Menu
sexta, 03 de dezembro de 2021
Agrinho
Mobile - Andorinha Dezembro
Geral

Contas de energia elétrica devem ficar 4,6% mais caras em 2016

24 dezembro 2015 - 09h42Correio do Estado
As contas de energia elétrica no Brasil devem ter em 2016 reajuste médio de 4,6%. Segundo o diretor de Política Econômica do Banco Central, Altamir Lopes, porém, essa estimativa não considera a taxa das bandeiras tarifárias, que passaram a incidir nas tarifas em 2015 e refletem o custo mais alto da produção de energia pelo uso mais intenso de termelétricas. A eletricidade gerada pelas termelétricas é mais cara porque elas utilizam combustíveis como óleo e gás natural para funcionar. Em 2015, o uso das termelétricas – e a aplicação das bandeiras tarifárias – contribuiu para um aumento médio de 51,6% nas contas de luz no país. Em 2014, por exemplo, para evitar o repasse imediato desse custo aos consumidores, e um salto nas tarifas, o governo fez empréstimos bancários para ajudar as distribuidoras.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Receita Federal leiloa 475 quilos de prata em Corumbá
Política
Empossado Paulo Duarte diz que vai atuar em defesa do meio ambiente
Cidades
Vereador sugere abertura de canteiro  para melhor fluidez do trânsito
Contrabando
PRF apreende 600 mil maços de cigarros contrabandeados
Chuvas intensas  
Vereador reforça necessidade de  limpeza e manutenção das galerias na cidade
Operação FO M'ALE II
Operação da Federal cumpre cinco mandados de prisões e 11 de busca em Corumbá
Tempo
Sexta será de forte calor e possibilidade de chuva isolada em MS
Corumbá tem máxima prevista de 32 ºC, segundo o Inmet
Educação
Prazo para solicitar reaplicação do Enem termina hoje
Candidato tem até as 23h59 para fazer pedido na Página do Participante
Saúde
Ministério confirma cinco casos da variante Ômicron no Brasil
Saúde
Mutirão da Dengue começa no bairro Centro América nesta sexta

Mais Lidas

Sobrecarga
Operação da PF mira na travessia de cocaína pelas estradas do Pantanal de Corumbá
Fiação Elétrica
Princípio de incêndio destrói materiais em gráfica na Porto Carreiro
Na Câmara
Vereador cobra mais rigor na fiscalização de eventos clandestinos
Em ronda
Homem é preso por porte ilegal de arma no bairro Nova Corumbá