Menu
segunda, 14 de junho de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Conselho de Ética recebe defesa prévia de Delcídio

24 fevereiro 2016 - 12h36Gilmar Lisboa
O relator do processo de Delcídio do Amaral (PT-MS) no Conselho de Ética do Senado, senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), informou nesta terça-feira (23) que recebeu a defesa prévia do ex-líder do governo na Casa. Ao G1, Ataídes contou que, após o recebimento da defesa prévia, ele terá até cinco dias úteis, a contar desta quarta (24), para apresentar o relatório preliminar pela continuidade, ou não, do processo que analisa se Delcídio quebrou o decoro parlamentar. Delcídio esteve preso preventivamente desde novembro de 2015, acusado de tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato. Na sexta-feira passada, o STF decidiu revogar a prisão do senador, que ficou quase três meses afastado do Senado. O G1 ressalta que após a apresentação do relatório preliminar, o colegiado terá outros cinco dias úteis para apreciar o parecer do relator. Depois da prisão de Delcídio, Rede e PPS apresentaram, em dezembro, representação no Conselho de Ética contra ele, que pode resultar em punições que vão de censura à cassação do mandato, ressalta o G1. Ataídes de Oliveira também disse, segundo o site carioca, que foi notificado da representação da defesa de Delcídio que pede a impugnação da sua permanência da relatoria do processo. Na semana passada, quando os advogados do ex-líder do governo no Senado protocolaram a defesa prévia, também foi solicitada a substituição do relator Ataídes de Oliveira. A defesa alega que, por ser do PSDB -- um partido de oposição --, Ataídes não teria isenção suficiente para permanecer no cargo, assinala o site. O presidente do Conselho de Ética, senador João Alberto (PMDB-MA), convocou para esta quarta-feira (24) uma reunião para que o colegiado decida se aceita ou não o pedido de impugnação de Ataídes. Caso o plenário do Conselho decida por deferir a solicitação, será necessário fazer um novo sorteio para escolha do relator do processo.   Delcídio A assessoria de imprensa do senador Delcídio do Amaral disse que ele está fazendo uma bateria de exames de saúde e que, só após a conclusão dos testes, o senador retornará às atividades parlamentares, o que não deve acontecer nesta semana. Ainda de acordo com o assessor de imprensa de Delcídio, o senador não pensa em tirar uma licença das atividades. Colegas de Delcídio, os senadores Acir Gurgacz (PDT-RO) e Álvaro Dias (PV-PR), já manifestaram que o ideal para o ex-líder do governo seria o afastamento das atividades, uma vez que a volta do senador, que está suspenso do PT, causaria "constrangimento" entre os demais parlamentares, relata o G1.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTAVA ALCOOLIZADO
Condutor que atropelou e matou mulher na Rio Branco estava alcoolizado
VÍTIMA FATAL
Mulher morre atropelada por caminhonete na Avenida Rio Branco
CPI DA COVID
Na mira da CPI: Corumba é um dos municípios com irregularidades nas ações da Covid
SAÚDE
Vacina contra Influenza está aberta para novos públicos
EM TEMPOS DE PANDEMIA
Morador transforma calçada em jardim como forma de terapia
QUEDA DE MOTO
Homem fica ferido após queda de moto no Cristo
OPERAÇÃO HÓRUS
PMA prende dois caçadores, apreende três armas e munições e frustra caçada ilegal
ECONOMIA
Com alta no mercado internacional, saca do milho em MS valoriza 130% em um ano
GERAL
Prefeitura lança IPTU 2021 com até 30% de desconto para pagamento à vista
POLICIAL
PM frusta golpe em locadora e recupera dois veículos que seriam levados para a Bolívia

Mais Lidas

FESTA CLANDESTINA
Postura encerra festa clandestina com militares da Marinha