles que devem gritar quando for necessário”, afirma a mãe.          [gallery columns="5" ids="513153,513154,513155,513156,513157"]

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Ônibus clandestino com 34 bolivianos é apreendido no Brás em São Paulo
Geral
Aumento da gasolina também causa impacto no preço do etanol
OPORTUNIDADE
Receita Federal abre vagas de estágio em Corumbá
CULTURA
Eleitos os representantes não governamentais para o Conselho de Cultura do município
SEGURANÇA PÚBLICA
Em MS, Senad defende proposta de agilizar leilões de bens do crime organizado
POLICIAL
Bandidos armados usam carro oficial do Governo de MS para roubar casal na Afonso Pena
GERAL
Mãe é detida após espancar bebê de 9 meses com pedaço de madeira em cidade de MS
ESPORTE
Estadual de Futebol 2021 prossegue com mais quatro partidas neste fim de semana
SAÚDE
Redução de testa: Dermatologista de MS explica sobre melhores formas de tratamento
GERAL
Mulher tem bebê em casa e bombeiros prestam atendimentos

Mais Lidas

OPORTUNIDADE
Receita Federal abre vagas de estágio em Corumbá
GERAL
Mãe é detida após espancar bebê de 9 meses com pedaço de madeira em cidade de MS
POLICIAL
Bandidos armados usam carro oficial do Governo de MS para roubar casal na Afonso Pena
GERAL
Mulher tem bebê em casa e bombeiros prestam atendimentos