Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Deputado Federal Trutis é detido na operação que investiga seu próprio atentado

12 novembro 2020 - 08h56Redação Capital do Pantanal

O deputado federal Loester Trutis (PSL), foi detido na manhã desta quinta-feira (12) pela Polícia Federal (PF). Ele é um dos alvos da Operação Tracker da PF, que investiga suposto atentado contra o próprio deputado, ocorrido em 16 de fevereiro deste ano.  
De acordo com informações do Correio do Estado, site de notícias da Capital, Trutis foi detido por posse ilegal de armas de fogo, encontradas durante cumprimento de mandado de busca e apreensão em sua casa, em Campo Grande. Ele deve pagar fiança, esclarecer os fatos, e ser libertado ainda nesta quinta-feira. As armas encontradas são de uso restrito das forças de segurança. 

Em nota, a PF confirmou que cumpre nesta quinta-feira, 10 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que comanda o inquérito de investigação ao atentado contra o parlamentar. A investigação está sob sigilo, porém o site da Capital já apurou que até o momento, a PF ainda não encontrou provas da autoria do atentado.

Em abril do ano passado, foi levantada a hipótese de que o atentado tivesse sido forjado, era uma das linhas de investigação da Polícia Federal, além da busca por possíveis autores.  

Trutis, no dia 16 de Fevereiro, foi às redes sociais, e reivindicou ter sido alvo de uma emboscada na BR-060, entre Campo Grande e Sidrolândia. O carro em que ele estava, um Toyota Corolla, foi alvo de vários disparos, nenhum deles acertou o deputado ou seus assessores.  

Nestas eleições para prefeito de Campo Grande, Trutis tentou candidatar-se, mas teve seu pleito indeferido pela Justiça Federal, após longa batalha com seu correligionário, o vereador Vinícius Siqueira, que assumiu a candidatura. 
Sobre a operação

A operação Tracker conta com a participação de 50 agentes e o nome faz referência ao intenso trabalho investigativo realizado pela PF em busca de provas para a completa elucidação dos fatos e identificação e dos  autores.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Palestras
3ª edição da Semana da Saúde do Sesc tem foco nos reflexos da pandemia
SCT 2021
IFMS abre inscrições para Semana de Ciência e Tecnologia
Javaporco
PMA flagra criação ilegal de javalis em propriedade de Dourados
Alerta
De agendamentos a esquemas de 'pirâmides', entenda os maiores golpes do Pix em MS
Retomada
Fundtur recebe inscrições no Programa "Incentiva+MS Turismo" até 5 de outubro
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Balanço
Mais de 50% das drogas apreendidas na Operação Fronteiras e Divisas I são de MS
Economia
Comércio deve facilitar pagamento e ser cauteloso para o Dia das Crianças

Mais Lidas

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Desenvolvimento
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida