Menu
sexta, 14 de junho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Corumbá estabelece novas datas e descontos para quitação à vista do IPTU

05 setembro 2022 - 09h45Assessoria/PMC

A Lei n° 2.847, sancionada pelo prefeito Marcelo Iunes, estabelece novas datas de vencimentos à vista ou parcela (cota) única do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e da Taxa de Serviços Coleta de Remoção de Resíduos Sólidos do exercício de 2022 (Corumbá em Dia com o IPTU). De acordo com a legislação, pagamento à vista com 20% (vinte por cento) de desconto pode ser solicitado e feito até 30 de setembro de 2022. Já o pagamento à vista com 15% (quinze por cento) de desconto, pode ser solicitado e realizado até 31 de outubro deste ano. O desconto não recai sobre taxa anual de coleta de lixo, somente no valor do imposto.

“Entendemos as dificuldades causadas pela desaceleração da economia mundial, crises financeiras geradas por conflitos externos e também pelas consequências financeiras geradas à população pela, inclusive em virtude da covid-19. Por isso, buscamos essa situação excepcional para a quitação do IPTU 2022. Estamos disponibilizando esta forma facilitada para que os munícipes corumbaense que possam cumprir com as suas obrigações fiscais. Sem contar que essa medida possibilitará a elevação da arrecadação do município”, afirmou o prefeito Marcelo Iunes. O chefe do Executivo agradeceu o apoio da Câmara Municipal que reconheceu a importância da medida quando aprovou a iniciativa em plenário.

O secretário Municipal de Finanças e Orçamento, Luiz Henrique Maia de Paula, lembrou que o contribuinte que fez a quitação a vista na data original de vencimento, em 15 de julho, teve desconto de 30% no valor do imposto. Ele informou que será disponibilizado um link no site da Prefeitura (www.corumba.ms.gov.br) para que o contribuinte tenha acesso ao boleto. O contribuinte também pode procurar atendimento presencial na sede do CAC, que fica na rua Frei Mariano, 66, Centro, no horário das 07h30 às 13h30, onde há um correspondente bancário que recebe os pagamentos, também.

Quem pagou uma parcela ou duas, por exemplo, e não pagou as demais, pode pagar as parcelas restantes com direito ao desconto, seja de 20% ou 15%, no saldo devedor do valor do imposto. O valor do desconto depende da data em que buscar a adesão ao benefício. Nestes caso, o contribuinte deve procurar presencialmente a sede do CAC. “Em razão da excepcionalidade da situação, o contribuinte que optar pelas novas condições não irá conseguir acessar pelo QR Code para pagamento via Pix”, ressaltou o secretário de Finanças.

“Corumbá foi a primeira cidade do interior de Mato Grosso do Sul a adotar a modalidade do QR Code bancário para o contribuinte quitar obrigações tributárias. É uma grande inovação e estamos trabalhando em novas ferramentas que facilitam o acesso tributário por nossos contribuintes, tornando assim, o atendimento ainda mais ágil e prático”, completou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Capacitação
Qualifica Ladário está com inscrições abertas até 20 de junho
Novidade
Sorveteria de Caio Castro inaugura loja nesta sexta em Corumbá
Evento
Sábado tem Festival de Pipa em Ladário
Em até 9X
Ladário: prazo para incluir taxa do lixo na fatura de água encerra dia 14
Economia
Reunião aprovou prioridades e novas áreas de financiamento do FCO para 2025
Cidadania LGBTQIA+
Certidão de nascimento garante cidadania, direitos e renascimento de novas histórias
Viva a São João
Estão abertas as inscrições para concursos de Andores, Miniandores e Quadrilhas Juninas
Praça da Independência
Cerimônia cívico-militar comemora os 157 da Retomada de Corumbá
Edital
Sindicato convoca trabalhadores da J&F Mineração para Assembleia Geral
Economia
Em novo recorde para o mês, Junta Comercial registrou abertura de 960 empresas em maio

Mais Lidas

Edital
Sindicato convoca trabalhadores da J&F Mineração para Assembleia Geral
Infraestrutura
Moradores falam de melhor qualidade de vida após lajotamento de vias no Cravo Vermelho
24 horas
Colisão entre carro e bicicleta faz duas vítimas na manhã desta quinta
Meio Ambiente
Estudo alerta para escassez hídrica e aumento de mais de 1000% em incêndios no Pantanal