Menu
sexta, 15 de janeiro de 2021
Andorinha - campanha dezembro
governo presente janeiro/21
Geral

Corpo de Bombeiros Militar dá dicas de segurança para o feriadão

11 outubro 2018 - 09h16Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Com dois feriados, na quinta e sexta-feira (10 e 11.10) – criação do Estado e Dia de Nossa Senhora Aparecida -, respectivamente, o fim de semana será prolongado em Mato Grosso do Sul. Com isso, muita gente deve viajar ou programar atividades de lazer, como banhos de rio e piscina, além de outras opções de descanso e diversão. Mas antes de sair para o passeio saiba quais são as orientações de segurança do Corpo de Bombeiros Militar (CBMMS), que podem ajudar a evitar acidentes e até tragédias. As dicas são sempre as mesmas, basta a população estar atenta e se prevenir.

Em rios, balneários e piscinas:

Alimente-se com moderação, prefira comidas leves e evite o excesso de bebida alcoólica;

Procure sempre um local com segurança de guarda-vidas;

Sempre que for nadar, avise um parente sobre o local para onde está indo e a hora programada para retorno;

Crianças não devem brincar em piscina sem a supervisão de um adulto. Mas não as deixe sob cuidados de pessoas estranhas;

As crianças não devem brincar de empurrar, dar “caldo” dentro da água ou simular que estão se afogando;

Não permaneça perto de embarcações;

Cuidado com o limo nas pedras ele pode fazer você escorregar e cair na água;

Nunca mergulhe de cabeça em locais com profundidade desconhecida.

Em caso de afogamento:

Se você for a vítima

Mantenha a calma e não lute contra a força e correnteza da água. Guarde suas forças para flutuar e tente acenar por socorro. É menos desgastante e produz maior efeito;

Só grite se realmente alguém puder lhe ouvir, caso contrário, você estará se cansando e acelerando o afogamento;

Coloque os pés à frente, barriga para cima e direcione o braço de forma a usá-lo como um leme, desta forma a própria correnteza o levará a margem;

Se você for socorrer alguém

 Analise os riscos e tome cuidado para não se tornar mais uma vítima;

Chame por ajuda e jogue qualquer material de flutuação ao afogado (garrafa pet vazia tampada, tampa de isopor, bola, etc.);

Deixe primeiro que a vítima se agarre ao objeto e fique segura. Só então tente puxá-la para a área seca, com ajuda de galhos, corda, ou outro material.

Se for viajar, antes de sair de casa:

Feche os registros de água e gás para evitar inundações e incêndio;

Retire os eletrodomésticos da tomada e desligue o chuveiro elétrico; isso evita que os equipamentos queimem caso ocorra alterações de tensões;

Na estrada:

Antes de pegar a estrada, faça a revisão do veículo. Reponha a água do radiador e para-brisa, verifique o óleo e faça a calibragem dos pneus (inclusive do estepe);

Use o cinto de segurança e exija que os outros passageiros também usem, não ultrapasse o limite de velocidade da pista e respeite a sinalização;

Se estiver com sono, pare o carro em local seguro, próximo a um posto policial, posto de serviços ou em algum hotel para descansar;

Não se arrisque em ultrapassagens. Em estradas, elas geralmente são mais perigosas do que na cidade – até para motoristas experientes.

Em situações de emergência, ligue 193.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPTURA DE ANIMAL
PMA captura tamanduá-bandeira no centro da cidade, o terceiro em 15 dias
EDUCAÇÃO
Termina hoje inscrição para primeira seleção de 2021 do ProUni
COVID-19
MS chega à metade de janeiro com 272 mortes por Covid-19
CAMPANHA SAÚDE MENTAL
Janeiro Branco: Profissionais falam da importância de cuidar da saúde mental
POLICIAL
PRF e PM apreendem 581 Kg de maconha em MS
Utilidade
O melhor formato de vídeo para o seu Mac
EDUCAÇÃO
Veja cinco dicas para se preparar para o Enem 2020
EDUCAÇÃO
IEL está com inscrições abertas para o curso de planejamento estratégico
SAÚDE
Centro e Borrowiski recebem ação de combate à dengue nesta sexta e sábado
ECONOMIA
Nascidos em julho podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje

Mais Lidas

CHUVA FORTE
Tempestade atinge 220 famílias em Corumbá
COVID-19
Criança de 8 morre por coronavírus em MS, somando 2.625 mortes pela doença
POLICIAL
Policiais prendem homens por lesão corporal dolosa e ameaça no Loteamento Pantanal
RECLAMAÇÃO DO CONSUMIDOR
Consumidor paga conta e tem água cortada