Menu
quarta, 20 de janeiro de 2021
Andorinha Janeiro/Fevereiro
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Dagoberto Nogueira debate sobre as áreas de livre comércio em Corumbá

23 junho 2018 - 08h39Sylma Lima

Em visita a cidade de Corumbá na quinta-feira (21), o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT-MS) se reuniu com o prefeito Marcelo Iunes e com vereadores do município para debater o Projeto de Lei 533/2015 de sua autoria, que cria áreas de livre comércio nas regiões de fronteira de Corumbá e Ladário. Na oportunidade, Dagoberto esclareceu dúvidas e destacou os avanços que serão alcançados com a aprovação do projeto.

“Várias empresas vão aproveitar esse diferencial fiscal para se instalar nas regiões de fronteira. Precisamos gerar desenvolvimento em Corumbá e Ladário, gerar emprego e melhorar a qualidade de vida da população. Esse é um importante avanço para o Mato Grosso do Sul”, defendeu Dagoberto.

De acordo com o texto do projeto, serão garantidas isenções fiscais para empresas que se instalarem nos municípios da fronteira, para atrair indústrias e estimular o desenvolvimento das regiões.

Mercadorias estrangeiras e produtos nacionais ou nacionalizados poderão entrar nos municípios de Corumbá e Ponta Porã com isenção do Imposto de Importação (no caso dos importados) e do IPI, quando for destinados ao consumo e venda interna nas áreas de livre comércio, beneficiamento em seus territórios de pescado, pecuária, recursos minerais e matérias-primas de origem agrícola ou florestal, agropecuária e à piscicultura, além da instalação e operação de atividades de turismo e serviços de qualquer natureza e à estocagem para exportação ou reexportação para o mercado externo.

Não serão concedidos os incentivos fiscais para empresas que produzam armas, munições, veículos de passageiros, bebidas alcoólicas e fumo e seus derivados. Além disso, a isenção dos dois impostos só será reservada para produtos Industrializados que se destinem ao mercado nacional.

O Projeto de Lei foi aprovado no final de abril na Câmara Federal e deve ser votado em breve no Senado.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Pandemia ainda não acabou: MS registra mais de mil casos em apenas um dia
GERAL
Batida de carro e moto deixa criança ferida no Popular Nova
POLICIAL
PRF recupera dois veículos em MS que seriam levados para a Bolívia
JUSTIÇA
Alexandre de Moraes nega HC para anular seis prisões e mandar Jamil Name para casa
p
ECONOMIA
Preço da gasolina começa o ano acima do valor registrado em todos os meses de 2020
Combustível está 19,5% acima da média do mês com preços mais baixos de 2020
DEFESA CIVIL
Com previsão de mais chuva, Defesa Civil orienta população que mora em áreas de risco
EDUCAÇÃO
Professores dão dicas para o segundo dia de provas do Enem
GERAL
MPT divulga nota técnica sobre medidas de proteção a trabalhadoras gestantes
GERAL
Comando do 6º Distrito Naval abre inscrições para concurso de nível superior
GERAL
INSS: prova de vida de aposentados é suspensa até fevereiro

Mais Lidas

POLICIAL
Empresário de MS é preso durante Operação da Polícia Civil contra crime organizado
SAÚDE
Servidora há 30 anos, Vitória aplicou primeiras doses da vacina contra COVID-19 em Corumbá
PRIMEIROS IMUNIZADOS
Corumbá e Ladário já tem os primeiros imunizados contra a Covid-19
GERAL
Justiça do Trabalho leva sinal de internet para guatós que vivem isolados no Pantanal