Menu
domingo, 17 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Cristo Rei do Pantanal perde placa histórica de inauguração durante obra de revitalização

20 agosto 2021 - 10h03Sylma Lima

No dia 13 de agosto, evento em um dos mais famosos pontos turísticos da cidade, o Cristo Rei do Pantanal, localizado no Morro do Cruzeiro, entregou obras de revitalização de todo o complexo, incluindo as estátuas da Via Sacra, o CAT (Centro de Atendimento ao Turista) e a lanchonete. Obra muito elogiada e aplaudida, afinal o investimento é merecido e importante para atrair ainda mais turistas para cidade e contribuir com a economia local.  

O que não pode é apagar parte da história daquele monumento, tirar o nome de quem lutou pela implantação do ponto turístico há 18 anos atrás, em 2003. Acontece que a placa de inauguração do Cristo Rei do Pantanal, que trazia o nome do então prefeito da cidade na época, Éder Brambilla, não está mais no local. Além do Capital do Pantanal, o filho do ex-prefeito, vereador Daniel Brambilla, também percebeu a falta e cobrou a recolocação da placa em plenário na Câmara dos Vereadores. “Existia uma placa da gestão do Dr. Éder Brambilla que foi removida e não colocaram de volta. Nem o nome do vice prefeito colocaram na placa atual. Uma tremenda falta de respeito e consideração com todos. Lamentável”.  

O Capital do Pantanal buscou contato com a Fundação de Turismo do município, que participou ativamente do projeto de revitalização do complexo, mas não obteve resposta por telefone nem por e-mail. Em conversa com o vereador Daniel, lhe foi assegurado que a placa será recolocada. “Segundo a diretora-presidente da Fundação de Turismo, Elisangêla Sienna, houve um acidente e o andaime caiu em cima do totem que segurava a placa com o nome de meu pai, provisoriamente eles colocaram a placa embaixo da escada. Segundo a própria Elisângela, o totem novo, que abrigará a placa do meu pai, da época da inauguração do Cristo, será refeito e colocado ao lado do totem atual da revitalização. Ela explicou que a placa terá que ser refeita porque a parte debaixo que tinha o nome do autor do projeto, Nelson Dib, se perdeu nesse acidente”. Disse o vereador. 

Atualmente somente a placa de revitalização do monumento, com o nome do atual prefeito, consta no ponto turístico.Nem mesmo o vice-prefeito e a artista plástica responsável pelas obras, Izulina Xavier, foram lembrados na placa de revitalização do ponto turístico. Foto: Divulgação PMC

Retirar a placa inaugural é imoral e um crime contra a história do ponto turístico. Restaurar bens públicos é obrigação do poder executivo, o que não pode é levar a fama pelo que não fez. O Capital do Pantanal vai acompanhar providências e se o Ministério Público vai precisar intervir.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tragédia
Médico do interior de SP é um dos sobreviventes de barco que naufragou; quatro parentes morreram
Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Inédito
Tempestade de areia: Energisa recebeu 4 mil chamados em Campo Grande
Dia Mundial da Alimentação
Em MS, 69% da população está com excesso de peso e 36% com obesidade
Ensino Superior
UEMS investe mais de R$ 13 milhões em bolsas e auxílios para estudantes
Transporte
Expresso Queiroz tem autorização suspensa por incapacidade de atender passageiro
Defesa Civil
Tempestade de poeira e vendaval causaram estragos em pelo menos sete nos municípios
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá
Previsão Meteorológica
Tempo continua fechado com chance de mais chuva para grande parte do Estado
Tragédia
Naufrágio no rio Paraguai deixou sete pessoas desaparecidas

Mais Lidas

Tragédia
Médico do interior de SP é um dos sobreviventes de barco que naufragou; quatro parentes morreram
Tragédia
Naufrágio no rio Paraguai deixou sete pessoas desaparecidas
Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá