Menu
domingo, 24 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Criatividade e atividades virtuais marcaram Outubro Rosa na pandemia

23 outubro 2020 - 14h39Gesiane Bernardo

A versatilidade para se adaptar a situações adversas é uma das principais características dos brasileiros, e nessa pandemia, a Rede Feminina de Combate ao Câncer Corumbá – MS deu um show em criatividade para realizar a programação do Outubro Rosa, evento que alerta as mulheres para os cuidados preventivos ao câncer de mama e faz parte do calendário popular da cidade.

Todos os anos, durante os dias do mês de outubro, a Rede Feminina, presidida por Sabina Acosta, prepara uma extensa programação com caminhada, baile flashback, desfile, palestras e outras atividades com o objetivo de conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção ao câncer. “O Outubro Rosa é para lembrar que devemos nos tocar, porém a atenção não pode ficar restrito apenas a um mês, o cuidado deve ser o ano inteiro”, destaca Sabina.

Neste ano, devido a pandemia, as atividades do Outubro Rosa não poderiam ser realizadas, porém o fator criatividade tornou o evento possível. A instituição abriu o calendário iluminando de rosa a sede da instituição, na rua XV de Novembro, e realizou panfletagem e adesivagem dos carros no primeiro dia do mês, com respeito as medidas protetivas impostas pela Covid-19. Venderam 860 camisetas de apoio a causa, usadas na caminhada, que este ano foi virtual. Quem comprou a camiseta, postou sua foto na rede social, marcou a página da Rede Feminina e participou da 1ª caminhada virtual da instituição no dia 10 de outubro.

Panfletagem abriu o calendário do Outubro Rosa. Foto: Reprodução 

O tradicional desfile também ganhou sua versão online, com transmissão ao vivo realizada no dia 17 de outubro direto da loja Lisbella, parceria da Rede. Este ano, o desfile arrecadou latas de Ensure e Nutrem, suplemento alimentar, que ainda pode ser doado na sede da instituição, na rua XV de Novembro, até o dia 30 deste mês.

Neste sábado, 24, o médico oncologista Rafael Arregui, dará palestra a partir das 8 horas na página da Rede Feminina no Facebook, sobre as formas de prevenção à doença.  No domingo, 25, acontece o encerramento da programação, com missa na Igreja Nossa Senhora Auxiliadora, na rua Dom Aquino, em frente ao Jardim da Independência, em Corumbá, às 19h. A missa acontece com lotação reduzida e transmissão ao vivo pela página da Rede Feminina no Facebook.

Ao Capital do Pantanal, Sabina afirmou que a maior dificuldade enfrentada pela instituição durante a pandemia foi a diminuição no número de voluntários, que na maioria fazem parte do grupo de risco e precisaram se manter em isolamento para evitar o contato com o vírus. “Felizmente não sofremos redução nas doações de alimentos, nossos parceiros fixos mantiveram o compromisso mesmo na pademia. Agora, convido aos interessados pelo voluntariado, que visitem a casa e abracem a causa conosco".

Infomações pelo telefone 3231-3057. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Flagrante
Dois turistas são multados em R$ 1,8 mil por pesca predatória no rio Miranda
Alerta
Últimos dias para inscrições em editais da Funarte
Imunização
Quem pode se vacinar contra Covid neste fim de semana
1 hora a menos
Agepan defende o retorno do horário de verão para economia de energia em MS
74 vagas
Concurso público da Sanesul recebe inscrições até 11 de novembro
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19
Orientação
O que fazer para prevenir problemas durante e após temporais
CNH MS Social
Programa de habilitação gratuita já tramita na Assembleia Legislativa
Tempo
Chuva ganha força a partir deste sábado e pode trazer nova tempestade para MS
Precaução
Tradicional Procissão Fluvial é cancelada devido previsão de mal tempo

Mais Lidas

Causa não definida
Motorista de ônibus fretado com 42 passageiros perde o controle e colide na mureta da ponte
Dom Bosco
Homem baleado pede socorro em escola, mas não resiste e morre
Desdobramento
Embarcação que naufragou e fez sete vítimas no rio Paraguai não era de transporte turístico
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19