Menu
quarta, 14 de abril de 2021
Ambiental MS Pantanal - Aegea
MOBILE - Ambiental MS Pantanal - Aegea
Geral

Decisão que favoreceu a Viação Siriema não é definitiva

28 março 2018 - 21h03José Carlos Cataldi

A Viação Siriema vai poder manter-se alternativa, na linha 059, entre Campo Grande-Corumbá por força de liminar. A medida foi comemorada pelos vereadores Evander Vendramini Duran (PP) e por Chicão Viana. Mas o jurista Ivan da Silva Pereira que foi advogado de Leonel Brizola no affair com ônibus no Rio de Janeiro, ouvido pelo ‘Capital do Pantanal’, lembrou que liminar, muitas vezes, é facilmente derrubada.

O jurista esclareceu que a decisão do desembargador Vladimir Abreu da Silva é provisória. Pode ser revogada por ele mesmo, ao avançar no mérito do processo, ou ainda pela composição da Câmara Recursal do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul, em que tramita, a pedido da Agepam ou de terceiro interessado. Trata-se de decisão monocrática e não definitiva.

Entenda o caso

A Viação Siriema vem tentando forçar autorização para explorar a linha regular de passageiros entre a Capital do Estado e Corumbá até Ladário. Mas não vinha obtendo êxito por falta de licitação e legislação que permitisse o estabelecimento de concorrência. Obteve autorização para atuar como fretadora, mas no final, seus fretamentos eram de fachada, e vinha sendo multada pela Agepam, agencia reguladora dos transportes intermunicipais de passageiros no Mato Grosso do Sul.

A empresa buscou a 3ª Vara de Fazenda Pública e Registros Públicos de Campo Grande para não ser mais multada. Perdeu no juízo de primeiro grau e recorreu ao Tribunal de Justiça através de Agravo de Instrumento. O processo foi distribuído ao relator, desembargador Vladimir Abreu da Silva que, sem examinar o mérito, concedeu a liminar para que a Viação Siriema preste o serviço sem ser multada, pelo menos até que seja mantida a liminar, aconteça o julgamento definitivo ou ainda que se estabeleça a licitação.

O vereador Chicão agradeceu pelo sucesso do feito aos que assinaram um apoiamento e a ajuda do Deputado Fábio Trade.

O diretor da empresa Andorinha Edson Cabreira disse ao Capital do Pantanal que entrou com recurso, “ esse desembargador contrariou posicionamento de três colegas concedendo essa liminar” .

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
PM prende homens por tráfico de drogas e apreende 83 tabletes de cocaína
GERAL
Azambuja cobra em Brasília reforço de vacinas para 13 municípios de fronteira
GERAL
Vereador pede flexibilização de medidas que restringe atividades de buffets e salões de festas
GERAL
Visitas em presídios de MS continuam suspensas até 26 de abril
ECONOMIA
Câmara aprova Projeto de Lei que institui REFIS para amenizar crise causada pela pandemia
PANDEMIA
Aprovada abertura de crédito adicional para custeio de 10 leitos para tratamento da Covid
GERAL
Calouros da UEMS serão recepcionados por meio de evento virtual
SAÚDE
Corumbá segue com vacinação Antirrábica
INFRAESTRUTURA
Pavimentação da Frei Mariano e recuperação da Pedro de Medeiros é solicitada na Câmara
INTERNACIONAL
Covid-19: variante britânica não causa doença mais grave, diz estudo

Mais Lidas

POLICIAL
PM prende homens por tráfico de drogas e apreende 83 tabletes de cocaína
GERAL
Após briga, jovem é esfaqueado por padrasto no Centro América
MUDANÇA NO CTB
Nova Lei proíbe substituir prisão por pena mais branda em crimes de Trânsito
POLICIAL
Casal é preso após briga no Loteamento Pantanal