Menu
quinta, 23 de maio de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Sete doa parte da renda de ingressos para associação beneficente de Dourados

11 maio 2016 - 14h28Redação
Manter uma associação com a finalidade de melhorar a vida de mais de 60 crianças. Esse é o desafio da AAGD (Associação de pais e amigos dos autistas da Grande Dourados). A entidade é mantida por doações e ações sociais. O projeto oferece psicólogos, fisioterapeutas, aulas de musicalização, ecoterapia. A maior dificuldade é custear todos os profissionais, além da estrutura para oferecer serviços de qualidade. Pensando em ajudar, a diretoria do Sete se aproximou da associação e durante alguns jogos do clube no campeonato estadual crianças com autismo entraram em campo com jogadores e assistiram as partidas no Douradão. Uma forma de melhorar o desenvolvimento das crianças. “Muitas das nossas atividades são com objetos parecidos com a bola, as crianças gostam muito. Essa interação deles no estádio, rodeado de pessoas, isso é um estímulo auditivo, emocional e tudo isso influência diretamente no comportamento dessas crianças”, disse a psicóloga da AAGD, Nayara Brandão. Durante a visita, o presidente do Sete de Dourados, Tony Montalvão entregou um cheque simbólico representando parte da renda do primeiro jogo da final que foi doada à associação. “Isso é muito bom pra nós, o trabalho desenvolvido aqui é muito importante. Essa parceria é boa para os dois lados”, destacou Montalvão. Mário Lúcio, autor do primeiro gol do título também esteve na visita à AAGD. “A gente vê que o trabalho aqui é sério. Essas crianças precisam das atividades e é muito bom conhecer”, concluiu o meia do Sete de Dourados. O capitão do título inédito do time douradense, goleiro Fernando Hilário também visitou à AAGD. “ No dia que eles foram nos jogos e entraram com a gente, nós percebemos a alegria e a festa dessas crianças, fazer parte disso é muito legal”, lembrou Hilário. O valor doado pelo Sete de Dourados é um auxílio para manter as atividades da associação. “Isso é uma ajuda muito importante pra nós, para manter nossas atividades e a estrutura temos custo. Somos muito grato ao Tony e a diretoria do Sete. E estamos aqui para o que eles precisarem também”, agradeceu Francisco Sobrinho. Chiquinho Lima também conheceu as dependências da associação. “Sabemos do trabalho para manter as atividades. Por isso, eles podem contar sempre com a gente”, finalizou o técnico do Sete de Dourados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fiscalização
Ação conjunta apreende 4 toneladas de mercadorias em Corumbá
Esporte
Com trinta equipes, 1ª Copinha do Futuro de Futsal tem primeiro jogo nesta quarta-feira
Oportunidade
IHP abre vagas para jovens aprendizes com idades entre 16 e 20 anos
Afroturismo
Corumbá participa pelo segundo ano consecutivo do projeto Caminhadas Negras
Meio Ambiente
Show com Seu Jorge e Daniel Jobim vai arrecadar recursos para o Pantanal
Economia
Começa amanhã consulta a maior lote de restituição do IR da história
Economia
Quase 50 mil pessoas buscam negociar dívidas em MS
Saúde
Projeto que institui vacinação nas escolas vai à sanção presidencial
Na Zona Rural
Vereador quer equipes da Assistência Social, atendendo assentamentos de Corumbá
Segurança
Táxis de Corumbá tem até 21 de junho para implantar QR Code de identificação

Mais Lidas

Agenda Cultural
Evento de som automotivo arrecada doações para RS e Instituto Novo Olhar
Na Câmara
Projeto de Lei Municipal torna laudos de TEA permanentes
Segurança
Denúncia de moradora recupera moto furtada no bairro Vila Mamona
Gaeco
Operação apura desvio de R$ 6 milhões e 1.200 saques para driblar fiscalização no Futebol