Menu
quarta, 20 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

? FETEMS garante reajuste de 11,36% para os professores da Rede Estadual

24 fevereiro 2016 - 11h30Sylma Lima
 

A partir da folha de fevereiro os professores da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul terão garantidos os 11,36% em seu salário, referente a Lei do piso salarial dos professores (Lei nº11.738/2008), que determina que o índice de reajuste deve ser aplicado a partir do dia 1º de janeiro de cada ano, de acordo com o percentual de crescimento do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB).

O anúncio foi feito nesta terça-feira (23), em reunião entre o governo do Estado e a comissão da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (FETEMS), na governadoria.

De acordo com o presidente da Federação, Roberto Magno Botareli Cesar, a conquista é fruto de uma luta história da entidade. “Todos os anos batalhamos arduamente para que a legislação nacional seja cumprida no Estado, prova disso é que MS passa ser o primeiro estado brasileiro no Ranking Nacional dos Salários com este reajuste”, afirma.

Com os 11,36% de reajuste o salário base do professor estadual de MS, por 40 horas, passará de R$ 2.830,26 para R$ 3.151,78. Nacionalmente o valor do piso mínimo estabelecido pelo MEC para 2016 é de R$ 2.135,64.

Em 2015 os professores da Rede Pública Estadual receberam um reajuste de 20,11%, índice acumulado em relação ao salário de 2014. Esse montante é resultado dos 13,01% do reajuste do Piso Nacional, em 2015 e o índice de 6,28% que foi pago no mês de outubro, referente à porcentagem para integralizar o Piso por 20 horas. Isso quer dizer que em dois anos os professores da Rede Estadual tiveram 31,47% de reajuste.

Neste ano, outubro, os professores devem receber mais 5,92% de reajuste salarial, referente a Lei Complementar n° 200, estadual, que prevê até 2021 implantar o Piso Salarial Nacional por 20 horas na Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul, único estado brasileiro a ter esta política garantida conforme prevê o Plano Nacional de Educação.

O pagamento deste reajuste será retroativo a janeiro, essa questão também foi anunciada pelo governo, a forma que será repassado aos professores será debatida no início de março com a FETEMS.

Participaram da reunião representando a entidade além do presidente, Roberto Botareli, a vice, Sueli Veiga Melo, o secretário de finanças, Jaime Teixeira, o secretário de políticas públicas, Plácido da Rosa, o vice-regional de Campo Grande, Paulo César e o presidente do Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação Básica (ACP), Lucílio Souza Nobre.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Flexibilidade
Com redução dos casos de Covid-19, Prefeitura altera Toque de Recolher em Corumbá
Monumento Histórico
Vereadores defendem resgate de antigo Farol do Balduíno no Rio Paraguai
Sem Emendas
Câmara aprova Moção em Apoio à regulamentação da profissão de podologia
Pobreza Menstrual
Vereadora pede apoio de deputados para derrubar veto presidencial na distribuição de absorventes
Em tramitação
Proposta cria programa de apoio a catadores de recicláveis em Corumbá
Briga Antiga
Anatel convoca a Oi para reunião sobre internet em Corumbá
Na Câmara
Vereador questiona índices do ICMS Ecológico estabelecidos para 2022
Desdobramento
Denúncia contra os nove indiciados pelo Dracco na Operação "Dark Money" vira processo judicial
Desdobramentos
PF apreende arma, munição e faz termo de conduta durante operação Mercês
Crime na Capital
Após disparos, polícia prende ladrões que fizeram idosa e cuidadora de reféns na Capital

Mais Lidas

Investigação
Polícia federal cumpre sete mandados judiciais por crimes praticados na eleição 2020
Desdobramentos
PF apreende arma, munição e faz termo de conduta durante operação Mercês
Monumento Histórico
Vereadores defendem resgate de antigo Farol do Balduíno no Rio Paraguai
Desdobramento
Denúncia contra os nove indiciados pelo Dracco na Operação "Dark Money" vira processo judicial