Menu
sexta, 14 de maio de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Dia dos Namorados poderá movimentar R$ 150 milhões no comércio de MS

18 maio 2018 - 10h16Kamilla Marques

O comércio de MS poderá receber o aporte de R$ 150 milhões no período de vendas para o Dia dos Namorados. É o que aponta os dados do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF/MS) e do Sebrae MS.

A pesquisa leva em conta valores que serão usados na compra de presentes e também em comemorações. Consumidores de sete municípios (Campo Grande, Corumbá, Bonito, Ladário, Dourados, Ponta Porã e Três Lagoas) durante o período de 18 de abril a 8 de maio foram abordados nos locais de maior público. O nível de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro em 5%.

Presentes – Com presentes, o montante que será injetado é de R$ 81,31 milhões (53,93%) e, segundo a pesquisa, a redução será de praticamente 20% em relação a 2017. Segundo a economista Daniela Dias, a variação ocorre, principalmente, por uma questão comportamental. “Menos entrevistados consideraram estar em um relacionamento sério a ponto de comprar um presente”. Entre os que vão comprar, as opções mais apontadas foram: roupas (25,22%), calçados (11,27%) e perfumes/cosméticos (17,29%). O gasto médio com presentes é de R$ 152,33. O valor é 2,3% menor na comparação com o ano passado, quando o gasto médio foi de R$ 155,91. As lojas do centro serão a opção da maioria dos entrevistados (72%).

O presidente do Sistema Fecomércio/MS, Edison Araújo, orienta aos empresários para prepararem as equipes, vitrines e combos especiais que chamem a atenção dos consumidores, pois a pesquisa indica que 72% vão as compras na semana do Dia dos Namorados “Como há o indicativo de que o pagamento será em dinheiro (75,37%), é um momento de refazer o caixa, melhorar o fluxo e ganhar um fôlego financeiro para refazer os estoques”.

Ainda segundo Araújo, "para atraírem seus potenciais clientes, os empresários precisarão investir na criatividade para proporcionar um clima mais romântico, de experiências e de cenários temáticos, de modo a contornarem a queda prevista e estimularem os cupidos".

Comemorações -  O aporte na economia com despesas de comemorações representará R$ 69,48 milhões para o período. Entre os que afirmaram que vão comemorar a data (37%), a maioria priorizou restaurantes (58%), onde pretendem gastar até R$ 141,13, um aumento de 47% em relação ao valor do ano passado, que foi de R$ 120,27.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Marinha do Brasil resgata jovem que caiu do cavalo na Fazenda São Francisco
CULTURA
Prefeitura abre edital para festeiros de São João registrarem suas trajetórias
MEIO AMBIENTE
IHP realiza plantio e manutenção de mudas na nascente do Rio Miranda
GERAL
Para prevenção aos focos de incêndio no Pantanal, IHP e Sindicato Rural alinham atuação
EDUCAÇÃO
Uniderp abre seleção para mestrado e doutorado em Odontologia
Candidatos podem escolher entre duas áreas de concentração
SEGURANÇA PÚBLICA
Vereadora reivindica aumento do efetivo de policiais civis e militares na região
ASSISTÊNCIA SOCIAL E CIDADANIA
Município reforça enfrentamentos às violações de direitos de crianças e adolescentes
GERAL
Consórcio Brasil Central autoriza assinatura de contrato para importação da vacina Sputnik V
VACINAÇÃO
Poliesportivo está aberto para repescagem e aplicação de segunda dose da vacina da Covid-19
ECONOMIA
Trabalhadores nascidos em novembro podem sacar o auxílio emergencial

Mais Lidas

POLICIAL
PF prende quatro pessoas e apreende 180 kg de cocaína em MS
POLICIAL
PM apreende droga, plantas de maconha e prende autor de tráfico
POLICIAL
PM evita suicídio de homem, e o prende após violência doméstica
POLÍTICA
Iunes aceita convite do Podemos