Menu
domingo, 13 de junho de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Cresce o número de pessoas ocupadas com ensino superior completo em MS

27 agosto 2020 - 11h09Redação

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Penad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta quarta-feira (26) trouxe um retrato das pessoas ocupadas nos Estados brasileiros, no ano de 2019. A Pesquisa investiga o conjunto de informações sobre força de trabalho, de caráter mais estrutural, que utilizadas para o monitoramento conjuntural. Estão disponíveis, dentre outros, os seguintes indicadores: associação a sindicato, registro no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica - CNPJ, associação à cooperativa de trabalho e produção, local de exercício do trabalho.

Conforme dados da PNAD Contínua, em 2019, Mato Grosso do Sul (MS) tinha cerca de 2,15 milhões de pessoas com 14 anos ou mais, das quais, cerca de 1,46 milhão estavam na força de trabalho. O número é considerado estável perante 2018. Com 67,8% da população de 14 anos ou mais na força de trabalho, MS ocupa o terceiro lugar no ranking de estados com os maiores números, ficando MT em 1º lugar com 68,5% e SP em segundo, 68,3%.

Quando vistos os números de Campo Grande, tem-se que na capital há 652 mil pessoas de 14 anos ou mais, 424 mil destas estão na força de trabalho. Entre as capitais, o percentual de 68,6% é o sétimo maior número percentual de pessoas na força de trabalho.

O número de pessoas ocupadas na semana de referência para o estado era de 1,34 milhão em 2019. Mato Grosso do Sul apresentou o menor percentual da série, que deu início no ano de 2012, de pessoas com 14 anos ou mais sem instrução e fundamental incompleto, com 28,9%. Em 2019, MS ficou na 14ª posição entre as unidades da federação. Para as pessoas que estão no fundamental completo e médio incompleto a série se equipara ao ano de menor porcentagem, 2017, com 16,3%. MS ocupa, nesse quesito, o quinto lugar entre as UF (2019). Já entre as pessoas que tem médio completo e superior incompleto, a série se equipara, também, ao ano de 2017, porém com a maior percentagem: 34,4% e, entre as UF, MS fica na 24a posição. Outro destaque fica para a maior porcentagem de pessoas da série com superior completo: 20,3%, oitava posição entre as UF.

O comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas continua sendo o maior grupamento de atividade no trabalho principal, correspondendo a 20,2% em 2019 (272 mil pessoas), seguido por Administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais com 18% (243 mil pessoas) e Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura 12,3% (165 mil pessoas). A menor porcentagem da série foi obtida pelo grupo Transporte, armazenagem e correio, com 4,1%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FESTA CLANDESTINA
Postura encerra festa clandestina com militares da Marinha
POLICIAL
Ação Policial entre as Polícias Civis de SP e do MS resultam na apreensão de 107 quilos de droga
TEMPO
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados
TEMPO
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados
CORONAVÍRUS
Detran-MS suspende atendimento presencial em 43 cidades com bandeira cinza
POLICIAL
Homem é preso por violência doméstica no Ceac
POLICIAL
PM prende homem por invasão de domicílio no Popular Nova
GERAL
Presidente da Cassems faz alerta sobre o crescente número de casos de Covid-19 em MS
POLICIAL
Menina de 11 anos com DST diz ter sido estuprada pelo avô
GERAL
Com nova deliberação do Prosseguir, Governo restringe atendimento presencial em alguns setores

Mais Lidas

POLICIAL
Ação Policial entre as Polícias Civis de SP e do MS resultam na apreensão de 107 quilos de droga
CORONAVÍRUS
Detran-MS suspende atendimento presencial em 43 cidades com bandeira cinza
TEMPO
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados
TEMPO
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados