Menu
domingo, 01 de agosto de 2021
Geral

Depois de impasse, empreiteira receberá R$ 8,6 milhões para duplicar MS-080

29 dezembro 2015 - 10h36Correio do Estado
Depois de impasse envolvendo análise de propostas de empreiteiras, o Governo do Estado divulgou nesta terça-feira (29) que a Anfer Construções e Comércio venceu licitação para duplicação da MS-080. A empreiteira receberá R$ 8,6 milhões pelo trabalho. O valor é referente somente ao lote 1 da licitação, que compreende a duplicação da Avenida Euler de Azevedo no trecho entre a Avenida Presidente Vargas e o anel rodoviário de Campo Grande, na saída para Rochedo. Ao todo, o Governo espera gastar mais de R$ 15,3 milhões com toda a obra. Ainda não há prazo definido para o início dos trabalhos. IMPASSE A licitação foi lançada pelo Governo do Estado em julho deste ano e houve atrasos em razão de análise que precisou ser feita pela Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul) na proposta que primeiramente foi declarada como vencedora, da Weiller Construção Civil, do Paraná. Depois dessa desclassificação, as empreiteiras Anfer e Construtora Industrial São Luiz S/A voltaram novamente à concorrência depois de terem recorrido. A análise das duas propostas demorou e, por isso, o resultado de um dos lotes só saiu hoje. OBRAS A duplicação da avenida, que dá início à MS-080, é em trecho de 4,5 Km entre o cruzamento da avenida Presidente Vargas até a obra de continuidade do anel viário de Campo Grande. Conforme edital da licitação, o orçamento para a intervençÃo é de R$ 15,3 milhões. Isso porque segundo a Agesul, trecho de dois quilômetros entre a entrada da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) até o anel rodoviário, foi orçado em R$ 6,1 milhões pela São Luiz e os outros 2,5 quilômetros, entre a Presidente Vargas até o macroanel, deve sair por R$ 8,6 milhões. Segundo o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), a obra de duplicação é necessária tanto devido o aumento do fluxo de veículos pela avenida com a instalação da UEMS ali - desde agosto deste ano -, quanto com a finalização do anel viário (apesar de não haver nenhuma data para entrega da intervenção). Nenhum imóvel deve ser desapropriado para as obras, conforme a Agesul.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fiscalização
Drogas postadas nos Correios de Corumbá e Capital seguiriam até para Hong Kong
Calendário
Enem 2021 está marcado para 21 e 28 de novembro
Apoio Internacional
Governo busca investimento dos Estados Unidos para Pantanal e Rio Taquari
Sorte
Mega-Sena pode pagar R$ 38 milhões neste sábado
Facilidade
Autorização de viagem para menores de 16 anos poderá ser feita online
Olímpiadas
Brasil vence Egito e vai à semifinal do futebol masculino olímpico
Boa Notícia
AGESUL vai construir duas pontes de concreto entre a BR-262 e Porto Esperança
Plantão
Cinco incêndios urbanos são registrados nas últimas 24 horas em Corumbá
Acidente
Carro sai da pista na BR 262 e motorista morre logo após resgate
Destaque
Policiais Militares de Corumbá recebem nova homenagem por combate à criminalidade

Mais Lidas

Acidente
Carro sai da pista na BR 262 e motorista morre logo após resgate
Fiscalização
Drogas postadas nos Correios de Corumbá e Capital seguiriam até para Hong Kong
Boa Notícia
AGESUL vai construir duas pontes de concreto entre a BR-262 e Porto Esperança
Previsão
Mais duas frentes frias devem atingir MS em agosto