Menu
quarta, 22 de maio de 2024
Câmara de Corumbá - Maio Amarelo 2024
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Em Corumbá, mais de 800 foram as ruas protestar contra a corrupção neste domingo

14 março 2016 - 13h37Gesiane Medeiros
Este domingo (13) foi de grandes passeadas e manifestos em mais de 400 cidades no país e exterior. Os brasileiros se reuniram para mais uma vez gritar um basta a corrupção política no Brasil. Esta já é a quinta edição do movimento “Vem pra rua!”, iniciado no ano passado, e Corumbá participou desde a primeira passeata, mesmo que em número absurdamente pequeno de participantes. Segundo os organizadores do evento, neste domingo, mais de 800 pessoas e 60 veículos caminharam juntos pelas ruas de Corumbá com cartazes de protesto à atual presidente, Dilma Rousseff, ao Partido dos Trabalhadores e também em apoio as investigações da operação Lava a Jato e ao juiz Sérgio Moro. A concentração foi na rua Ladário, cruzamento com a América, aos poucos famílias inteiras chegavam e se uniam aos organizadores do movimento, que distribuíam cartazes de protesto e adereços. Em grande maioria as cores verde e amarela imperavam entre os participantes. A manifestação foi totalmente pacífica, sem nenhum registro de confusão, acompanhados pela Agetrat e Polícia Militar os integrantes caminharam até o prédio da Polícia Federal, onde cantaram o hino nacional e seguiram até a avenida Marechal Rondon, local escolhido para a dispersão.Elano Holanda, líder do movimento em Corumbá, conversou com o Capital do Pantanal, para ele o momento é do Brasil, “todos estão conscientes de que a coisa não está bem do jeito que está, a justiça tem que atuar, se tem corrupção é necessário punir. Sem justiça não há ordem, por isso carregamos a faixa, ‘Ordem e Progresso com justiça e sem corrupção’. O líder afirma ainda que não somente em Corumbá como em todo o páis, a participação da população ainda é pequena, “somos milhões de brasileiros, e não vemos um grupo realmente participativo nas ruas. A população corumbaense sempre esteve mais distante das atividades políticas, talvez pela simplicidade do povo ou até mesmo por acreditar em seus governantes. A culpa não é do povo, vota-se acreditando que o eleito irá defender nossos direitos. Precisamos lembrar que o poder emana do povo. O Brasil está sendo desmoralizado internacionalmente, e a manifestação é uma forma de fortalecer as instituições sérias para que elas consigam reestabeleçam o governo”, afirma Elano. Para a empresária Celina Dias, uma das primeiras a chegar ao ponto de concentração, “o povo precisa se conscientizar da força que tem, infelizmente ainda tem muitos que ficam sentados no sofá, o Brasil precisa acordar, porque a situação é vergonhosa. As pessoas que acordam cedo, trabalham, pegam ônibus lotado, que ficam anos aguardando uma cirurgia merecem mais respeito. Acredito que a partir do momento que o povo se conscientizar que o dinheiro público é nosso, teremos uma reviravolta”.Foi fácil encontrar entre os participantes famílias inteiras, com crianças e até bebês, como o caso de Vânia Ramirez, que junto com o marido levou os filhos de 7 e 5 anos, mais o bebê de 5 meses, para o protesto, “é importante fazer parte do movimento, o Brasil está se acabando e se não fizermos nada o futuro dos nossos filhos estará perdido, temos que ensinar a eles que devem gritar quando for necessário”, afirma a mãe.          [gallery columns="5" ids="513153,513154,513155,513156,513157"]

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Começa amanhã consulta a maior lote de restituição do IR da história
Economia
Quase 50 mil pessoas buscam negociar dívidas em MS
Saúde
Projeto que institui vacinação nas escolas vai à sanção presidencial
Na Zona Rural
Vereador quer equipes da Assistência Social, atendendo assentamentos de Corumbá
Segurança
Táxis de Corumbá tem até 21 de junho para implantar QR Code de identificação
Transporte
Corumbá abre credenciamento para 30 autorizações de mototáxi
Marinha e Bombeiros
Idosa vítima de AVC é resgatada por aeronave em fazenda do Taquari
Incentivo
Agricultores familiares de Corumbá entregam 3 toneladas de alimentos no lançamento do PPA
Infraestrutura
Interditada: ponte sobre o rio Paraguai recebe 3ª concretagem neste no fim de semana
Na madrugada
Homem é preso vendendo droga em beco do bairro Borrowski

Mais Lidas

Agenda Cultural
Evento de som automotivo arrecada doações para RS e Instituto Novo Olhar
Na Câmara
Projeto de Lei Municipal torna laudos de TEA permanentes
Investigação
Padre de MS é denunciado por relacionar bruxaria e satanismo à tragédia no RS
Segurança
Denúncia de moradora recupera moto furtada no bairro Vila Mamona