Menu
sexta, 14 de junho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Eduardo Riedel e Capitão Contar saem em busca de quem não votou no 1º turno

24 outubro 2022 - 09h30Celso Bejarano do Correio do Estado

Uma parte significativa do eleitorado sul-mato-grossense deixou de lado as eleições do primeiro turno, não indo ao pleito ou não escolhendo nenhum candidato, anulando seus votos ou optando pelo voto em branco. Segundo o Tribunal Eleitoral (TRE), esse número passa das 500 mil pessoas dos 1,9 milhão de eleitores aptos.

E é nesse coletivo que Capitão Contar (PRTB) e Eduardo Riedel (PSDB), adversários na disputa pelo governo de MS, miram suas atenções nesta reta final, a seis dias do segundo turno. No primeiro turno, dos 1.996.510 eleitores, 1.555.149 foram às urnas. Ou seja, 440.467 (22,10%) não votaram, nem sequer foram às urnas, 53.082 (3,42%) votaram em branco e 61.130 (3,94%) anularam os sufrágios.

O candidato do PSDB Eduardo Riedel, de olho nos eleitores que não quiseram cravar votos em ninguém, disse: “Quando falamos da nova política, de um novo modelo, sei que estamos atraindo esse eleitor [aqueles que não foram votar], pois, no primeiro turno, havia um leque de candidatos muito grande para que as pessoas acompanhassem de perto as propostas de cada um”.

Energia que contagia

Capitão Contar também corre atrás de indecisos, por essa razão disse ter trocado os recentes debates promovidos por órgãos de comunicação por visitas a cidades do interior de MS. O postulante do PRTB afirmou que preferiu ir atrás de 800 mil votos que estariam em cidades do interior do Estado.

Por meio de sua assessoria, Contar sustentou que “estamos na reta final, os eleitores de todos os municípios precisam ser prestigiados. Só tenho a agradecer todo este carinho, esta energia positiva nos contagia”.

Capitão Contar afirmou, ainda, que “todos os municípios que conseguir eu iriei visitar, mas o tempo é curto. O adversário faz campanha para Lula, eu trabalho incansavelmente para Bolsonaro. É Capitão lá e Capitão cá. Quero reverter cada voto para nosso presidente”.

Conversa direta

Já Riedel afirmou que “agora a conversa é direta entre o candidato e o eleitor. Somos dois candidatos, e, ao contrário do meu adversário, eu tenho comparecido a debates, entrevistas, sabatinas e não fujo dos meus compromissos e das oportunidades que tenho de apresentar aos eleitores o meu plano de governo e de dizer que estou preparado para governar Mato Grosso do Sul. É preciso responsabilidade e respeito para com o eleitorado”.

Acrescenta o tucano: “Temos um projeto claro e exequível para levar Mato Grosso do Sul a um novo futuro, mais próspero, inclusivo, sustentável e digital”.

Pactos

Além de correr atrás dos eleitores indecisos, Contar e Riedel costuraram alianças assim que acabou o primeiro turno. 

Juntaram-se à candidatura de Contar os concorrentes que ficaram fora do segundo turno Marquinhos Trad (PSD), Rose Modesto (União Brasil), André Puccinelli (MDB) e Adônis Marcos (Psol).

Já Eduardo Riedel, que contava com o apoio do Cidadania, Republicanos, PP, PSB, PL e PDT, obteve a parceria não oficial com alguns integrantes do PT, como a do ex-governador Zeca do PT.

Não votei, e agora?

Os 440 mil eleitores que não foram às urnas no primeiro turno, caso queiram, podem votar normalmente no segundo turno. Pela regra eleitoral, o voto é obrigatório para maiores de 18 anos de idade e facultativo para pessoas com 16 e 17 anos, analfabetos e maiores de 70 anos.

E se o eleitor não justificou a ausência ou se a justificativa for indeferida, ele deverá pagar multa no valor de até R$ 3,51. 

Já em caso de três ausências consecutivas sem justificativa e sem pagamento das multas, o título eleitoral será cancelado. 

A situação eleitoral irregular impede a emissão de documentos como identidade e também o passaporte, o ingresso em cargo público, a participação em concorrências públicas entre outras penalidades.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Capacitação
Qualifica Ladário está com inscrições abertas até 20 de junho
Novidade
Sorveteria de Caio Castro inaugura loja nesta sexta em Corumbá
Evento
Sábado tem Festival de Pipa em Ladário
Em até 9X
Ladário: prazo para incluir taxa do lixo na fatura de água encerra dia 14
Economia
Reunião aprovou prioridades e novas áreas de financiamento do FCO para 2025
Cidadania LGBTQIA+
Certidão de nascimento garante cidadania, direitos e renascimento de novas histórias
Viva a São João
Estão abertas as inscrições para concursos de Andores, Miniandores e Quadrilhas Juninas
Praça da Independência
Cerimônia cívico-militar comemora os 157 da Retomada de Corumbá
Edital
Sindicato convoca trabalhadores da J&F Mineração para Assembleia Geral
Economia
Em novo recorde para o mês, Junta Comercial registrou abertura de 960 empresas em maio

Mais Lidas

Edital
Sindicato convoca trabalhadores da J&F Mineração para Assembleia Geral
Infraestrutura
Moradores falam de melhor qualidade de vida após lajotamento de vias no Cravo Vermelho
Novidade
Sorveteria de Caio Castro inaugura loja nesta sexta em Corumbá
24 horas
Colisão entre carro e bicicleta faz duas vítimas na manhã desta quinta