Menu
quinta, 29 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Corumbá registra primeira morte de profissional de saúde por Covid-19

23 junho 2020 - 08h40Gesiane Sousa

A técnica de enfermagem Rosimeire Ajala, de 44 anos, era conhecida na maternidade da Santa Casa de Corumbá como Rose Bombom. Rose é a primeira profissional da saúde, atuante na linha de frente, a morrer por Covid-19 na cidade. O hospital municipal está em luto.

Segundo informações da saúde municipal, Rose havia feito dois testes rápidos que deram negativo para o novocoronavírus, porém os sintomas que pioravam a cada dia, se agravaram ainda mais em 15 de junho, quando foi internada. Resulto de exame laboratorial confirmou a suspeita de Covid-19 no dia seguinte da sua internação. Rose recebeu tratamento e se manteve internada até a madrugada desta terça-feira (23), quando por volta 1h15, perdeu a luta contra o vírus e morreu. Rose tinha quadro clínico de diabetes e hipertensão.

Em nota, a prefeitura relembrou que Rose era servidora do município desde janeiro de 2014, e que sua vida era dedicada ao trabalho e à profissão. Citou ainda que a personalidade alegre, proativa, humana, de fácil relacionamento de Rose deixar saudades nos colegas de trabalho.

Na rede social Facebook, amigos e familiares postam recordações, elogios, mensagens de força à família e luto. Em uma delas, bastante emocioanda, a médica e colega de trabalho de Rose na Santa Casa, Elisangela Lira Bonifácio, falou com pesar da morte e desabafou que de alguma forma, eles, profissionais da saúde, que salvam tantas vidas, não cosneguiram salvar a de Rose. Em sua postagem na íntegra, Elisangela disse: "Que Virus é esse meu Deus???? Que não nos da chance, que não nos da folego e que ao mesmo tempos deixa tantas pessoas incredulas. Que tristeza, em saber que a ultima vez que te vi, foi onde te conheci Rosimeire Ajala, saindo de um plantão vc Na porta da Maternidade de longe me viu e acenou, sempre com sorriso, alegre. Você foi guerreira, foi profissional, foi amiga, foi humana. Que tristeza.... que de alguma forma não conseguimos te proteger, não conseguimos te tirar dessa, mas sei que Deus está te acolhendo, te cobrindo de amor. Mas a tristeza e as lembranças serão eternas. Há muitas coisas a dizer, mas vou só te agradecer por tudo. Vá com Deus, vai em.paz, VOCÊ COMBATEU O BOM COMBATE, NAO ABANDONOU SEU JURAMENTO, ATENDENDEU, SE DEDICOU, FOI ENFERMAGEM, FOI AMOR. OBRIGADA POR TUDO".

Deixe seu Comentário

Leia Também

Investigação
Acusado ganhava confiança das vítimas para praticar crimes de estelionato
Tempo
Frio ganha força e aumenta chance de geada nesta quinta-feira
Agricultura
Colheita do milho deve sofrer queda de mais de 2 milhões de toneladas
Destaque
MS mantém liderança no ranking da OPAS como melhor Estado que vacina contra Covid-19 no país
Olímpiadas
Tóquio: seleção brasileira vence a Arábia Saudita e avança às quartas
Calendário
Comprovação para a primeira chamada do Prouni termina hoje
Na Capital
Júri absolve assassino confesso por ele ter agido em "ato de desespero"
28 de julho
Dia do Agricultor: data valoriza papel dos trabalhadores rurais na economia
Com restrições
Visitas presenciais são retomadas a partir de 1º de agosto nos presídios de MS
Monitoramento
Ladário sai da bandeira vermelha e volta para laranja

Mais Lidas

Na Capital
Júri absolve assassino confesso por ele ter agido em "ato de desespero"
Ilumina Pantanal
Projeto leva energia solar para sete municípios e mais de 2 mil famílias no Pantanal
340 vagas
Matrículas para cursos de línguas do IFMS começam nesta quarta (28)
Monitoramento
Ladário sai da bandeira vermelha e volta para laranja