Menu
quinta, 15 de abril de 2021
Ambiental MS Pantanal - Aegea
Andorinha Fevereiro
Geral

Com recursos do Estado, Prefeitura de Corumbá licita o novo Pronto-Socorro

19 outubro 2018 - 07h36Silvio Andrade

A construção de um novo Pronto-Socorro com recursos do Governo do Estado em uma área física de 1.021 metros quadrados, totalmente equipado para atendimento de urgência e emergência, mudará radicalmente o padrão de assistência médico-hospitalar em Corumbá. O município tem uma grande demanda de pacientes da região de fronteira e não contava com uma estrutura complexa para oferecer qualidade de serviços à população mais carente.

A obra do Pronto-Socorro serái licitada pela prefeitura nesta quinta-feira (18), devendo ser iniciada em novembro. A nova unidade integra a Santa Casa local, único hospital de uma região de 150 mil habitantes (inclui o município de Ladário e as cidades fronteiriças da Bolívia), e será edificada na esquina das ruas América e Sete de Setembro, com salas de emergência e ambulatório, enfermaria, receptivo e triagem. Ao lado, será construída a nova unidade de leitos.

Melhor estrutura em saúde

Segundo o secretário municipal de Saúde, Rogério Leite, Corumbá passará a contar com uma estrutura hospitalar que nunca teve em seus 240 anos. Ele destacou o compromisso e a determinação do governador Reinaldo Azambuja em investir na saúde pública da região. “São obras e equipamentos que vão possibilitar uma melhora extraordinária tanto na parte de condições de trabalho para os profissionais e em especial à população”, disse ele.

O Estado, por meio de convênio, destinou R$ 11,9 milhões para as obras de ampliação e adequação da Santa Casa, fundada em 1904 e hoje é gerenciada pelo município. Os recursos estão na conta da prefeitura e serão aplicados no novo Pronto-Socorro, na reforma do centro obstétrico e implantação de 30 leitos. A reestruturação hospitalar faz parte do plano estadual de regionalização da saúde implementada nesta gestão de Reinaldo Azambuja.

A alta demanda por atendimento, principalmente de emergência, tornou o atual espaço do Pronto-Socorro inadequado, refletindo nos indicadores que apontam baixa resolutividade em saúde, explicou o secretário Rogério Leite. “A reforma no cento obstétrico vai padronizar a unidade dentro das normativas do Ministério da Saúde da Rede Cegonha, melhorando sobremaneira o atendimento à mulher tanto na parte ginecológica como obstétrica”, explicou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Mudanças nas bandeiras do Prosseguir podem alterar atividades nos municípios de MS
GERAL
Câmara aprova inclusão de medidas protetivas de mulheres em banco de dados policial
VACINAÇÃO
Vereador solicita que trabalhadores de limpeza pública também sejam imunizados contra a Covid
PATRIMÔNIO HISTÓRICO
Na Câmara, vereador pede informações sobre restauração de prédios históricos
DETRAN
Detran lança e-book e hotsite com todas mudanças do Código de Trânsito Brasileiro
POLICIAL
PF prende três pessoas por tráfico de drogas e apreende 245kg de maconha em MS
CAPTURA DE ANIMAL
Jibóia é encontrada dentro da sala de residência em Corumbá
EDUCAÇÃO
Terminam hoje inscrições para o Sisu do primeiro semestre
ACIDENTE DE TRÂNSITO
Colisão de carro e moto deixa jovem ferido no Dom Bosco
GERAL
Obras de acesso à ponte que interliga os pantanais da Nhecolândia e Paiaguás estão adiantadas

Mais Lidas

CAPTURA DE ANIMAL
Jibóia é encontrada dentro da sala de residência em Corumbá
POLICIAL
PF prende três pessoas por tráfico de drogas e apreende 245kg de maconha em MS
ACIDENTE DE TRÂNSITO
Colisão de carro e moto deixa jovem ferido no Dom Bosco
SAÚDE
Corumbá inicia imunização contra a Covid-19 da população ribeirinha do baixo Pantanal